Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na SKY?

Ver todas as avaliações

  • Há aproximadamente 2 anos

    Comprar gato por lebre.

    Especialista em Sistemas

    Santana de Parnaíba, SP


    Prós: Marca famosa de TV paga reconhecida no Brasil inteiro.

    Contras: Empresa extremamente desorganizada em seus processos e qualidade de serviços de T.I.

    Conselhos para presidência: Melhorar a cultura da empresa, especialmente no que tange a área de T.N. para que os profissionais ajam realmente como profissionais, preocupados com o futuro da companhia, que ajam como uma equipe e não cada um por si como é hoje, o que tem refletido fora da empresa e na perda de muitos clientes para as concorrentes. Profissionais de áreas críticas melindrosos demais, logo, não tem amadurecimento para atuar em uma área que se exige lidar com a pressão grande do dia a dia.

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

SKY

Descrição:Primeira empresa de TV por assinatura do Brasil, via satélite pelo sistema digital DTH (Direct to Home) em banda Ku, a SKY nasceu em agosto de 2006, resultado da fusão das operadoras SKY e DIRECTV que atuam há mais de 18 anos no Brasil. A SKY é a maior operadora de TV por assinatura via satélite do País, com transmissão para todo o território nacional. Possui mais de 17 milhões de telespectadores em todo Brasil, que representam aproximadamente 30% de todos os assinantes de TV paga do País. Desde o início, a SKY sempre foi pioneira no lançamento de uma série de novidades e trouxe inúmeras inovações tecnológicas em televisão no Brasil aliada a programação variada e excelência no atendimento. Foi a primeira a lançar os recursos que transformaram a TV, trazendo ao país serviços inéditos como transmissões de filmes em widescreen (tela retangular, de 16 por 9), uso de multicâmeras para exibição de competições e espetáculos, Enhanced Television (informações de tela adicionais aos programas e jogos), o primeiro DVR (o SKY+), e o primeiro serviço de vídeo on demand.

Site

RH: quer atrair bons talentos?