Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Thomson Reuters?

213 postagens (52 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.19
  • Remuneração e benefícios
    3.08
  • Oportunidade de carreira
    2.63
  • Cultura da empresa
    3.06
  • Qualidade de vida
    3.27

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 2 meses

    Bem mais ou menos

    Desenvolvedor PlenoEx-funcionário, saiu em 2016

    Campinas, SP


    Prós: Salário em dia, as vezes tinha fruta nos andares isso se você conseguir sair na frente da corrida dos ratos para pegar. Maquina de café boa. De vez em quando patrocinava treinamentos.

    Contras: Grande parte dos gestores/diretores são advindos da Softway,formando uma panelinha difícil de lidar. Decisões são tomadas de maneira unilateral,principalmente em relação aos terceiros. Gostam de manter profissionais de competência questionável,contanto que faça parte da panelinha.Baixa transparência e processos,principalmente no report aos times do exterior.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 5 meses

    Uma empresa que realmente não vale a pena trabalhar.

    Programador

    Criciúma, SC


    Prós: É realmente muito difícil encontrar pontos positivos nessa empresa, mas vou fazer um esforço. Apesar da empresa ser muito ruim para trabalhar, eu acredito que algumas pessoas que eu tive a oportunidade de conhecer nessa empresa ajudaram no meu crescimento profissional.

    Contras: Durante o processo de contratação, me venderam uma empresa que não existe, e oportunidades que nunca me foram dadas, apesar de todo meu esforço. O ambiente de trabalho é muito ruim, com muita burocracia para tudo. Os funcionários são tratados como números em uma planilha de diretrizes. Os gerentes das equipes de desenvolvimento só estão preocupados com as metas, e nenhum pouco com o crescimento do funcionário. Existe uma hierarquia monárquica dentro da empresa, em que tudo fica centralizado nas mãos dos gerentes, as opiniões dos funcionários não servem para nada. Existem muitos funcionários com pouco conhecimento e desinteressados em crescer profissionalmente. Tenho muitos amigos que já trabalharam nessa empresa, e saíram antes de completarem 6 meses.

    Conselhos para presidência: Valorizem mais os funcionários, estejam mais próximos e tenham mais preocupação com o crescimento do colaborador em vez das diretrizes. Acabem com esse ambiente burocrático e cheio de regras desnecessárias.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 8 meses

    Péssima empresa para crescimento profissional

    Analista de Testes PlenoEx-funcionário, saiu em 2016

    Juiz de Fora, MG


    Prós: Empresa Thomson Reuters (Escritório Nova Prolink) ->Ótimo ambiente de trabalho (alguns colegas não são todos e uma boa infraestrutura), fiz grandes amizades la dentro, tive um grande aprendizado, algumas pessoas me reconheceram pelo trabalho que fiz.

    Contras: Empresa Thomson Reuters (Escritório Nova Prolink) -> Infelizmente a empresa ainda tem mentalidade de pequena empresa, gestores péssimos que não ajudam o crescimento em equipe e nem individual. Alguns gestores claramente privilegiando alguns colegas de trabalho e quando eu falo isso é em relação a tudo (aumento de salário, colega nas costas dos outros, colegas de trabalho negando informação para que seu amigo se ferre, colegas de trabalho querendo aparecer e mentindo sobre o que fez ou faz dentro da empresa, colegas de trabalho recebendo créditos pelo o que não fez, etc ), isso tudo acontecendo na cara do gestor, que não toma nenhuma atitude, porque protege o seu favorito. Além de tudo isso é muito serviço e um péssimo salário.

    Conselhos para presidência: No meu ponto de vista a empresa deve parar de mudar os gestores toda hora. Melhorar os gestores que estão la dentro, colocar pessoas capacitadas e que tenham conhecimento na área em que estão gerindo. Melhorar o salário de empregados que estão buscando o crescimento, mas para isso o gestor deve estar perto e sabendo o que cada um faz.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 11 meses

    Precisa se preparar para evoluir junto com os mercados

    Analista de Novos Negócios

    São Paulo, SP


    Prós: Empresa em constante evolução e acompanhando a necessidade dos clientes de forma acertiva. Boas remunerações variáveis e possibilidade de muitas vendas.

    Contras: Estrutura de RH muito fraca, gerentes muito desqualificados e que atendem os funcionários por interesses proprios, dificuldade de crescimento e falta de perspectiva. Fixo muito abaixo do mercado.

    Conselhos para presidência: Exijam maior qualificação de seus funcionários antes de colocarem eles na linha de frente do seu negócio.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 11 meses

    Péssimos gestores

    Gerente de ContasEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Empresa grande, reconhecida fora do Brasil, aqui mesmo é bastante discutível. Paga em dia, e para completar a quantidade de caracteres aqui, vou acrescentar, alguns dias tem fruta e ginástica laboral, somente estes pontos positivos.

