Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Via Varejo (Casas Bahia, Ponto Frio)?

850 postagens (163 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.39
  • Remuneração e benefícios
    3.08
  • Oportunidade de carreira
    2.96
  • Cultura da empresa
    3.06
  • Qualidade de vida
    2.89

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 1 mês

    Coordenador sem remuneração adequada e liderança regional despreparada e desumana.

    Coordenador de Atendimento de Loja

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Possuímos funcionários que realmente vestem a camisa, que defendem com unhas e dentes a empresa, pois dali sustentam suas famílias, compram seus bens e isso é legal. Mas no ritmo que está, não restará mais nenhum colaborador assim pois estão saindo por desagrado.

    Contras: MOVVE (Modelo de operações via varejo de excelência) é um horror. Somos obrigados a fazer algumas práticas mesmo sem haver necessidade, como o feedback que mesmo se o colaborador já mudou de postura, já fez outro feedback parabenizando, não tem porque continuar fazendo, teríamos apenas que acompanhar para ver se a mudança será contínua, mas não, somos obrigados a fazer. Siga o mestre também é sem noção, não temos mais o que ensinar aos nossos backups. Na verdade a maioria está desistindo por não ter nenhuma remuneração por assumir mais responsabilidades. As únicas práticas úteis são o check in e o desatando nós. Sem contar os horários da agenda do MOVVE que nos obriga a ficar além da jornada e não ganhamos mais hora extra pois o CAL(coordenador de atendimento loja) não bate ponto. Nossa função é remunerada muito abaixo do que fazemos: 1600,00 para cuidar do caixa, crediário, estoque, limpeza, assistência médica, manutenção, cofres, demandas da regional, venda de serviços da área de apoio, resolver problemas de comportamento de funcionários, divergência de pagamento. Se um colaborador falta, nós assumimos o posto. Então os coordenadores são sobrecarregados de tarefas e responsabilidades e não são remunerados de acordo com o que fazem. A cobrança exarcebada que recebemos e temos que passar para os nossos liderados são constrangedoras. Somos liderança é como tal não podemos passar mal e se ausentar porque não condiz com o cargo. A empresa hoje nos vê como números, matrículas. E existem gerentes despreparados pra lidar com gente. Não temos voz. Não temos valor. A parte operacional está cada vez pior pois o RH da empresa não resolve nada, o ti da empresa é fraco e vivemos sem sistema. Enfim, está caindo muito o nível da empresa.

    Conselhos para presidência: Senhor Peter Paul Estermann, nós somos humanos, nós temos famílias, nós temos sangue correndo nas veias, não somos somente números e nem matrículas, não somos robôs. Somos colaboradores que se dedicam é sempre esperam o melhor. Somos nós que fazemos a empresa lucrar com o nosso suor e nós devemos ser reconhecidos, ser bem tratados, ser remunerado de acordo. A quantidade de colaboradores insatisfeitos tanto com a remuneração, quanto a cobrança e as ameaças de desligamento por causa dessas cotas absurdas é exorbitante, inegável. A sobrecarga de trabalho de está enorme. Nós temos gerentes regionais e coordenadoras de atendimento regionais desumanos e despreparados. Então seu presidente, vamos preparar melhor estas pessoas, vamos começar a enxergar seus funcionários como pessoas, porque do jeito que está a empresa não vai pra frente, pois a grande quantidade de processos de ex funcionários está aí pra mostrar o quanto está ruim o nosso dia a dia na empresa.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    Já foi ótima hoje só trabalha quem está quase passando fome

    Vendedor ComissionadoEx-funcionário, saiu em 2017

    São José dos Campos, SP


    Prós: Facilidade na venda pois a loja e bem conhecida os clientes compram pelo nome Casas Bahia às vezes compram mesmo estando mais caro que outras loja

    Contras: Salário só comissão Venda de serviços Chefia sem conhecimento Sem plano de carreira Horas extras Escalas abusivas Treinamento vazios e sem conhecimento

    Conselhos para presidência: Nenhum pois a empresa não ouvi seus funcionários são apenas gado pra gerar lucro a empresa

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 meses

    Rever o conceito caixa.

    Operador de Caixa

    São Paulo, SP


    Prós: Não atrasa o salario e nem o vale transporte e nem o cartão da cesta. Tem treinamentos demora um pouco a contecer. Resolução de chamados é bom.

    Contras: Temos q fazer crediário, e trabalhar no caixa, não recebemos aumento por isso...se quiser ganhar mais Temos q vender serviços. VC tem que cobrir outras lojas quando não funcionários.

