Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Richemont do Brasil?

4 postagens (2 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

2.00
  • Remuneração e benefícios
    3.00
  • Oportunidade de carreira
    1.50
  • Cultura da empresa
    1.50
  • Qualidade de vida
    2.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 3 meses

    Descontentamento, baixa qualificação da liderança, processos obscuros.

    Funcionário

    São Paulo, SP


    Prós: Não existe nada para informar referente aos pontos positivos, total decepção. Tudo o que a matriz repassa não é desenvolvido no Brasil. Omitem os verdadeiros fatos, manipulam as informações para a matriz não descobrir o quanto são ineficientes na operação.

    Contras: A gestão/liderança melhor dizendo "os chefes" não possuem nenhum preparo, são centralizadores, dificuldade no relacionamento com os funcionários, não compartilham as informações do grupo é mais fácil saber pelas mídias, desrespeitam a inteligencia dos funcionários. O RH não tem estabilidade, atitude, parceria, o tempo todo muda os funcionários da área e não são imparciais. Atitude totalmente armadora.

    Conselhos para presidência: Incluam os funcionários no posicionamento da empresa, claro nas informações que possam ser repassadas, sejam mais claros no resultado da avaliação desempenho.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 11 meses

    Empresa com excelente potencial, mas lideranças pouco inspiradoras.

    Consultor de VendasEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: Os Consultores de Venda das empresas do grupo Richemont são excepcionais, os salários pagos são bons, os benefícios excelentes. Eles costumam mandar os consultores receberem treinamentos nas sedes das empresas.

    Contras: Os gestores das boutiques não são inspiradores: costumam dar muitas ordens, mas não são participativos. Eles não pensam no bem estar da equipe. Geralmente têm pouca disponibilidade para cobrir os horários. O RH é lento nas tomadas de decisões, parecem omissos em algumas situações. A estrutura é muito engessada: as chances de crescimento são mínimas e existe um jogo político muito forte para conseguir mudanças.

    Conselhos para presidência: Melhoria na equipe gerencial e mudanças nas regras de mobilidade e na estruturação da carreira do colaborador.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    satisfatório

    Assistente Administrativo

    São Paulo, SP


    Prós: Benefícios , recursos para trabalhar

    Contras: salário, carga horária , falta de auxílio para estudos

    Conselhos para presidência: rever a política de plano de carreira

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    Ruim

    Funcionário

    São Paulo, SP


    Prós: Salários e remuneração

    Contras: Benefícios/Chefes/Falta de Reconhecimento

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Richemont do Brasil
RH: quer atrair bons talentos?