Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Underwriters Laboratories?

Ver todas as avaliações

  • Há aproximadamente 1 ano

    Empresa da Década de 70-80. Horrível para Jovens

    Engenheiro

    São Paulo, SP


    Prós: As pessoas com quem trabalho nessa empresa são excepcionais! Todas possuem um nível cultural e social elevado e me sinto feliz em saber que estou no mesmo time que elas. Estou pensando a 20 minutos o que escrever a mais nesse campo e não consegui achar.

    Contras: A UL era uma empresa incrível, uma multinacional fenomenal aonde fazíamos parte de um time internacional e nos sentíamos parte de algo maior. Até que compramos um laboratório nacional e o dono desse laboratório se tornou nosso diretor geral. Essa pessoa vem de uma cultura da pequena empresa brasileira da década de 80, aonde acredita que funcionário bom é funcionário que trabalha 8-10+ horas por dia sem parar. Mesquinharias como proibir compensação de pontes de feriado mesmo com pessoas com mais de 80 horas no banco de horas, reclamar que as pessoas tomem café e conversem entre si por curtos períodos de tempo, obrigar férias coletivas quando antes nós sempre compensamos esses 10 dias entre natal e ano novo durante o ano e até mesmo proibir home-office, mesmo que o trabalho seja possível ser feito de qualquer lugar. Esse tipo de atitude estragou a empresa e hoje a maioria das pessoas estão sempre cabisbaixas e irritadas. Hoje conheço pessoas que torcem para serem mandadas embora.

    Conselhos para presidência: Abrir mais a cabeça, pensar que uma empresa é feita de pessoas e pessoas mudam com o tempo. Um funcionário feliz trabalha com amor e não vai se importar de trabalhar a mais quando precisar e as vezes nem vai cobrar por isso. Agora ficar indo atrás de coisas tão pequenas como proibir compensar ponte de feriado ou mesmo implicar que o funcionário perde 5-10 minutos tomando café e dando risada para refrescar a cabeça, apenas quebra o espírito do funcionário, fazendo ele trabalhar cada vez pior e mais infeliz, diminuindo ainda mais a produtividade. Valeria mais a pena focar em pontos mais estratégicos que trouxessem mais negócios para a empresa, esse deveria ser o foco da alta cúpula; e não ficar fazendo o micro-gerenciamento. Entenda que o mundo está mudando e se esse espírito da empresa não mudar dentro de 10 anos não teremos mais nenhum jovem aqui. Esse mundo da era industrial está acabando e empresas que não se adaptarem perderão capital intelectual.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Underwriters Laboratories
RH: quer atrair bons talentos?