Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Rio 2016?

105 postagens (30 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

4.13
  • Remuneração e benefícios
    3.83
  • Oportunidade de carreira
    3.76
  • Cultura da empresa
    4.07
  • Qualidade de vida
    3.69

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 1 ano

    Olimpiadas de pesadelo - tipo de emprego que nao vale a pena

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2015

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: A empresa possui muito boas instalações, demonstra um grande respeito aos deficientes fisicos, boa localização bem perto do metro do estacio.

    Contras: bagunça generalizada, gestões incompetentes (tanto estrangeiros como brasileiros), profissionais inexperientes, salarios baixissimos para quem entrou a partir de 2015. Baixissimo grau de reconhecimento profissional, panelinhas de conhecidos cheios de beneficios. Ambiente negativo e propenso a fofocas de todo tipo.

    Conselhos para presidência: Foco na cometencia e nao nas amizades e conchavos.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    A pior experiencia profissional da minha vida

    Analista de LogísticaEx-funcionário, saiu em 2015

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Boas instalacoes - modernas, amplas e confortaveis. Proximidade com o metro Estacio. Boa acessibilidade para cadeirantes e outros portadores de deficiencias fisicas (apenas neste ponto um exemplo a ser seguido no Brasil)

    Contras: Pessima gestao em todos os niveis - tanto gerentes Brasileiros quanto estrangeiros (talvez estes ainda mais) sao claramente despreparados para as funcoes que desempenham. Bagunca generalizada, funcionarios desmotivados, indicacoes com base em panelinhas e privilegios e ZERO competencia professional. Altissima rotatividade em todos so setores - apesar da crise economica - porque a vibe do comite e pesada e negativa (justamente pelo criterio com que escolhem o tipo de pessoas que la trabalham, se nao todos a imensa maioria). Os profissionais comprometidos e competentes sao os que saem primeiro porque e impossivel conseguir conviver e trabalhar bem num ambiente tao negativo en todos os niveis possiveis de avaliacao (competencia professional, convivencia social, gestao, meritocracia). Nas entrevistas eles descrevem o trabalho de maneira totalmente incompativel com a realidade encontrada ali dentro. A experiencia em si nao contribui em nada para o crescimento professional nem pessoal, apenas gera stress, inumeros aborrecimentos e inimizades. Nao recomendaria trabalhar naquele comite nem para o meu pior inimigo, que dira meus amigos. Sinceramente se o sucessos destes jogos se basear unica e exclusivamente no que vi ali naquele comite eu acho que sera um fiasco - infelizmente... Mas torco para que as empresas parceiras consigam dar uma contribui;áo com sua experiencia em jogos.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    Pesadelo olimpico - nao vale a pena nem tentar

    Analista de TecnologiaEx-funcionário, saiu em 2015

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Varios cadeirantes e outros deficientes físicos encontram trabalho digno - talvez pelas paralimpiadas - coisa rara no Brasil. Este é o maior ponto positivo que observei lá. De resto as instalações são boas e adaptadas para receber os profissionais com necessidades especiais. A grande sacada deles foi deixar a maior parte da tecnologia nas mãos da OMEGA, EMBRATEL, CISCO e ATOS - que são empresas com expertise em organização de jogos e eventos esportivos - porque se dependesse dos profissionais de tecnologia do próprio comitê a olimpiada estaria perdida !

    Contras: Gerências péssimas - sobretudo os estrangeiros (que, ao contrário da maioria dos brasileiros, recebem um salario absurdo mas não correspondem como deveriam) Panelinhas profissionais baseadas em indicações de pessoas inexperientes e incompetentes (a impressão é que ali ocorre uma reunião dos piores profissionais possíveis - tanto em termos pessoais como profissionais - sobretudo na área de tecnologia). Salários super baixos para quem entrou a partir do final de 2014. Ambiente pessoal e profissional negativo. Rotatividade altíssima: inúmeros profissionais saem mesmo sem ter outro emprego em vista, tamanho o nível de descontentamento pessoal e profissional.

    Conselhos para presidência: Não deveriam ter colocado profissionais de tecnologia no comitê e sim terceirizado tudo através de empresas parceiras, com prioridade para profissionais SENIOR (com mais de 10 anos de experiência de mercado) e salários decentes.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    Sonho que se transforma em pesadelo rapidamente

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2015

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: A presença de profissionais cadeirantes em diversas funções é a melhor coisa que vi no comitê. Um exemplo que deveria ser realidade em todas as empresas. O Comitê é bem localizado. As instalações são muito boas.

