Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Rocha, Marinho e Sales Advogados?

10 postagens (4 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

2.50
  • Remuneração e benefícios
    2.00
  • Oportunidade de carreira
    1.67
  • Cultura da empresa
    1.67
  • Qualidade de vida
    1.33

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 2 meses

    Bom escritório de advocacia

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2016

    João Pessoa, PB


    Prós: Grande aprendizado em diversas equipes do escritório. Muitas demandas que desenvolvem o conhecimento do estudante de Direito para enfrentar a vida profissional.

    Contras: Muitas demandas que acabam sendo exorbitantes para um mero estagiário. Estes atuam verdadeiramente como um auxiliar administrativo, apesar de ser necessário um conhecimento jurídico.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 1 ano

    Empresa formadora de bons advogados que não contrata os melhores

    Estagiário SuperiorEx-funcionário, saiu em 2014

    Recife, PE


    Prós: Organizada, coordenadores inteligentes e presentes, bem atuante no mercado, bem localizada, ótima de trabalhar, excelente bom trato com seu pessoal, é gerida por competente Gênio do Direito.

    Contras: Não contrata os melhores, treina-os e depois descarta, seu pessoal é bem valorizado no mercado, é conhecida como empresa formadora de bons advogados.

    Conselhos para presidência: Os estagiários não estão valorizados como deveriam, pérolas estão sendo lançadas foras, e bons advogados estão sendo perdidos, a concorrência agradece :D

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    Ótimo escritório, recomendo a todos a estagiar no RMS

    Estagiário

    Recife, PE


    Prós: Aprende de tudo um pouco, tem o grande diferencial de conhecimento, trabalhar com alguns dos melhores advogados da região, todos sempre atenciosos a ensinar e por contar de ser um dos maiores escritórios de advocacia do Brasil.

    Contras: Apenas a bolsa de estagiário que é pequena em relação a demais escritórios de menor tamanho.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 anos

    Rotina

    Auxiliar Administrativo

    João Pessoa, PB


    Prós: A convivência com as pessoas faz o dia dia no trabalho ser mais legal.

    Contras: A Localização, pois conforme vai ficando tarde fica um pouco perigoso.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    Deveriam investir mais nos funcionários

    Auxiliar Administrativo

    João Pessoa, PB


    Prós: Ambiente tranquilo e agradável limpo e organizado

    Contras: Sem plano de carreiras para Não - bacharéis em direito.

    Conselhos para presidência: Melhor comunicação, informações corretas e transparência do RH com os funcionários.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Grande escritório de advocacia que só pensa no lucro e não valoriza seus profissionais

    AdvogadoEx-funcionário, saiu em 2017

    Fortaleza, CE


    Prós: Escritório de advocacia de grande porte. Peso no currículo por todos saberem que quem aguenta trabalhar no Rocha, Marinho e Sales aguenta trabalhar em qualquer lugar. Salário acima da média para advogado júnior. Relativa flexibilidade de horários. Bom sistema de controle de prazos. Imersão total e rápida no cotidiano de um advogado. Para quem gosta de desafios, o escritório vai te desafiar ao máximo com o cumprimento de metas.

