Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na São Paulo Previdência (SPPREV)?

21 postagens (9 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.00
  • Remuneração e benefícios
    2.88
  • Oportunidade de carreira
    1.75
  • Cultura da empresa
    2.50
  • Qualidade de vida
    3.50

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 17 dias

    Legal

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: No caso de estágio ela é boa para quem quer ter contato com processos judiciais e ir aos fóruns para fazer carga de processos e consultas processuais.

    Contras: Infelizmente muitos procuradores apesar do grande conhecimento jurídico e processual, não sabem lhe dar com os estagiários. Não tem paciência para explicar os procedimentos

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 mês

    Positiva

    Estagiário

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente tranquilo, pessoas dedicadas e dispostas a te ajudar, supervisão sempre atenta, sem muita pressão e ambiente com localidade ótima e estrutura boa.

    Contras: Salário não é atrativo, benefícios poderiam ser melhores e estagiários poderiam ser efetivados mediante solicitação de supervisores em cima do resultado apresentado.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 6 meses

    Bom pra quem está em início de carreira e pretende seguir carreira pública

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2013

    São Paulo, SP


    Prós: A carga horária do estágio é de apenas quatro horas diárias, e mesmo assim, os estagiários recebiam vale refeição, além da ajuda de custo para o transporte.

    Contras: Apesar de oferecer benefícios aos estagiários, o valor da bolsa de estágio um pouco abaixo do mercado. Por ser órgão público, não há chance para efetivação, já que o ingresso é somente por concurso público.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 7 meses

    Um órgão negligenciado pelo Governo Estadual.

    Técnico em Gestão Providenciária

    São Paulo, SP


    Prós: As estruturas são ótimas, boas instalações, bons valores de Vale Alimentação e Vale Refeição, o Plano de Saúde também é muito bom. O ambiente de trabalho é bom.

    Contras: Não existe um plano de carreira, os funcionários não recebem sequer reajuste salarial desde 2013. Frequentemente técnicos são obrigados a realizar tarefas designadas a Analistas.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 7 meses

    Tenha muito fôlego

    Recepcionista

    São Paulo, SP


    Prós: Nível que conhecimento que você pode ter por dia. A estrutura da empresa sempre é muito bem elogiada, os horários de almoço, café da manhã e café da tarde também são essenciais

    Contras: Muita cobrança, e por ser o cargo de nível mais baixo dentro da empresa, você não pode dizer nem olhar pra nada que já fica mal falado, todos acima de você te olham como inferior.

    Conselhos para presidência: Parar de rebaixar quem está em um cargo menor.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 8 meses

    Estagiário TécnicoEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: A autarquia é uma das mais novas unidades administrativas do Governo do Estado de São Paulo,assim, existe grande inovações em procedimentos,protocolos,processos e equipamentos.

    Contras: Devido à salários não tão chamativos é imensa carga de trabalho os servidores prestam concursos e saem. Existem setores superlotados de trabalho e com poucos funcionários e outros o contrário.

  • Há 8 meses

    Bom começo para jovens na carreira pública

    Técnico em Gestão Previdenciária I A

    Campinas, SP


    Prós: Para início na carreira pública, é uma boa experiência. Como é uma entidade relativamente nova, está constantemente em mudanças. Possui bons benefícios como VA e VR que totalizam, a depender do mês, um excelente rendimento. O plano de saúde é excelente.

    Contras: Como regra no executivo estadual de SP, os salários ficam congelados por longos anos, algumas áreas há 3, 4, 5 anos ou mais. E nesta Autarquia não é diferente.

    Conselhos para presidência: A disparidade salarial entre os técnicos e os analistas é gigantesca. Não se vê tamanha diferença no INSS, por exemplo, ou em outras carreiras de nível médio e "superior comum". Com isso, sobram analistas, e faltam técnicos.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 8 meses

    Técnico em Gestão Previdenciária I A

    São Paulo, SP


    Prós: Companheiros de trabalho comprometidos e respeitosos, benefícios acima da média, boa localização, trabalho tranquilo e sem pressão, flexibidade de horário.

    Contras: Salário abaixo dos outros orgãos de previdência, não tem plano de carreira, não tem aumento ou reposição salarial há 3 anos, trabalho monótono, grande número de comissionados que ganham muito mais e não trabalham o suficiente para tal salário, está atrasado o pagamento do nosso bônus previsto por lei com atraso de um ano.

    Conselhos para presidência: Cumprir as leis de pagamento de bônus e reposição salarial com data base

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 9 meses

    Como toda empresa pública, estagnada.

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Postura ética dos funcionários. Bom ambiente de trabalho. Empresa pública com gestão eficiente, evitando gastos excessivos, bons fornecedores, boa infra-estrutura.

    Contras: Funcionários desmotivados e sem progressão de carreira. Gerentes adotam medidas arbitrárias para beneficiar amigos. Para Estagiários não há um plano de aprendizado.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Um lugar de passagem para alcançar algo melhor

    Técnico em Gestão Previdenciária I A

    São Paulo, SP


    Prós: Companheiros de trabalho comprometidos e respeitosos, trabalho tranquilo, sem pressão, benefícios acima da média, flexibilidade de horário e boa localização.

    Contras: Salário abaixo dos outros órgãos de previdência, não tem plano de carreira, não tem data base e reposição salarial anual, trabalho monótono e grande número de comissionados que ganham mais e não trabalham o suficiente para justificar.

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

São Paulo Previdência (SPPREV)
RH: quer atrair bons talentos?