Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na State Grid Brazil Holding?

Ver todas as avaliações

  • Há 3 meses

    Desafio constante

    Coordenador

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Ainda é uma empresa jovem, recém chegada ao Brasil e por isso tem muitos desafios e oportunidades de desenvolver projetos desde seu início. Isso é muito gratificante quando se consegue avançar com esses projetos e desafios. A empresa também tem práticas de remuneração e benefícios acima do mercado. Percebe-se um desejo de mudança e melhorias em boa parte da gestão. Outro fator positivo é a estabilidade do segmento no qual está inserida e seu "apetite" e disponibilidade de investimentos para continuar crescendo no Brasil e na América Latina. Acredito que por esse fator muitas oportunidades irão surgir para quem permanecer na empresa no médio / longo prazo, entregando resultados consistentes.

    Contras: Apesar de ser cheia de desafios e oportunidades, muitas vezes a evolução esbarra na burocracia. A empresa carece de sistemas e em algumas situações inclusive de mão de obra suficiente para atender a demanda crescente. A empresa cresceu muito, e muito rapidamente nos últimos anos, e os sistemas e estruturas não acompanharam esse ritmo de crescimento. Chegou o momento de "arrumar a casa". Mas as vezes o processo decisório é muito lento, centralizado e burocrático, o que prejudica a empresa de melhorar mais rapidamente e acompanhar movimentos importantes de mercado.

    Conselhos para presidência: Dar mais autonomia para a liderança, gerenciar a empresa de forma mais executiva e estratégica, deixar os detalhes para a média gerência e suas equipes, reduzir as posições de liderança para os chineses, deixar mais para os brasileiros para ajudar no aculturamento, confiar mais nas equipes.

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

State Grid Brazil Holding

Descrição:A State Grid chegou ao Brasil em 2010, sendo o primeiro país não-asiático a receber investimentos da empresa. No país, ela adquiriu sete companhias de transmissão de energia por US$ 989 milhões. A empresa fornece energia para grandes cidades brasileiras com mais de seis mil quilômetros de linhas de transmissão que serão operados por ela nos próximos 30 anos. Cobre, atualmente, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e o Distrito Federal.

Site

RH: quer atrair bons talentos?