Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ/MG)?

69 postagens (23 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

4.04
  • Remuneração e benefícios
    3.95
  • Oportunidade de carreira
    2.41
  • Cultura da empresa
    3.23
  • Qualidade de vida
    3.91

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 1 ano

    Desanimador

    Oficial de Justiça

    Betim, MG


    Prós: Flexibilidade no horário, pois o cargo proporciona àquele que ocupa quando e em qual horário exercer sua atividade. O TJMG paga rigorosamente em dia o salário, tendo nunca atrasado sequer um mês.

    Contras: São inúmeros: o TJMG definitivamente não valoriza o servidor, e nas últimas gestões foi necessário o uso da greve para concessão da data base. A baixa remuneração é o maior ponto negativo e a falta de perspectiva na carreira é muito desanimador. Falta material básico para o trabalho, na comarca onde trabalho são 36 oficiais e apenas 3 computadores, os plantões não são remunerados, não recebemos horas extras e as verbas indenizatórias não são reajustadas há dois anos. Não recebemos auxílio- saúde nem auxílio- transporte.

    Conselhos para presidência: Valorize o servidor, ele é um dos bens mais preciosos do tribunal de justiça de MG. E que apesar da baixa remuneração, presta um serviço de qualidade e sempre com comprometimento para atender a sociedade.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    TJMG não é uma boa opção.

    Oficial de Justiça AvaliadorEx-funcionário, saiu em 2014

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Não tem chefia imediata e há bastante flexibilidade no horário de trabalho., podendo fazer o seu horário. Clima de trabalho relativamente bom.

    Contras: O TJMG tem a pior remuneração do Brasil para os servidores em início de carreira. Há excesso de trabalho. As indenizações de diligência dos oficiais de justiça avaliadores não são suficientes para bancar a gasolina do automóvel e o desgaste do veículo. Apesar de ter flexibilidade de horário vc acaba tendo que trabalhar aos sábados pois é o melhor dia para se encontrar as pessoas em casa.

    Conselhos para presidência: Valorize os servidores pois são eles quem faz a máquina funcionar.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    Já foi melhor.

    Oficial de Apoio Judicial

    Poços de Caldas, MG


    Prós: estabilidade, ambiente de trabalho benefícios tais como férias de 25 dias úteis.

    Contras: carreira congelada com poucas chances de mobilidade, deixamos de ter aumento anual este ano.

    Conselhos para presidência: Respeite seus funcionários.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 anos

    Gostei muito.

    Funcionário


    Prós: O que é legal é o fato de ter estabilidade.

    Contras: Falta de estrutura e segurança.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 anos

    Instituição decadente

    Oficial Judiciário

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Número de folgas e horário de trabalho

    Contras: Direção e magistrados, de foma geral, não gostam do servidor e desmerecem a sua função.

    Conselhos para presidência: A presidência deve ser dissolvida.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Oportunidade de crescimento pessoal

    Oficial de Apoio Judicial

    Ponte Nova, MG


    Prós: A Estabilidade, seis horas diárias de trabalho.

    Contras: O plano de carreira é desmotivador

    Conselhos para presidência: Atentar para os servidores em ínicio de carreira, motivá-los

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    Desvalorização

    Oficial de Justiça Avaliador

    Betim, MG


    Prós: Colegas de trabalho, flexibilidade de horário.

    Contras: Desvalorização do servidor, desvalorização da carreira.

    Conselhos para presidência: Valorização da carreira do servidor

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Funcionário


    Prós: Paga em dia, possui benefícios, não existe cobrança de superiores

    Contras: não há nenhum tipo de reconhecimento, ambiente disponível para os servidores é desagradável, há uma discrepância salarial enorme entre servidor e magistrado (algo inconcebível para um órgão que deve aplicar a justiça).

    Conselhos para presidência: Dar o devido reconhecimento aos oficiais e servidores em geral que prestam sua função com eficiência e competência. Diminuir a discrepância abismal que existe entre o salário dos servidores e o salário dos magistrados. Acabar com os inúmeros benefícios que os magistrados ganham e que chega a ser ridículo!

  • Há 2 meses

    Local de grande possibilidade de aprendizado

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2016

    Belo Horizonte, MG


    Prós: bom local para se aprender e ter acesso com a área jurídica, e juristas. Valeu a pena a oportunidade de estagiar lá. Recomendo a todos os estudantes de Direito de Minas Gerais se candidatarem a uma vaga de estágio no TJ.

    Contras: As demandas são repetitivas; a carga horária, elevada; a quantidade de trabalhos bastante intensa, o que, em alguns momentos, pode parecer enfadonho. Mas, os pontos negativos são inferiores aos positivos.

    Conselhos para presidência: Necessita-se demonstrar interesse pelas tarefas.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 5 meses

    Recomendaria

    Estagiário

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Dependendo do setor em que estiver instalado, é possível que exerça diversas funções o que contribui para o aprendizado e crescimento do estagiário.

    Contras: Se trabalha na segunda instância, o ambiente pode ser um pouco massivo, sem contato com muitas pessoas e horas e horas somente em frente ao computador.

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ/MG)
RH: quer atrair bons talentos?