    Contras: O escritório, ao contratar o advogado, diz que ele não possui horário fixo, que ele faz o próprio horário, que pode inclusive trabalhar de casa, que cada advogado tem sua meta diária e que, ao terminar seus afazeres, pode ir embora. Só que, a depender da equipe, isso simplesmente não corresponde à realidade. Se você terminou o serviço de hoje, porque não adianta o do dia seguinte?! Carga de trabalho muito alta e carga horária pode ultrapassar as 10 horas diárias facilmente no começo. A minha média era, por baixo, 20 contestações por dia para mim e outras 20 para a estagiária. Claro que há modelos para auxiliar, mas também há outras tarefas, como alimentar o sistema de controle de prazos, checar e-mail corporativo com frequência, etc. Tudo isso toma tempo. Escritório tem fama de "escravizar" os advogados. Pressão muito alta pelo atingimento de metas internas, mesmo havendo prazo processual. Difícil período de adaptação pela alta demanda logo no início e pela inexistência de um treinamento padronizado. Algum advogado da equipe vai se encarregar de te ensinar as coisas e você vai demorar, sendo muito otimista, pelo menos 2 semanas até aprender tudo o que tem que fazer e, até você sair do escritório, é capaz de você descobrir uma coisa nova a cada dia. Escritório não assina a carteira do advogado, faz pagamento por meio de RPA (recibo de pagamento autônomo) para tentar descaracterizar vínculo empregatício. Para isso, eles te obrigam a se inscrever como autônomo na SEFIN, o que tem um custo a partir do segundo ano. Se você não se inscrever, o escritório desconta do seu salário um valor por mês. Inexistência de plano de carreira. Você pode trabalhar no escritório há um mês ou 3 anos, o salário é o mesmo. Discriminação entre remuneração dos advogados que trabalham na matriz e no anexo. A vida na matriz é completamente diferente. É realmente comparável às figuras da casa grande e senzala. Falta de reconhecimento profissional. Você está recebendo o seu salário e tem que dar graças a Deus, porque parabéns pelo trabalho bem feito é coisa de outro mundo. RH sem ética profissional. Completamente parcial. Nem pense em externar alguma reclamação contra seu chefe para o RH porque assim que você pisar fora da sala vão avisá-lo por telefone. Quer trocar de equipe? Sonde com seus amigos antes de falar com o RH se o seu ponto focal é flexível, porque só vão te trocar se ele aceitar e você pode acabar perdendo o emprego. Os pontos focais, como são chamados os gestores de cada equipe (cada cliente tem uma equipe para lidar com seus processos), não tem aptidão gerencial. São simplesmente advogados, como você, só que com mais experiência na área. Alguns pontos focais não sabem lidar com as equipes sem parecer carrascos, falta sensibilidade, tato, se pôr no lugar dos demais. Por esses motivos, a rotatividade do escritório é altíssima. Tem quem não aguente passar 2 semanas.

    Conselhos para presidência: Investir no treinamento gerencial dos pontos focais. Contratar advogados externos com perfil de gestor é preferível do que dar preferência à escolha de um advogado que já é do quadro do escritório, mas que não tem experiência em gestão. Investir no treinamento de relações interpessoais dos pontos focais. O RH não serve apenas para fazer seleção. RH precisa ser mais receptivo aos advogados no sentido de sugestões e críticas. Criar um plano de carreira padronizado e com parâmetros objetivos. Assinar a carteira de trabalho dos advogados. Estabelecer limites exequíveis de prazos diários para cada advogado, sobretudo no início de suas atividades no escritório. Coletar feedback dos advogados ao menos uma vez por semestre para verificar o que acham da gestão do ponto focal, da carga de trabalho, do ambiente de trabalho.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 9 meses

    Ex-funcionário, saiu em 2016


    Prós: Pagamento em dia, benefícios razoáveis e horário compatível. Não se torna ruim comparado as outras empresas do ramo, mas precisa melhorar em vários setores.

    Contras: Gestão de pessoas falha, investir mais nesse setor. Reconhecer o valor do funcionário, mostrar as informações da empresa de forma clara, como trabalhar melhor em equipe.

    Conselhos para presidência: Reconhecimento dos funcionários.

  • Há 11 meses

    Boa experiência temporária

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2009

    João Pessoa, PB


    Prós: Ambiente estimula uma relação saudável com os colegas de trabalho, o clima é harmônico de cooperação e não de competição. Os advogados ajudam no que podem quem está começando.

    Contras: A empresa não valoriza os funcionários, pois infelizmente a rotatividade é muito alta. Pagam abaixo da média do estado aos advogados e estagiários.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Bom para aprender, mas o mérito é apenas do profissional, não do escritório.

    AdvogadoEx-funcionário, saiu em 2016

    João Pessoa, PB


    Prós: A convivência com os colegas de trabalho é muito boa. Para quem não sabe nada em questão processual e estiver disposto a aprender, certamente é uma boa forma de começar.

    Contras: Falta de reconhecimento; Estagnação do profissional; Falta de gerência; Rispidez por parte dos gestores para com os profissionais; Falta de diálogo; Não tem plano de carreiras.

    Conselhos para presidência: Os gestores/sócios do escritório deveriam realizar um curso de administração. A rotatividade é alta uma vez que o escritório não consegue manter os bons profissionais. Os líderes das equipes também deveriam realizar cursos para abrir o leque além da advocacia.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Simples e direta

    Ex-funcionário, saiu em 2015


    Prós: Pagamento em dia nunca gerando atrasos

    Contras: Falta de estímulo ao funcionário e nenhum benefício extra.

    Conselhos para presidência: Ouvir mais os funcionários e tratar com maior atenção.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Rocha, Marinho e Sales Advogados
RH: quer atrair bons talentos?