Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Supervia?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 3 anos

    Supervia:Uma nova História

    Funcionário

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: A Supervia tem ótimo pacote de benefícios tais como: Auxilio creche, vale refeição/alimentação acima do praticado no mercado, 50 % da graduação paga pela empresa, um bom valor somado ao vale refeição/alimentação como cesta básica.
    Depois da posse da nova gestão pela Odebrecht, houve uma melhor equiparação salarial com o praticado no mercado, melhorando a remuneração dos funcionários, o que antes era o maior contra em se trabalhar na Supervia.

    Contras: Cada setor tem sua dificuldades, como não conheço a realidade de outros setores não posso emitir opinião sobre elas, assim, me deterei em falar da área em que estou inserido: manutenção.
    O maior desafio que o setor de manutenção tem é o treinamento técnico sobre os sistemas em que os funcionários atuam fazendo manutenção. Existem vários tipos de tecnologias e diversas interfaces ao logo do sistema, o que demanda conhecimento de muitas áreas técnicas, tais como :elétrica,mecânica,eletronica, TI, telecomunicações ... É difícil retirar o efetivo de suas atividades cotidianas para que estes recebam treinamentos, o que traria excelência aos atendimento dos defeitos e minimizaria o tempo gasto no restabelecimento das anomalias dos sistemas.

    Conselhos para presidência: Acredido que a Gestão da Supervia tem seguido em direção à máxima excelência e longe de mim ter a pretenção de aconselhar a quem tem toda experência e competência para gerir. Contudo percebo coisas que talvez passe despercebido à alta cúpula da organização e que posso explanar. O que tem desagradado a muitos na Supervia é a proteção extrema aos profissionais que trabalham na tração( maquinistas). Estes possuem privilégios que outros funcionários tão importantes ao sistema não possuem. Possuem benefícios exclusivos à categoria o que causam descontentamento nos profissionais que estudaram muito mais para exercerem suas funções, como é o caso dos técnicos de manutenção.- (para ser maquinista basta possuir ensino médio completo)-. Os profissionais que atuam nos setores de manutenção nunca param de estudar, muitos deles são até mesmo engenheiros formados e outros formandos, mesmo assim estes não obtêm reconhecimento ao esforço em obter mais conhecimento, o que vai em oposto ao que preconiza a bíblia da cultura da organização: a "TEO" ( Tecnologia Empresarial Odebrecht).

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

Supervia

Descrição:A Supervia opera o serviço de trens urbanos na Região Metropolitana do Rio de Janeiro desde novembro de 1998. Em 2010, a Odebrecht TransPort, do ramo de mobilidade urbana e sistemas de logística, assumiu o controle acionário da SuperVia. Atualmente, gerencia 270 quilômetros de linhas férreas com 102 estações em oito diferentes linhas que passam pelos municípios do Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, Duque de Caxias, Nilópolis, Mesquita, Queimados, Magé, Guapimirim, Paracambi, São João de Meriti, Japeri e Belford Roxo. Por dia, transporta cerca de 600 mil passageiros. A SuperVia também opera, desde 2011, o Teleférico do Alemão.

Site

RH: quer atrair bons talentos?