    Contras: Mudanças constantes, troca de diretoria, rotatividade grande de funcionários. O cliente acaba ficando em segundo plano, bem diferente dos valores que a empresa prega. Profissionais desqualificados em cargos de gestão, na sua maioria, oriundos de empresas menores que a Thomson Reuters adquiriu aqui no Brasil, e muitos já vieram com alguns cargos, porém não sabem gerir pessoas, completamente despreparados. A sensação que eu tive é que a empresa não sabe reter bons talentos. Informações completamente desalinhadas, cada um fala uma coisa e um clima péssimo para trabalhar.

    Conselhos para presidência: Aos argentinos que estão na presidência aqui no Brasil, ouçam mais quem está na linha de frente com os clientes, procurem dar respostas mais rápidas aos funcionários, para que o clima de incerteza na empresa possa ser minimizado. Estabeleçam metas atingíveis para as equipes. Entendam melhor a cultura Brasileira.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Divergência entre a politica e a pratica dela

    Analista ProgramadorEx-funcionário, saiu em 2015

    Campinas, SP


    Prós: dress code: são informais e não incomodam nisso, para consultores não pegam no pé com a questão de horários e tem um ambiente legal entre os consultores

    Contras: Dizem praticar scrum, mais alguns scrummasters não dão qualquer importância as práticas essenciais do scrum, querem que você cumpra prazos que não cabem no sprint. afirma ter espaço para coisas novas mais mais valorizam de forma intensa a experiência, trabalham com tecnologia java como se ainda usassem linguagem procedural!

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    O pior lugar em que já trabalhei.

    Desenvolvedor SêniorEx-funcionário, saiu em 2015

    Campinas, SP


    Prós: A máquina de café é boa, oferecem ginástica laboral e frutas para os funcionários. De vez em quando você ganha uns brindes, também.

    Contras: A Thomson Reuters, mundialmente, é uma excelente empresa. O problema é que, no Brasil, ela andou comprando algumas empresas pequenas, trazendo para dentro de sua cultura pessoas tecnicamente despreparadas e incompetentes, e todos os malefícios e problemas decorrentes disso. Esse é o caso da unidade de Campinas. A plataforma tecnológica é péssima, mal estruturada, os projetos são completamente desorganizados, os gestores não se entendem, tudo é sempre para ontem, vivem apagando incêndios e o clima de insatisfação impera entre a maioria. Só recomendo que você vá trabalhar lá se realmente estiver passando fome.

    Conselhos para presidência: Demita o pessoal "das antigas" e contrate profissionais de verdade.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    Thomson Reuters é uma gigante com os prós e contras de tal.

    Gerente

    São Paulo, SP


    Prós: Atuação Global com oportunidades em diversas áreas e países.

    Contras: Burocracia extrema, como os líderes são extrangeiros que não conhecem o mercado nacional é difícil justificar qualquer investimento.

    Conselhos para presidência: Take care of your employees specially from the bottom.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 anos

    Avaliação

    Analista de Suporte Técnico

    Juiz de Fora, MG


    Prós: - Estrutura física razoável; - Remuneração e benefícios razoáveis quando comparados ao mercado de trabalho local;

    Contras: - Má capacitação profissional dos gestores/coordenadores; - Falta de treinamento e capacitação profissional dos funcionários; - Falta de apoio para o desenvolvimento profissional dos funcionários; - Forte nepotismo; - Falsas oportunidades de carreira, onde a empresa valoriza somente a mão de obra externa e restringe aos seus funcionários as oportunidades de carreira existente; - Grande nível de estresse e pressão exercido sobre seus funcionários; - Remuneração e benefícios completamente desproporcionais ao nível de responsabilidades atribuídas aos seus funcionários;

    Conselhos para presidência: Valorização do esforço de seus funcionários. Incentivo a qualificação profissional de seus funcionários. Melhoria nos métodos de gestão de seus coordenadores/gestores. Equiparação da remuneração e benefícios de seus funcionários as suas responsabilidade diárias. Aplicação das mesmas regras a todos os funcionários, sem exceção. Entre muitos outros pontos.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Thomson Reuters desastrosa no Brasil.

    Funcionário

    São Paulo, SP


    Prós: Os benefícios são bons, apesar dos baixos salários para as equipes de base, as pessoas são simpáticas e tentam enxergar na empresa um lugar bom para crescer profissionalmente, esperando que a lambaça que está sendo feita no Brasil pela direção atual chegue ao fim um dia.

    Contras: O RH é elitizado, ou seja, só atende bem quem ganha bem. As diretorias pouco respeitam os subordinados. Prometem e não cumprem, inclusive para os clientes.

    Conselhos para presidência: Mais respeito às pessoas e é preciso sim entender o detalhe das coisas.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Thomson Reuters

Descrição:A Thomson Reuters é um conglomerado líder no segmento mundial de soluções e informação para empresas e profissionais. Resultado da fusão da Thomson Corporation com o Reuters Group em abril de 2008, possui sede em Nova York e emprega mais de 50 mil pessoas ao redor do mundo. No Brasil, a Thomson Reuters atua através das unidades de negócios.

Site

RH: quer atrair bons talentos?