    Conselhos para presidência: Deveriam avaliar melhor essas mudanças. Pq muita gente ficou desempregado.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 4 meses

    boa

    Montador de MóveisEx-funcionário, saiu em 2015

    São Paulo, SP


    Prós: salário cesta básica planos convivência no ambiente serviços interagir com.outris montadores

    Contras: serviços de reagendamento da localidades , falta de alguma matérias a montagem de embalagens

    Conselhos para presidência: com reunião com os colaboradores entre encarregado e equipe

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 8 meses

    Analista de Mesa de CréditoEx-funcionário, saiu em 2016

    São Caetano do Sul, SP


    Prós: Alguns Funcionários valem mais que a empresa inteira , refeitório próximo e agradável, empresa localizada próximo a estação de trem.

    Contras: Escalas de sabado informadas um dia antes , inflexibilidade para mudar horário, análise de crédito extremamente engessada, politicas falhas

  • Há 9 meses

    casas bahia

    VendedorEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: convenio medico , cesta básica,a maioria da s lojas são grandes com muitos produtos no mostruário ,pelo menos na época que trabalhava nesta empresa ela pagava na data correta

    Contras: infelizmente a casas Bahia ,nas mãos da via varejo desvalorizou muito o trabalho do vendedor ,o que parece, eles não se importa mais com a fidelização do clientes

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 10 meses

    Pessima

    Operador de CaixaEx-funcionário, saiu em 2015

    São Paulo, SP


    Prós: Banco de horas. Não tenho muitos pontos positivos. Benefícios plano de saúde odontológico auxílio creche vt vr compras consignadas dentro da loja

    Contras: Gerentes que não tem nenhum preparo. Cozinha vestiário e banheiro horriveis. Não pensam nos funcionários só pensam em números e vendas. Sobrecarga de funções nos funcionários. Muitas vezes obriga a cobrir folgas em locais muito longe e desconhecidos de última hora. Etc etc

    Conselhos para presidência: Pensar nos funcionários como um todo e dar melhores condições de trabalho

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 10 meses

    Presa na década de 90

    Coordenador

    São Caetano do Sul, SP


    Prós: Dá pra ir de bermuda. Você é convidado pra ir no Google. As cadeiras tem rodinhas. Tem elevadores. É perto do trem, mas longe de tudo. Na boa, quem era bom já vazou.

    Contras: Sem liderança. Sem visão. Sem estratégia. Sem meritocracia. Sem rigor de dados. Sem visão de carreira. Sem conferências via Hangout ou Skype. Sem café. Mas por outro lado, em vez de email somos forçados a usar Lotus Notes e prospectados pra receber emprestimos do Santander.

    Conselhos para presidência: Crie uma estratégia e depois COMUNIQUE ela para os times

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Funcionário


    Prós: Nada.. a não ser as pessoas... o rh é desorganizado e benefícios nenhum. .. falam ótimas cosias antes..mas depois que entra vê que é tudo mentira

    Contras: h é desorganizado e benefícios nenhum. .. falam ótimas cosias antes..mas depois que entra vê que é tudo mentira ... sao tantos pontos negativos que. ..

  • Há aproximadamente 1 ano

    Empresa abaixo de medíocre

    Analista de Sistemas PlenoEx-funcionário, saiu em 2015

    São Caetano do Sul, SP


    Prós: A localização é boa, próxima da estação de trem de São Caetano, no centro da cidade. Há alguns funcionários, especialmente os mais novos, que são bem amigáveis e ajudam a tornar o clima um pouco melhor.

    Contras: A empresa está parada no século XX. O setor de TI, no qual trabalhei, chega a ser vergonhoso, é uma bagunça generalizada e existe uma luta política para ver quem "toca o barco" melhor. Os sistemas são "velhos", muito mal feitos sem qualquer preocupação com a qualidade. Os gerentes e coordenadores, e outros supostos líderes, são geralmente arrogantes e puxa-sacos, sempre procurando se promover as custas da equipe que supostamente lideram. De maneira nenhuma são líderes. Existe uma lentidão e uma falta de vontade para qualquer coisa que possa beneficiar algum funcionário de níveis hierárquicos menores. É uma empresa muito pobre, em muitos sentidos, especialmente no investimento no funcionário, equipamentos e condições para se trabalhar. Isso quando são funcionários, e não terceiros sem qualquer vínculo.

    Conselhos para presidência: Ler os contras. Virar o setor de TI de ponta cabeça.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Via Varejo (Casas Bahia, Ponto Frio)

Descrição:A Via Varejo S.A. é a empresa responsável pela administração de duas importantes varejistas brasileiras, Casas Bahia e Pontofrio. A companhia está presente em mais de 400 municípios brasileiros, 18 Estados e no Distrito Federal, com mais de 1000 lojas e cerca de 67 mil colaboradores. A empresa, que tem sede administrativa no município de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo (SP), posiciona-se como uma das maiores varejistas de eletroeletrônicos do mundo, com receita bruta de vendas de R$ 24,9 bilhões em 2013. A razão social Via Varejo S.A. foi adotada em fevereiro de 2012, em substituição à Globex Utilidades S/A, e assumiu a nova identidade corporativa que traz em si as cores do Brasil.

Site

RH: quer atrair bons talentos?