Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Stone?

283 postagens (214 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.94
  • Remuneração e benefícios
    3.25
  • Oportunidade de carreira
    4.01
  • Cultura da empresa
    4.43
  • Qualidade de vida
    3.56

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 11 dias

    Fake organizacional

    Analista de RelacionamentoEx-funcionário, saiu em 2017

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: De forma geral, não exige experiência, dando oportunidade pro pessoal conseguir iniciar a carreira. Além disso, oferece bons benefícios, como o plano de saúde e convênios. Traz uma boa oportunidade de aprendizagem

    Contras: Pode-se dizer que a empresa é um "fake organizacional". Não cumpre com o que diz, não cumpre e não respeita a própria cultura e valores que anuncia, como franqueza, ambiente descontraído, etc. A gestão é constituída por pessoas mal preparadas e muitas vezes de competência nula. Além disso, Os processos são desorganizados, péssimo planejamento e execução, tudo muito desorganizado. "Exigem"(de forma velada) horas extras, mas os gestores pressionam as pessoas a não colocar essas horas no ponto. Em resumo: Existe uma "sala de jogos"? Sim, mas você não vai ter tempo de utilizar. É uma empresa pra ganhar alguma experiência e algum dinheiro, mas de forma alguma, para fazer carreira

    Conselhos para presidência: Praticar o que anuncia, melhorar a gestão, aprender a planejar, revisar/estruturar os processos

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 14 dias

    Recomendo menos o comercial

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2017

    Guaratinguetá, SP


    Prós: Cultura meritocracia, bonus por resultados altos e possibilidade de crescimento rápido. Empresa jovem com ambiente descontraído e horários flexíveis

    Contras: Comercial expansão é um trabalho muito desgastante e pouco instrutivo principalmente se você não tiver carro. Ficar passando de negócio em negócio, conversando com clientes muitas vezes estúpidos não é um trabalho para quem passou 5 anos estudando em uma faculdade pública.

    Conselhos para presidência: Aprender a alocar melhor os talentos, principalmente aqueles que tem um currículo diferenciado em funções mais complexas e que gerem maior impacto na empresa

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    Fuja!

    Consultor Pleno

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: O escritório é bonito e bem localizado. A empresa tem uma promessa de cultura bacana, seria um lugar incrível se ela fosse verdade. Muita gente boa que tem mega vontade de trabalhar.

    Contras: Salário de miséria e quem pede aumento é tratado como traidor da causa Stone (que já tem mais de 2000 funcionários e tem uma galera ganhando uma grana preta).A grande maioria dos gerentes estão nem aí para o salário de quem está em baixo e fazem questão de pagar o menos possível. Empresa desorganizada e humilhar e gritar com as pessoas é um hábito comum dentro da empresa. As pessoas são estimuladas a trabalhar 12 horas por dia e não há pagamento de horas extras. Se você sai no seu horário normal é tido como preguiçoso e descomprometido. O real motivo desse hábito é que as pessoas são super improdutivas e gastam muito tempo viajando ao invés de realmente trabalhar.

    Conselhos para presidência: Paguem salários descentes as pessoas. Parem de iludir os outros com promessa de sociedade (que não é real, pois nenhum “sócio” tem ação da empresa).

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 meses

    É uma boa experiência, mas não é o tipo de empresa para investir em carreira

    Analista Administrativo

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: O processo seletivo é muito bom, escolhe realmente pessoas carismáticas e inteligentes, uma boa oportunidade para conhecer pessoas capazes e manter contato para o futuro

    Contras: Grande parte das áreas possui apenas um responsável, logo se ele não concorda com sua visão suas ideias são simplesmente ignoradas. A empresa prega transparencia mas é capaz de demitir pessoas que perguntem sobre salários das demais. Ainda que o salário não deva ser o foco do empregado, a empresa ao se julgar transparente não deveria manter esta informação com tamanho sigilo.

    Conselhos para presidência: Implantar algum plano de carreira e maior transparência

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 3 meses

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2016

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Valorização da juventude, pessoas incríveis e muito inteligentes, ambiente descontraído e "livre", certa autonomia na tomada de decisões, crescimento rápido

    Contras: A área de Pessoas no geral, que demite ao invés de avaliar talentos para realocar os funcionários. Na realidade, a empresa em geral precisa ser mudada, porque o modelo atual está insustentável: muitos jovens inteligentes e incríveis sendo contratados para trabalhos operacionais, com promessas de crescimentos absurdos, sendo descartados quando não conseguem ficar motivados (já que a empresa acredita que as pessoas devem se manter automotivadas, mesmo com salário e benefícios ruins, sem remuneração de horas extras). Inúmeras promessas são feitas aos contratados mas a realidade é somente uma: você só cresce se trabalhar 12 horas por dia e for amigo (ou tiver um relacionamento) de algum peixe grande. O clima de insegurança é inerente à Stone: todos tem medo de demissões mesmo com feedbacks positivos. Talentos são desperdiçados, pessoas são totalmente desvalorizadas e a cultura só vale pra quem está no topo da cadeia.

    Conselhos para presidência: Melhorem os salários, saibam valorizar as pessoas e lembrem que os funcionários tem uma vida fora do escritório

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 4 meses

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Nenhum. Já que a maioria dos supostos pontos bons são falácias como cultura (que não é exercida) , e como uma empresa fintech de alta performance (o que não é) Vivem num conto de fadas, o dinheiro se queima rápido por lá, devido a ineficiência. Uma pena, porque tem bastante gente boa trabalhando na empresa, porém muitas dessas, foram mandadas embora, o mercado agradece. Meu respeito a André Street somente...

