Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Renner?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 2 anos

    Uma empresa que quer ser grande, precisa também tratar seus funcionários de maneira tão grande quanto!

    Vendedor


    Prós: A empresa oferece oportunidades de crescimento tanto horizontalmente ( salário) como verticalmente ( crescimento dentro da empresa) ,além da participação dos funcionários no lucro da loja, dentro, ou fora a nível nacional. Liberdade ao trabalhar e tomar atitudes que visem o melhoramento da loja!

    Contras: A loja precisa capacitar os seus funcionários para ter mais conhecido de moda,e capacitar seus (RVMs) com o intuito se saber transmitir isso para todos os colaboradores,pois geralmente ficam perdidos sem saber o que fazer, esperando a boa vontade de cada uma delas. É necessário não só mexer em algum setor para implantar informas, mas também gabaritar os seus funcionários para fazer tal serviço, tendo conhecimento do que é tendência, para melhor atender os clientes, com treinamentos constantes, não adianta cobrar arrumação de determinado setor se que o conhecimento não é passado para todos. Outro ponto importante é a remuneração, geralmente o colaborador recebe por 1 função, sendo que dentro da loja pela falta de colaboradores é "obrigado" a exercer várias como: caixa, crediário, arrumar estoque, fazer cartão, vender. Por ser uma loja típica em shoppings, o rodízio de colaboradores geralmente é alto, o que deixa as coisas muito mais difíceis, pois as pessoas ficam sobrecarregadas assumindo vários setores,já que não contratam mais funcionários. Outro ponto é o alinhamento de discurso, o que se nota é uma verdadeira confusão, as vezes o que o supervisor fala é desmentido pelo gerente e vice versa, é necessário ter uma homogeneidade em relação a isso. A cobrança pelo famoso CCR ou cartão, é extremamente ruim, tudo gira em torno dele, o talento para arrumar uma vitrine, ou arrumar um manequim quase sempre é desvalorizado. É importante dar oportunidade a todos que querem se desenvolver, dar oportunidade a todos deve ser o ponto principal da empresa, na verdade isso não acontece. Tudo funciona muito em relação ao que a equipe gerencial acha, e a partir daí começam a desenvolver os escolhidos, e acabam esquecendo de outros pessoas que poderiam se destacar também, essa democratização da evolução se daria na criação de comissões dentro da loja, para visualizar e analisar todos de maneira igual. E por fim a rotina da loja é muito pesada, e de certa forma um teste de resistência, muito em virtude também do famoso encantômetro, que faz os colaboradores saírem de seus afazeres que não são poucos para incentivar as pessoas a dar sua opinião sobre a loja durante meia hora.

    Conselhos para presidência: O RH precisa fazer mais visitas nas lojas, dar mais suporte aos colaboradores, é de extrema importância ouvi-los. O que se nota é um RH com uma atenção mais direcionada aos gestores, que acabam "disfarçando" uma realidade. Fiquem mais atentos a isso!

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

Renner

Descrição:A Lojas Renner é uma corporação brasileira com 100% das ações negociadas em bolsa, listada no Novo Mercado. A empresa está presente em todas as regiões do país por meio de suas 190 lojas. Para 2013, a Companhia prepara a abertura de 25 novas unidades Renner, buscando chegar a 408 lojas em 2021. Também prevê a abertura de seis a 10 novas lojas Camicado, além de 10 lojas especializadas em moda jovem.

Site

RH: quer atrair bons talentos?