Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Santo de Casa Endomarketing?

4 postagens (0 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

0.00
  • Remuneração e benefícios
    0.00
  • Oportunidade de carreira
    0.00
  • Cultura da empresa
    0.00
  • Qualidade de vida
    0.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 1 ano

    Um lugar para uma passagem e não de crescimento

    Gestor de ContasEx-funcionário, saiu em 2013

    Porto Alegre, RS


    Prós: A empresa tinha uma dinâmica muito boa, as pessoas que faziam parte da empresa eram muito comprometidas e realmente desejavam que a empresa fosse um sucesso. O grupo de colaboradores tinha uma energia ótima.

    Contras: A direção da empresa era um pouco confusa. A diretora principalmente tinha diretrizes contrárias em diversos momentos e alguns comportamentos que não estavam de acordo com os valores que a empresa apresentava. Em alguns momentos com uma batida ditatorial e sem muita opção de desenvolvimento pessoal

    Conselhos para presidência: Precisa rever os valores e o propósito da empresa, para que os colaboradores estejam alinhados juntamente com a diretoria. Ser feito um trabalho de endomarketing dentro de casa.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Tem potencial de ser um bom lugar pra trabalhar

    Funcionário


    Prós: Os colegas de trabalho são acolhedores. É possível fazer amigos lá. É possível se expressar, dar sugestões de melhoria.

    Contras: Precisa ser mais coerente com o endomarketing e ser mais profissional

    Conselhos para presidência: Praticar o que vende ao mercado

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Ex-funcionário, saiu em 2015


    Prós: Clientes com potencial, sede moderna e funcionarios capacitados.

    Contras: Uma empresa com potencial para crescer mas que se perde por não olhar para o seu funcionario o que é um pouco engracado, visto que é uma agência de endomarketing. Não tem ações internas para estimular o funcionário a se enxergar como colaborador. Talvez isso ocorra pelo simples fato do RH ser de responsabilidade da mesma pessoa que gerencia o depto financeiro, afinal são duas funções que pouco combinam, uma é exata e a outra é humana. Tem funcionários enraizados e reclamões que não contribuem para o bom andamento do trabalho. Não curtem ideias novas, dá trabalho mudar, não acreditam na mudança. Reuniões que são marcadas e remarcadas com muita frequencia sem a menor preocupação com a pauta ou vida pessoal do funcionário. O dia inteiro os trabalhos são tocados com pressão, com gritos, humilhações e ameaças. Os sócios brigam entre si o tempo todo, deixando os funcionários sempre em estado de alerta e criando um clima tenso e pesado. Muitas mensagens positivas e de auto ajuda são postadas em um grupo fechado, mas nenhuma delas de fato contribuem para algo concreto, ninguém pratica o que posta e elas acabam servindo para gerar mais desconforto e insatisfação. Dificil se sentir um colaborador, a maioria se sentem mero funcionário, tipo peão de fábrica. A cultura da empresa é sempre dizer sim para os clientes, cliente sempre tem razão, mesmo quando não tem.

    Conselhos para presidência: Respeitar e confiar mais nos funcionários. Praticar internamente o que vende tão bem por ai.

  • Há aproximadamente 3 anos

    Muitas promessas, poucas ações

    Ex-funcionário, saiu em 2012

    Porto Alegre, RS


    Prós: Clientes de grande porte e visibilidade nacional, o que contribui para um portfólio mais rico. Boa diversidade de clientes, o que permite trabalhar em várias áreas. Alguns ótimos colegas de trabalho. Flexibilidade de horário.

    Contras: É impossível contar com a colaboração, estabilidade e pontualidade da chefia - reuniões são marcadas e remarcadas; são solicitadas alterações em trabalhos já aprovados pelo cliente. Falta de valorização dos profissionais, tanto salarial quanto em relação ao trabalho desenvolvido por eles. Cultura "padrão de agência", em que trabalhar até tarde - e sentir-se feliz com isso - é considerado obrigatório.

    Conselhos para presidência: Sugiro imediatamente parar com o microgerenciamento e confiar no trabalho dos profissionais contratados.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Santo de Casa Endomarketing

Descrição:A Santo de Casa é uma agência de endomarketing com a cultura de fazer a comunicação interna rimar com a externa, em organizações de todos os portes e segmentos. Afirma ser a única do mercado que reúne todas as ferramentas para o levantamento de necessidades, planejamento, implementação e manutenção de programas de endomarketing e comunicação. Falam a mesma língua das empresas que atendem, estreitando a relação entre empresa e empregados, popularizando a comunicação com soluções que não são aplicadas apenas da boca pra fora.

Site

RH: quer atrair bons talentos?