Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Toro Investimentos?

Ver todas as avaliações

  • Há 5 meses

    Cresceu rápida mas cresceu mal!

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2017

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Remuneração FIXA compatível com o porte e atual estágio de crescimento da empresa. Benefícios razoáveis. RH e diretores empenhados em criar um bom clima organizacional por meio da implementaação constante de novidades.

    Contras: Instabilidade: A empresa e diretores têm muito claro o objetivo onde querem chegar. Porém as constantes mudanças na estrutura organizacional e reestruturação transmitem sensação de insegurança aos funcionários que acaba inclusive pondo em dúvida a viabilidade financeira do empreendimento. È comum ver setores inteiros sendo demitidos da noite para o dia e mudanças bruscas de direção e estratégia. Em contrapartida há setores "inchados" que pouco têm a ver com o core business. Falta de clareza/honestidade com relação aos rumos da empresa e políticas de salário e benefício: São muitos poucos os casos onde há convergência entre o que foi prometido e o que fora cumprido efetivamente nesse quesito. Promessas quebradas e mudanças bruscas na forma de remuneração acontecem também da noite para o dia. Porém, no momento da contratação o discurso é outro! Falta de treinamento e aperfeiçoamento: Ou você entra para contribuir já possuindo uma bagagem ou vai aprender de maneira informal o ofício, no boca a boca, sem saber se o que está sendo passado é realmente certo. Não valoriza o funcionário: No mercado financeiro o maior ativo de qualquer empresa é o capital humano . Mas na Toro é diferente. A empresa e seus objetivos estão em primeiro lugar! O funcionário é uma mera peça descartável que pode ser substituída a qualquer momento (até por isso não investem em treinamento). Falta de maturidade e profissionalismo: Achar que tem que estar compromentido com a cultura e o velho "vestir a camisa da empresa", ou como se diz internamente "ter postura de dono" mas só com o ônus de ser dono! Não basta dar o sangue das 08:00 ás 18:00 tem que estar presente nas inúmeras festas e confraternizações, sair pra beber com o chefe, cantar a música da empresa em voz alta e não expor em nenhum momento dúvidas quanto ao rumo da empresa.

    Conselhos para presidência: Parem de achar que só quem lhes dão tapinhas nas costas está realmente querendo o bem da empresa! Sejam profissinais e demandem profissionalismo! Não existe mais isso de vestir a camisa e cantar o hino! Valorizem seu capital humano! Ele lhes fara falta muito em breve! Adotem postura mais pé no chão! Às vezes é bom ter alguém pessimista na equipe para saber o que fazer quando as coisa não vão conforme o planejado!

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Toro Investimentos

RH: quer atrair bons talentos?