    Contras: Empresa extremamente desorganizada. Gostam de colocar isso como normal, devido a condição de startup, porém, isso é uma grande falta de respeito com o dinheiro dos investidores. O preço da desorganização é além da queima de dinheiro, decisões erradas, avaliações precipitadas é sobretudo construção de alicerces frágeis para uma empresa que pretende se consolidar no mercado de meios de pagamento. Gostaria de dizer para os talentos que pretendem entrar na empresa pela imagem que ela se constrói, não se enganem, será uma perda de tempo. O processo seletivo diz que eles querem pessoas de perfil aguerrido, estilo navy seals, uma grande piada. Eu servi o exército e posso dizer que a maioria ali sequer aguenta a dor, e tem a disciplina necessária para atingir objetivos. Dinossauros da redecard que atuam se alavacando um o outro , e se preservando diante do ritmo frenético dos mais jovens, omitindo erros gritantes. É um grande picadeiro e jogo político lá dentro. No final todo mundo só quer manter o seu emprego e sua sobrevivência, os objetivos da empresa são secundários...

    Conselhos para presidência: O problema não é vocês da presidência, vocês tem um mindset ótimo! Na prática vão contratar as pessoas por salário baixos, para tentar manter uma saúde financeira pelo menos no começo da trajetória, é normal. Afinal vocês tem que ter margem de dinheiro para incompetência. O problema é quem vocês estão contratando. Eu por exemplo, sempre fui avaliado nas empresas anteriores que estive, e em 5 anos nunca tive uma avaliação negativa , atuando em problemas maiores do que vocês tem. Meu superior por inimizade me deu a pior nota da empresa, mesmo eu sendo responsável por ganhos na empresa na ordem de 50 mil para mais. Enfim , desejo sorte...

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 4 meses

    Não há conciliação entre a vida corporativa, pessoal e familiar.

    Analista

    São Paulo, SP


    Prós: Excelente localização. Escritório bonito. Empresa jovem, moderna e em crescimento. Bom lugar para se adquirir aprendizado e experiência. Nada além disso...

    Contras: Não sabem planejar. Não conseguem, com a quantidade de pessoas e horas de trabalho disponíveis, gerar os resultados que precisam. Acabam sobrecarregando funcionários que passam a ter diariamente menos horas de convívio familiar. Se não bastasse, agendam compromissos, bate-papos, reuniões, treinamentos e viagens fora do expediente de trabalho, inclusive para os fins de semana.

    Conselhos para presidência: Perceberem a importância de se equilibrar as tarefas corporativas com a vida pessoal e familiar. Por não criarem um ambiente facilitador aos funcionários correm risco de perderam grandes talentos.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 5 meses

    Só recomento trabalha na Stone quem não tiver outra oportunidade.

    Analista de Infraestrutura II

    São Paulo, SP


    Prós: A empresa tem pouquíssimos pontos positivos. Talvez a Flexibilidade de horário, seja um deles, mas esta também vai em contrapartida a horários extras (sem pagamento).

    Contras: Não seguem a própria cultura que pregam. Empresa totalmente desorganizada. Fingem ter um ambiente aberto e hierarquia horizontal, mas na verdade não define responsabilidades claras aos líderes e times.

    Conselhos para presidência: Mudar a cultura ou seguir a cultura que prega. Organização, planejamento, processos e documentação precisam ser urgentes serem praticados.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 5 meses

    Museu de grandes novidades

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: escritório bem localizado, mobiliário novo, sem controle de ponto, internet sem bloqueio nenhum, gestores jovens e inexperientes. Bate-papos sobre a perfomance da empresa.

    Contras: Tratam os candidatos como idiotas. Costuma-se dizer entre os "líderes": "... vai lá, vende o sonho". Fazem acreditar que o funcionário pode virar sócio, mas isso não passa de ilusão. Os gestores não tem conhecimento técnico, falta inteligência emocional, medrosos e mimados. As demissões e as promoções são pessoais, falta profissionalismo. Eles se colocam como desruptivos , revolucionários. Mas são apenas mais uma adquirente buscando ganhar market share, nunca vi nada de novo. Além disso, nem conseguem fazer o básico de uma adquirente.

    Conselhos para presidência: Parem de mentir,

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 5 meses

    Ótima empresa para aprendizado

    ComercialEx-funcionário, saiu em 2017

    Chapecó, SC


    Prós: Ambiente descontraído, cultura da empresa muito forte, convivência com pessoas excepcionais, aprendizado muito grande, muitos desafios e rápido crescimento.

    Contras: Líderes despreparados, muita pressão, demissões sem explicação muito clara, pregam uma política que não cumprem, crescimento por meritocracia na verdade não é lei, muita desorganização, péssimo sistema de feedback.

    Conselhos para presidência: Acompanhar de perto os Polos, treinar melhor seus líderes e praticar mais o que pregam, meritocracia não é aplicada da mesma forma com que empresa afirma.

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

Stone

Descrição:A Stone é uma Adquirente de meios de pagamento, autorizada pela Visa e Mastercard a credenciar lojistas, processar e autorizar transações de cartão de crédito com essas bandeiras e outras. A companhia nasceu com o propósito de fazer diferente, servir nossos comerciantes com excelência e prover as melhores tecnologias e inovações do mercado. A Stone evolui a cada dia e, apesar de nova, possui uma tecnologia própria, robusta, capaz de suportar 10.000 transações por segundo.

Site

RH: quer atrair bons talentos?