Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Sciere?

Ver todas as avaliações

  • Há 5 meses

    Gerência soberba e ausente, funcionários descontentes e mediocres

    Webdesigner JúniorEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Café da manhã às sexta-feiras, local acochegante com jardim e orquídeas, café fresco e pagam em dia. Vale transporte, refeição e convênio médico.

    Contras: A dinâmica da empresa funciona da seguinte forma: leva razão quem falar primeiro, há ali uns três desenvolvedores principais que se acham insubestituíveis, deuses da programação, insatifeitos com a empresa se gabam em voz alta de amarrar o serviço pra fazer horas extras, e se vc for um estagiário ou um cargo júnior prepare-se para a hostilidade, risos de deboches pelas costas e indiretas e queixas do tipo "bando de junior tô fora","esse dai nunca viu php na vida", ¨mais um estagiário estamos ferrados somos nós que carregamos a empresa nas costas¨, "duvido apresentar algo decente", "a empresa não precisa de webdesigner agora vou levar o projeto sozinho nas costas" e caso não simpatizarem com sua cara farão de tudo pra isolar vc do projeto e se mesmo assim vc fizer um bom trabalho farão de tudo pra te sabotar valendo até procurar um site semelhante e instigar a dúvida que foi plagiado pois a gerencia por sua vez não se dará o trabalho de averiguar os fatos e datas, como algo foi plagiado se foi produzido bem antes porque não verificar as datas? vale até cravar o ar-condicionado no mínimo caso o novo integrante demonstre que não goste de frio, é bizarro, quem leva ao abismo são esses mesmos descontentes funcionários. Se um gerente te aloca em outro projeto muito prontamente os "profissionais" vão lá na chefia jogar veneno e induzir a chefia que vc abandonou o projeto e digo novamente levou razão quem falou primeiro não se averigua fatos. Falta de transparência da parte dos gestores, vc apresenta o trabalho alegam que está bem o que vc fez e orienta vc a continuar com outro projeto, porém quando todos estiverem reunidos e demais chefias a história muda, aparece dizendo que não ficou bom que apresentou problemas, expondo ao constrangimento sendo que antes foi questionado se as tarefas estavam de acordo com o que o cliente esperava. Há aqueles que acham que ser gerente é apenas manter a pose de nariz em pé, se vc o interromper e questionar como ele quer que a tarefa seja feita antes mesmo de vc terminar a pergunta ele já esta fazendo caretinhas para o funcionário ao lado debochando. A desordem é tão desmedida que não há um controle de tarefas, basta um chegar lá no chefe e dizer que ciclano esta sozinho e ele então acata mesmo que vc foi orientado a estar em outro determinado projeto e trabalhando arduamente nele. Outro exemplo é o encarregado imediato não saber o porquê do seu desligamento. Também ocorre de impor que trabalhe com uma tecnologia diferente, após vc aceitar, exigirão um prazo, e detalhe o slogan é educação levada a sério, coisa que nem eles mesmo praticam, nem pra disponibilizar um treinamento, apenas obriga que vc trabalhe com tecnologia que vc desconhece num prazo surreal que eles inventam, sem considerar curva de aprendizagem, ausência de suporte. Aliás se são capazes de destratar um funcionário por causa de uma conta salário porque segundo eles é muito trabalho fazer a folha de pagamento dos funcionários que dirá pagar treinamento.

    Conselhos para presidência: Como já foi mencionado em posts anteriores, averiguem os fatos, analisem as más intenções, por conta de funcionários que falam mal de vcs pelas costas, estão perdendo talentos e gente realmente interessada em trabalhar. Melhorem a forma de controlar as tarefas ao invés de se basear pelas radios pião, existe tecnologia pra isso.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Sciere
RH: quer atrair bons talentos?