Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares
Tribunal de Justiça do Estado do São Paulo (TJ/SP) logo

Tribunal de Justiça do Estado do São Paulo (TJ/SP)

3.63

Como é trabalhar na Tribunal de Justiça do Estado do São Paulo (TJ/SP)?

210 postagens (80 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.63
  • Remuneração e benefícios
    3.21
  • Oportunidade de carreira
    2.44
  • Cultura da empresa
    2.96
  • Qualidade de vida
    3.71

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 5 meses

    Vendo o judiciário por dentro, dá para entender que o Brasil nunca será um país grande coisa.

    Escrevente Técnico Judiciário

    São Paulo, SP


    Prós: O salário é bom, considerando que o trabalho não exige muito cérebro. Há a estabilidade pois olhando para colegas de trabalho, percebe-se que ninguém é mandado embora. Muito fácil de encostar corpo!

    Contras: Não há avanço na carreira. Os magistrados são considerados outra casta de pessoa e o tratamento não é igualitário. Chefes dificilmente são punidos por assédio. Boa parte do salário é composto por "benefícios" (VT, VR, etc.), ou seja, em caso de afastamento por doença ou mesmo por aposentadoria, os rendimentos despencam. Por ser muito fácil de encostar corpo, funcionários relapsos geram um aumento de trabalho para os mais dedicados. Não há punição para esses funcionários ruins. Os avanços na carreira (cargos de chefia, p.ex.) são quase sempre funções de confiança, é mais importante ter amigos do que ser competente para ocupá-los.

    Conselhos para presidência: Mais bom senso.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 7 meses

    um lixo o tjsp

    Escrevente

    São Paulo, SP


    Prós: estabilidade e é só... a empresa é uma burocracia só, não valoriza ninguém, e tem-se que puxar saco a níveis interestelares para se conseguir algo de fato...

    Contras: brasil né... ou seja, só magistrados têm vez. se vc não é formado em direito, não olham na sua cara, vc pode ter diploma de astronauta da nasa que não estão nem aí...

    Conselhos para presidência: procure outro lugar pra trabalhar

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 8 meses

    Não recomendo

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Flexibilidade de horário para conciliar com a faculdade, liberando mais cedo para cursar aula ou atividade, e até liberando por um dia inteiro.

    Contras: Ambiente conturbado. Sem compromisso em mandar informações para a empresa responsável pela elaboração dos contratos de estágio, demorando tempo absurdo.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 8 meses

    vale à pena pelo salário

    Juiz

    São Paulo, SP


    Prós: expediente de trabalho reduzido e estabilidade, além de 60 dias de férias por ano, sem prejuízo de feriados e recessos, bem como perspectiva de aposentadoria, percebendo valor integral de vencimento, reajustado conforme o quadro de pessoal ativo

    Contras: excesso de trabalho, ausência de estrutura física e humana para o exercício da função e falta de perspectiva de crescimento profissional. ainda conta o fato da pressão externa, da sociedade, ser muito alta, o que acaba ocasionando quadros de angústia e depressão

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 ano

    Se quiser se frustrar, trabalhe lá

    Escrevente Técnico Judiciário

    São Paulo, SP


    Prós: Tem estabilidade !!! Só isto nada que faça dizer que vale a pena se esforçar, se matar de estudar para trabalhar num lugar que está sendo sucateado.

    Contras: Não temos aumento, não pagam corretamente reposição salarial, os prédios não tem estrutura par trabalharmos em boas condições, não temos plano de carreira, assédio moral fortíssimo.

    Conselhos para presidência: Melhores condições de trabalho e melhor remuneração para is funcionários.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    Péssima gestão

    Técnico Judiciário

    Salvador, BA


    Prós: Nenhum ponto positivo só insatisfação

    Contras: Ma gestão e muito corporativismo

    Conselhos para presidência: Mais pelos funcionários e menos corporativismo

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    Nepotismo velado.

    Funcionário


    Prós: Estabilidade. Aposentadoria integral.

    Contras: Falta de competência dos que ocupam cargos de liderança. Nepotismo velado.

    Conselhos para presidência: Avaliar melhor os critérios para escolha de cargos de confiança. Diversos profissionais sem o mínimo de noção para o cargo ocupado.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 anos

    Positiva

    Agente Admnistrativo Financeiro

    Sinop, MT


    Prós: Oportunidade de crescimento profissional

    Contras: Instabilidade, sem saber ao certo a continuidade a frente do trabalho

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    O judiciário paulista tem que valorizar mais seus colaboradores.

    Escrevente Técnico Judiciário

    Santa Cruz do Rio Pardo, SP


    Prós: Acho que a única vantagem, o único ponto positivo é a estabilidade, porque de resto, não vejo mais nenhuma.

    Contras: Falta de estímulo ao funcionário, carreira estagnada, sem perspectiva de promoção. Não valoriza quem se esforça mais, mas sim que se mostra mais "puxa saco".

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 4 meses

    Bom, mas há melhores.

    Escrevente Judiciário

    São Paulo, SP


    Prós: O salário é realmente um ponto positivo considerando que o cargo exige somente nível médio. Há alguns facilitadores da execução da função sendo implantados, como o uso dos processos eletrônicos.

    Contras: Há uma sobrecarga de trabalho e faltam funcionários que consigam dar andamento aos trabalhos de forma satisfatória e de modo que facilite todo o andamento.

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

Tribunal de Justiça do Estado do São Paulo (TJ/SP)
RH: quer atrair bons talentos?