    Contras: Gerências pouco capacitadas: não apenas gerentes brasileiros mas também vários gerentes estrangeiros que conseguiram o cargo por indicação e não por mérito profissional. A experiência depende diretamente do tipo de ambiente em que o profissional é inserido: muitos ambientes ali dentro são MUITO ruins tanto em termos profissionais quanto pessoais. Consequentemente a rotatividade é ENORME: profissionais entram e saem o tempo todo porque muitos não se sentem motivados a continuar trabalhando com baixos salários, pouco reconhecimento e lideranças incompetentes. As melhores pessoas saem assim que arrumam algo (mesmo com salário baixo mas permanente e com um ambiente melhor, profissional e pessoal) e quem pode sai mesmo sem ter coisa alguma. Pegam um monte de referências profissionais durante o processo seletivo para no final selecionar gente sem condição alguma de conviver em harmonia com os demais (tanto como pessoas quanto como profissionais). Mais vale batalhar por um emprego permanente do que perder tempo ali dentro porque em setembro quando todos estiverem desempregados será MUITO MAIS difícil arrumar um trabalho pois todos competirão pelas mesmas vagas.

    Conselhos para presidência: Ao invés de transformar o comitê numa panelinha de conhecidos e amigos, deveriam priorizar pessoas que sabem lidar com pessoas, profissionais EXPERIENTES e com competência profissional de fato.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 2 anos

    Funcionário


    Prós: Muitos contatos, e aprendizado

    Contras: Valorização das carreiras não tecnicas deixa a desejar

  • Há aproximadamente 2 anos

    Vendem sonho, mas a realidade é completamente diferente

    Analista SêniorEx-funcionário, saiu em 2015

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Sonho de participar da organização do maior evento esportivo do planeta

    Contras: Falta de meritocracia; Falta de competência de muitas pessoas em cargos mais altos; O projeto olímpico é fraco.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Ruim, fugir logo!

    GerenteEx-funcionário, saiu em 2014

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Plano de saúde, Vale refeição, escritórios modernos. ambiante internacional

    Contras: Bagunça na gerencia, muitos atrasos e grande falta de professionalismo. Nepotismo em todos os cantos

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Pode melhorar

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2015

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Bom salário, boa oportunidade de networking.

    Contras: A sua experiência depende diretamente da competência da sua gerência. No meu caso, essa experiência foi péssima. Faltam ferramentas de RH para se lidar com maus gestores.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 ano

    Experiência cansativa e sem retorno profissional.

    Supervisor de Ingressos

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Brindes oferecidos e ambiente de trabalho descontraído. Oportunidade de participar dos eventos feitos pela organização e liberdade para controlar as próprias metas.

    Contras: Carga horária de trabalho excessiva ultrapassando o limite de horas diárias permitido pela CLT e sem nenhuma remuneração pela horas extras. Cobrança com relação a escala de trabalho acima do limite estipulado por lei.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 1 ano

    Poderia estar mais satisfeito .....

    Analista

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Flexibilidade, benefícios (VT é descontado apenas 1% do salário), localização (em frente ao metrô da Estácio), ambiente com diversas culturas, inclusão social em todos os aspectos (religião, cor, pne, etc).

    Contras: Não existe procedimentos, planejamento, política de desenvolvimento profissional, treinamentos. Referente ao meu cargo, tudo o que foi passado na reunião não se aplica, ou seja, uma verdadeira enganação!

    Conselhos para presidência: Embora seja um projeto temporário, os funcionários necessitam de treinamentos e motivação profissional. Não existe qualquer oportunidade para um plano de carreira. Conheço pessoas que estão há anos nos Jogos e até o momento não receberam nenhum tipo de promoção. E em contra-partida, existem funcionários que não completaram nem o período de experiência e já ganham salários absurdos, que não competem com seu background (formação, idiomas, etc). Por coincidência ou não, a grande maioria que se encaixa no 2º perfil, são todos "peixes" e não possuem nenhum tipo de capacidade profissional ; sua única capacidade é de conhecer pessoas "chaves".

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Rio 2016

Descrição:Olimpíadas Rio 2016 (5-21 ago) e Paraolimpíadas (7-18 set) no Brasil.

Site

RH: quer atrair bons talentos?