Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 2 anos

    Insatisfação engessada pelo funcionalismo público

    Assistente Administrativo

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Flexibilidades, mas isso depende da chefia e da natureza das suas atribuições. Alguns docentes, mesmo gozando amplamente desse benefício, não o vêem de forma positiva no que se refere aos servidores técnico-administrativos. O salário é pago religiosamente no primeiro dia útil de cada mês.

    Contras: Dificuldade de relacionamento com os docentes devido a eles serem egocêntricos em sua maioria. Egocentrismo que é amparado pelo regimento. O transporte até o campus e saindo dele é insuficiente e o trânsito nos horários de pico é absurdamente congestionado, tornando a viagem por vezes mais longa do que o tempo no trabalho. No entanto, os que permanecem sem estarem em raras situações privilegiadas, o fazem devido à estabilidade do serviço público e à certeza do salário.

    Conselhos para presidência: Organização de uma Estatuinte, onde pudessem ser mudados os parâmetros que limitam o acesso aos cargos de chefia apenas ao Corpo Docente Superior. Os professores/pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro, nem sempre têm características administrativas suficientes para assumir os cargos que lhes são exclusivos, como Diretor de unidade, Diretor de Centro, Pró-Reitor ou Reitor.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Descrição:A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) é a maior universidade federal do país e um dos centros brasileiros de excelência no ensino e pesquisa.

Em termos de produção científica, artística e cultural, é reconhecida nacional e internacionalmente, mercê do desempenho dos pesquisadores e das avaliações levadas a efeito por agências externas. Em 2015 o QS World University Rankings classificou a UFRJ como a melhor universidade federal brasileira, bem como a terceira melhor universidade do país, a quinta entre as instituições da América Latina e a 25ª melhor instituição universitária dos BRICS e de outros países em desenvolvimento. O Ranking Universitário Folha de S. Paulo de 2015 também a classificou como a segunda melhor universidade brasileira e como a melhor federal do país.

Site

RH: quer atrair bons talentos?