Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Rock Content?

141 postagens (64 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

4.17
  • Remuneração e benefícios
    3.19
  • Oportunidade de carreira
    4.08
  • Cultura da empresa
    4.58
  • Qualidade de vida
    4.13

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há 5 meses

    Empresa

    Ex-funcionário, saiu em 2017

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Primeiramente tive oportunidade de contatos com clientes. Isso foi o que ajudou a finalmente poder sair de lá. A galerinha lá é dedicada, e trabalhadora. Conheci muita gente que me ensinou coisas legal. Os funcionários lá são ótimo. Já faz uns meses que trabalhei lá, mas ainda tenho contato com os ex-colegas e gosto bastante deles.

    Contras: A vida na Rock é repetitiva. Sua carreira fica travada lá dentro. Fui até promovido, mas não tive novos desafio. Não existe respeito para os funcionários. Os gerentes, são ausentes e não dão feedback. Feedback de gestor lá, é só em público pra equipe toda. Ou na reunião, ou no email. Parece que tem que ser humilhante, ou não é Rock Content. Não existe um funcionário dar feedback pra gerente. Nem é por retaliação, é por falta de interesse mesmo. Essa coisa é de cima pra baixo. Os sócios não houvem os funcionários e finjem que ta tudo bem. Basicamente é aquela pintura dos macacos "não vejo mal não ouço mal não falo mal". Já vi relatos do CEO tratando gerente que nem capacho. Talvez seja só um ou outro, mas eles me contaram e é a impressão que ficou pra mim. O salário é péssimo, é muito abaixo do mercado. É quase um McDonalds. Eu saí de lá pra ganhar bem mais.

    Conselhos para presidência: Parar de querer liderar botando medo Ouvir os funcionários ou ao menos pedir aos gestores para ouvir

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 4 meses

    Salários injustos

    Redator Freelancer

    Belo Horizonte, MG


    Prós: É uma empresa inovadora e pioneira que mudou a maneira de se pensar Marketing no Brasil, tem uma importância muito grande no cenário nacional.

    Contras: Os salários não correspondem ao tamanho e reputação da empresa, e muito menos, não correspondem a formação e experiência dos profissionais que buscam. É urgente que atentem para isso. Muitas pessoas querem trabalhar lá, e vão acabar se submetendo a salários medíocres a medianos. Enquanto isso, a empresa continua com sua demanda alta, contratando muita gente quase que mensalmente, a salários injustos e ainda se sobressaem com cada vez mais renome no mercado.

    Conselhos para presidência: Valorizar mais os profissionais que tanto contribuem para sua ascensão, inclusive aqueles que não estão ali na empresa de corpo presente, não participam do dia-a-dia da empresa, mas são peças fundamentais, os freelancers, que são muito mal remunerados.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 4 meses

    Boa oportunidade de aprendizado, mas depois caia fora...

    RedatorEx-funcionário, saiu em 2017


    Prós: Boa comunicação com os analistas, pautas bem definidas e material de aprendizado relativamente bom. A Rock Content é uma empresa jovem, que trilha um bom caminho, embora ainda tenham muito a aprender.

    Contras: Paga muito mal. Faz anos que a Rock Content paga os mesmos valores pelos textos produzidos, o que é uma vergonha. Mas acredito que isso seja um problema geral.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 5 meses

    Apesar das aparências, não são essa empresa "cool" preocupada com os redatores e demais freelancers

    Redator Freelancer

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Tem uma demanda boa de trabalho, com várias opções de categorias, trazendo bastante variedade para os freelas. Os analistas costumam auxiliar sempre que necessário por e-mail, além de terem outras formas de suporte

    Contras: - remuneração congelada.. aumenta inflação, o salário mínimo, aumentam as contas, reajusta o aluguel (e até os contratos deles com clientes). Mas a remuneração base dos freelas nunca aumenta - Fazem alterações constantes, várias delas negativas sem prévio aviso (ou avisam no dia anterior apenas) que afetam completamente a rotina, produtividade e planejamento dos freelancer (dando a impressão de que realmente não se importam) - Desequilíbrio contratual, cada vez querem exigir mais sem dar absolutamente nada em contrapartida

    Conselhos para presidência: Começar a buscar formas de serem o que vocês querem pintar por aí quando convidam novos freelas, com tantas propagandas em facebook, e-mail marketing etc.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 8 meses

    Carga de trabalho impossível

    Analista Júnior

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Os benefícios são legais, tem vale-cultura, plano de saúde bom, além de uma biblioteca. A equipe é composta de muita gente bacana, solícita, que gosta de trabalhar e ajudar.

    Contras: As metas são agressivas demais e a carga de trabalho é absurda. A empresa prega uma cultura de inovação por parte dos funcionários que, na pressão do dia a dia e com o tanto de trabalho a ser feito, é praticamente impossível de conseguir colaborar, inovar e contribuir. Casos de esgotamento e estafa são comuns. Além disso, o salário é abaixo do mercado para a maioria dos setores.

