Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na TK Comunicação Industrial?

Ver todas as avaliações

  • Há aproximadamente 1 ano

    Qualidade de vida, ambiente agradável e equipe criativa. Uma linda fachada sem final feliz.

    Diretor de ArteEx-funcionário, saiu em 2016

    Jaraguá do Sul, SC


    Prós: A estrutura da empresa é muito boa, um local de sonho pra se trabalhar. Com certeza foi uma das coisas que me atraiu até Jaraguá. Equipamento atualizado, softwares originais, uma linda vista, e profissionais competentes na equipe de criação. Isso foi o que de melhor vi lá. Apesar do sistema opressor de gestão dos tempos dos jobs, a equipe criativa tem um bom astral e são muito bons no que fazem.

    Contras: Direção da empresa despreparada para conduzir processos seletivos, e períodos de experiência. A equipe base da agência segue sem alterações a um bom tempo, mas novos membros não se integram com facilidade há meses. A vaga de Diretor de Arte está sempre aberta. A cultura de qualidade de vida que vendem se choca com a realidade dos jobs vendidos por tempo. Ou você cria no tempo estipulado pela direção ou te rotulam abertamente como inviável. Mesmo aprovado, se o job ultrapassou o tempo que estipularam, é considerado prejuízo e inviável. Com clientes grandes e complexos, é necessário um bom tempo para que o profissional se alinhe às informações. Com raras exceções, a equipe joga contra a maioria do tempo, com pouco ou nenhum apoio de informações para quem chega. Presos a um excesso de processos internos, são inflexíveis com novas experiências; se você faz diferente, está errado. Todos trabalham como robôs contra o relógio. Sua dificuldade significa atraso na vida deles. Isso basta para que se reunam na sua ausência e decidam sobre sua saída da empresa. Quanto a questão de contratações, se imaginam que você serve, investem tudo pra te levar... mas prepare-se para ser demitido nos primeiros 30 a 40 dias. Muitos foram. Infelizmente só descobri isso na primeira semana. Descobri que é uma prática comum em Santa Catarina. Podem te arrastar da lua pra lá, se mudarem de idéia... tchau tchau. Só vale o risco se você está desempregado vivendo em Jaraguá. do contrário, não vale a pena.

    Conselhos para presidência: Em primeiro lugar, a direção precisa de maturidade para gerir os processos de experiência. O conceito de gestão compartilhada da empresa é furado e injusto com o novo profissional. Qualquer mal estar entre a equipe e a pessoa em experiência pode desencadear um levante dos mesmos para te tirar de lá. Vivi isso e não tive chance nem oportunidade de reagir. Sejam mais responsáveis e, tendo consciência do modo como avaliam seus profissionais, não tirem ninguém de um emprego estável sem avisar que o processo pode ser interrompido no primeiro mês. Poucos profissionais se arriscariam a serem avaliados em 30 dias. Cada profissional tem sua curva de adaptação e não são máquinas como as das indústrias que atendem. A gestão dos jobs por tempo ainda vai tirar muita gente da empresa, e a longo prazo, vai se mostrar inviável. Com certeza é a causa da rotatividade alta.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

TK Comunicação Industrial

RH: quer atrair bons talentos?