Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na União dos Escoteiros do Brasil (UEB)?

8 postagens (3 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.00
  • Remuneração e benefícios
    3.33
  • Oportunidade de carreira
    2.33
  • Cultura da empresa
    2.33
  • Qualidade de vida
    2.33

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há 3 meses

    Para transformar realidades, é preciso começar internamente.

    Analista de Captação de RecursosEx-funcionário, saiu em 2017

    Curitiba, PR


    Prós: A missão e a visão da organização é muito boa. Trabalhar pela educação de jovens é algo motivador. Os benefícios são bons e o escritório fica em um local fácil de acesso.

    Contras: Gestão. Por ser uma organização liderada por voluntários, vários egos se interpõem. Não há estratégia nem planejamento. Com a mudança das gestões, geralmente todo o trabalho feito no período é desfeito após a entrada dos novos eleitos. Sem visão e sem inovação, principalmente no que diz respeito ao método escoteiro. Sem falar os salários totalmente incompatíveis com mercado e ausência de plano de carreira.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Estabilidade sem oportunidades. Carreira estacionada.

    Advogado Pleno

    Curitiba, PR


    Prós: A empresa oferece estabilidade e benefícios, além de ser ética e responsável.

    Contras: Não existe nenhuma possibilidade de se fazer um plano de carreira. O cargo, apesar de estável, não oferece oportunidades de crescimento.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 2 meses

    Bom só para escoteiros

    DesignerEx-funcionário, saiu em 2017

    Curitiba, PR


    Prós: Ambiente descontraído, facilidade de conversa com superiores, local de fácil acesso e datas de aniversário tinham comemorações com presente e bolo.

    Contras: Ambiente tóxico, falta de reconhecimento, preferiam contratar gente de fora do que promover gente de dentro, salários ruins, ambiente machista (preferência por mulheres na contratação) e falcatrua nas contratações.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    Bacana

    Analista de ComunicaçãoEx-funcionário, saiu em 2013

    Curitiba, PR


    Prós: São abertos a ideias, ambiente cordial e familiar, boa capacidade de formação de portfólio e experiências em nível nacional. Os benefícios também são muito bons.

    Contras: Hierarquia confusa entre voluntários e funcionários, causando confusão na aprovação dos projetos. Pouca possibilidade de crescimento na carreira.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 anos

    Trabalho equilibrado

    Analista

    Curitiba, PR


    Prós: Trabalho na área de educação, sem dúvida é prazeroso o contato com jovens e com a comunidade como um todo. Ambiente divertido e dinâmico. Propicia a experiência em diversas áreas.

    Contras: Falta organização no dia a dia, o ambiente é político e acaba refletindo nos profissionais. É comum o trabalho em eventos como acampamentos em que os profissionais excedem o número de horas diárias

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 3 meses

    Um emprego com um propósito

    Gerente

    Curitiba, PR


    Prós: O propósito do Movimento Escoteiro em trabalhar com juventude e educação faz da organização um ambiente criativo e inovador, além de pensar no futuro do país.

    Contras: O relacionamento entre o corpo profissional e o corpo de voluntários, mais de 100 mil em todo o Brasil, gera desgastes desnecessários para o bom andamento dos trabalhos.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 3 anos

    Jovens para mudar o mundo

    Gerente

    São Paulo, SP


    Prós: Fazer parte de um movimento de jovens

    Contras: Fragmentação Politica

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 3 anos

    Uma ótima empresa para trabalhar.

    Auxiliar de Estoque

    Curitiba, PR


    Prós: Benefícios não descontados em folha de pagamento. Oportunidade de crescimento.

    Contras: Não há pontos negativos. É uma excelente empresa.

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

União dos Escoteiros do Brasil (UEB)

RH: quer atrair bons talentos?