    Conselhos para presidência: Mais humanidade ao definir a quantidade de trabalho para os colaboradores. Uma empresa não cresce se mata seus funcionários de estresse e estafa.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 11 meses

    A Rock presa por uma cultura que não existe na prática.

    Inside SalesEx-funcionário, saiu em 2017

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Os maiores pontos positivos de se trabalhar na rock é a flexibilidade de horários e a possibilidade de fazer home office. O aprendizado é enorme, todos os dias é possível aprender cada vez mais sobre marketing digital.

    Contras: A Rock presa por uma cultura que não existe. O clima da empresa parece de uma escola infantil. Rixas entre departamentos são constantes, muitas vezes aportadas pelos gerentes. O CEO com sua pouca/nenhuma bagagem de liderança muito fala e pouco inspira e nada resolve. Me lembro das inúmeras falas: "Se alguém reclamar aqui dentro eu vou mandar embora". A Gerente de RH tira sua responsabilidade de todos os conflitos. O VP de Vendas, possuí o ego maior que a próprio empresa e parece se perder tentando assumir um papel de amigo/chefe. Talvez por isso o departamento de vendas sempre esteve a beira de um colapso com um turnover gigante.

    Conselhos para presidência: Tente aprender com líderes de empresas mais consolidadas e estáveis.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 12 meses

    Ótimo ambiente. Reconhecimento, nem tanto.

    Analista de Produção

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Ambiente, pessoas, aprendizado constante e possibilidade de trabalhar em uma das startups que mais crescem no Brasil. Além disso, confio no serviço oferecido.

    Contras: A remuneração é muito baixa comparada com outras empresas e com o alto volume de trabalho. Além disso, não há um plano de carreira estruturado, dificultando o crescimento dentro da empresa.

    Conselhos para presidência: Reconhecer melhor os talentos, aliar as métricas aos serviços oferecidos (Ex: não se pode avaliar em números um trabalho que é subjetivo) e ouvir mais os funcionários, além de dar retorno mais rápido sobre as propostas e questionamentos.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    Indicaria para um amigo

    Estagiário Superior

    Belo Horizonte, MG


    Prós: A cultura da empresa de incentivo ao funcionário e a infraestrutura que fornecem, além de amplo acesso a livros e cursos que podem ser requeridos pelos funcionários.

    Contras: A cultura está se perdendo e os processos estão ficando cada vez mais verticais, perdendo parte importante do que fazia a diferença de trabalhar lá.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    Legal para começar

    Analista Júnior

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Grande flexibilidade de horários, podemos conversar com os chefes para alterar nossos horarios se tivermos alguma necessidade. Comida de graça na cozinha e colegas de trabalho legais. Bom local para aprender sobre marketing e começar a carreira.

    Contras: Salários baixos para a exigencia de um time de ponta, não tem treinamento na empresa, então somos jogados para aprender na tentativa e erro. Sistema de freelancer da empresa da bem mais dinheiro que a contratação, o que inspira a abandonar o trabalho para freelar. O sistema não é tão horizontal assim, geralmente as decisões são impostas de cima para baixo. Muitos superiores nao entendem a realidade dos funcionarios mais baixos e acumulam carga de serviço que vira bola de neve. Muitos funcionarios pedem licensa por questoes de saude todas as semanas, porque o stress do excesso de trabalho prejudica a saúde. Tentam compensar os baixos salarios com o ambiente descontraido da empresa, mas nao tem como aproveitar o ambiente com a atual carga de trabalho. O pior é a falta de perspectiva na carreira dentro da empresa, que nao tem planos para quase nenhum cargo. È uma empresa para entrar, conseguir experiência e depois sair.

    Conselhos para presidência: Fazer planos de carreira para os funcionarios, mostrar que tem como crescer dentro da empresa, valorizar funcionarios mais que os freelancers, horizontalizar as decisoes de verdade, pensar no bem estar do funcionario, valorizar a empresa e seus processos, aumentar a diversidade da empresa, recalcular os salários de acordo com a ocupação.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 3 meses

    Baixa remuneração e hipocrisia no dia a dia

    Sales

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Cultura de aprender, ambiente jovem, comida todo dia, escola com temas variados toda semana, biblioteca com vários títulos disponíveis, otima localização.

    Contras: A empresa propõe uma cultura que não consegue seguir. Muito trabalho para uma pequena remuneração. A empresa diz respeitar os funcionários mas consegue desapontar em casos de machismo não resolvidos.

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

Rock Content

Descrição:Fundada por três experientes profissionais do mercado de Marketing Digital,
Diego Gomes, Edmar Ferreira e Vitor Peçanha, a empresa nasceu inspirada pelos
movimentos dos mercados mais maduros do mundo, que já sabiam que conteúdo de
qualidade era primordial para a conquista do sucesso gastando menos na internet.

Desde o primeiro dia de existência, a Rock Content é uma empresa cliente dela mesma.
E percebemos rapidamente que o marketing de conteúdo é uma estratégia fantástica para
alavancar os resultados de qualquer negócio.

Site

RH: quer atrair bons talentos?