Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Vale?

Ver todas as avaliações

  • Há aproximadamente 3 anos

    Vale: já foi do Rio Doce, hoje, nem tanto

    Estagiário

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Foi uma das maiores empresas de mineração do mundo na presidência anterior.
    A meritocracia era fator importantíssimo e o empregado podia ser reconhecido, subir na empresa, mostrar seu valor.

    Contras: Na atual presidência, a Vale gosta de mostrar uma preocupação com o empregado através do slogan "vida em primeiro lugar" e também "valorizar quem faz a empresa", mas a verdade é que a meritocracia não existe, os funcionários estão congelados em seus cargos.
    Contratações são raríssimas, o que faz com que pessoas com baixa capacidade fiquem em seus cargos simplesmente porque, ainda que elas fossem mandadas embora, não haveria quem ocupasse seus lugares. Subir na empresa é praticamente impossível e não há mais promoções.
    A contenção de custos se tornou tão profunda que daqui a pouco o empregado vai ter que levar café de casa, para a empresa não precisar comprar cafeteiras.

    A empresa não tem agregado valor e o empregado não se sente motivado para dar seu máximo, afinal, ainda que ele se entregue 100%, isso de nada adianta, pois não há mais promoções desde a saída do último presidente.

    Atualmente, está sendo entregue as bolsas de natal (benefício dado aos empregados da empresa). Todos recebem, exceto os estagiários. Um ponto totalmente negativo, pois faz o estagiário se sentir alguém alheio à companhia.

    Conselhos para presidência: Colocar a valorização de quem faz a empresa em prática, pois - no momento - é algo somente teórico.
    De fato, a parte de saúde e segurança está funcionando bem, mas o empregado não se sente motivado a dar tudo de si quando a empresa não valoriza seu trabalho. Na Vale, atualmente, está acontecendo isso: não há promoções ou contratações.

    Empregados estão congelados em seus cargos, presidente. A contenção de custos está fazendo com que a empresa cresça menos. "Altos riscos, altos retornos". O preço de minério de ferro não é algo que possa ser controlado por nós, mas a forma através da qual lidamos com o mercado e nos portamos diz muito sobre nós.

    A Vale deve ser como um grande clube do futebol, ou seja, ser grande mesmo nos momentos ruins. Para tal, deve-se arriscar mais e temer menos. Perder faz parte, mas sem riscos, jamais haverá grandes retornos. Por melhor que o planejamento seja, jamais ele será idêntico à prática. Simplesmente é uma ilusão pensar que é possível fazer uma previsão correta.

    A Vale só será a maior do mundo quando aprender a se arriscar mais. Ao meu ver, a Vale está se comportando como um clube média, daqueles que quase ganham título todos os anos, mas que não conseguem ser campeões. Ela vai, investe, compra, vende, se lasca toda e no final não vence (até aí tudo bem, faz parte) e põe a culpa toda em qualquer um que não seja ela mesma (preço do minério, variações climáticas inesperadas, questões políticas etc.).

    Quem é vencedor não vence sempre, mas tem espírito de vencedor. E quem tem espírito de vencedor jamais coloca a culpa nos outros, "chama a responsa", chega no ônibus e senta na janela, chega pro treinador e pede a camisa 10 (e a faixa de capitão). Esse é o cara que nasceu pra vencer.

    "Humildade não é se declarar pequeno. Humildade é reconhecer suas forças e suas fraquezas e perante isso buscar o seu melhor."

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Vale

Descrição:A Vale SA é uma empresa de metais e mineração cujo portfólio de produtos inclui níquel, minério de ferro e pellets de minério de ferro, minério de manganês, ferroligas, alumínio, fertilizantes, cobre e carvão, dentre outros. A empresa atua na exploração mineral em 24 países em todo o mundo.
Além disso, opera sistemas de logística no Brasil, incluindo ferrovias, terminais marítimos e portos, os quais estão integrados com suas operações de mineração e possui um portfólio de frete marítimo para transporte de minério de ferro. Através de afiliadas e joint-ventures, a Vale também opera na geração e fornecimento de energia e no setor siderúrgico.

Site

RH: quer atrair bons talentos?