Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Raízen?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 2 anos

    Sem pespectiva de um futuro melhor.

    Líder em Operações Agrícolas

    Jataí, GO


    Prós: A empresa sempre pagou os salários em dia.

    Contras: Devido as demissões em massa que esta acontecendo em todas as unidades, uma grande desvalorização dos salários e isso de modo geral transmitiu insegurança quando se planeja um futuro melhor.

    Conselhos para presidência: A unidade em que trabalho hoje mantém um sistema de apadrinhamento onde quem não tem, passou a viver em um ambiente inseguro e sem garantias de fazer planos para si e sua família e a única forma da diretoria ter uma visão real de tudo que realmente se passa em suas unidades, será realizando uma auditoria de forma surpresa pois essas que são realizadas com datas marcadas jamais vão ver o que se esconde por traz da maquiagem realizada 30 dias antes, sem contar a grande perda de profissionais de alta capacidade e produtividade que vem acontecendo.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Raízen

Descrição:A Raízen se destaca como uma das mais competitivas empresas de energia do mundo. Brasileira, aposta na inovação, na tecnologia e no talento de seus cerca de 40 mil funcionários para gerar soluções sustentáveis que contribuem para o desenvolvimento econômico do país de forma ética, com respeito às pessoas e ao meio ambiente. Criada a partir da junção de negócios de Shell e Cosan, a Raízen é hoje a quinta maior empresa em faturamento e a principal fabricante de etanol de cana-de-açúcar do Brasil, com a produção de cerca de 2 bilhões de etanol (da cana-de-açúcar) por ano. A atuação inclui ainda a produção de 4 milhões de toneladas de açúcar e a comercialização de 1,8 milhão de MWh de energia elétrica anualmente. No segmento de distribuição de combustíveis, a Raízen possui ampla penetração no território nacional com mais de 4.700 postos Shell, presença em 54 aeroportos e operações em 58 terminais.

Site

RH: quer atrair bons talentos?