• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas
Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN)?

67 postagens (29 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.83
  • Remuneração e benefícios
    2.90
  • Oportunidade de carreira
    2.41
  • Cultura da empresa
    3.45
  • Qualidade de vida
    3.86

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há 8 dias

    Bom ambiente, apesar da desvalorização salarial.

    Estagiário MédioEx-funcionário, saiu em 2017

    Boa Vista, RR


    Prós: Ambiente estável e acolhedor, que proporciona o desenvolvimento do jovem aprendiz e cultua o bem estar dos funcionários e colaboradores do órgão.

    Contras: A desvalorização salarial por parte do poder executivo para com os funcionários do órgão é um problema que desmotiva o colaborador a proporcionar o seu melhor rendimento.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 9 dias

    Bom lugar

    Estagiário

    Porto Alegre, RS


    Prós: Ambiente de trabalho muito agradável, procuradores sempre dispostos a ajudar os estagiários. Festas comemorativas em datas especiais e estacionamengo

    Contras: Demora no aumento da bolsa, computadores com sistema operacional XP totalmente defasados, falta água e ambiente tem muitas baratas, não tem VR

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 20 dias

    Ótimo local para inicio de carreira

    Estagiário

    São Paulo, SP


    Prós: Para o cargo de estagiário é um ótimo lugar para se começar. Aprende-se muito, o horário é flexível, e não atrapalha as atividades acadêmicas.

    Contras: Algumas coisas são um pouco desorganizadas, existe muita mudança na área administrativa que não necessariamente facilitam ou melhoram as atividades necessárias.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 23 dias

    Pgfn

    Estágio Jurídico

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Empresa possui procuradores atenciosos e dispostos a ensinar, assim como horário flexível de trabalho, e sem explorar o estagiário. Além de bom local de trabalho.

    Contras: O salário é extremamente baixo, no valor de quinhentos e cinquenta reais, além do benefício de transportes, fazendo chegar a seiscentos e cinquenta reais.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 26 dias

    Estágio de Direito

    Estagiário JurídicoEx-funcionário, saiu em 2018

    São Bernardo do Campo, SP


    Prós: Procuradores que gostam de ensinar os estagiários, ambiente de trabalho tranquilo. Uma boa oportunidade para aprender a respeito da execução fiscal.

    Contras: O ambiente é pequeno e não tem espaço para todos os estagiários, falta cadeiras e materiais. O salário é péssimo, menor salário de todos os órgãos públicos. Falta organização.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 30 dias

    Bom para começar, mas não espere muito.

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2018

    São Paulo, SP


    Prós: Ótimo lugar para um primeiro estágio em Direito. Pode-se aprender muito em contencioso, mas também é preciso ter força de vontade e interesse. Alguns procuradores podem ensinar muita coisa, mesmo. Basta procurá-los para tirar dúvidas ou pedir mais serviço. Estágio tranquilo e flexível por não ter a mesma exigência que os grandes escritórios de advocacia.

    Contras: Grande parte dos estagiários faz pouco ou quase nada o dia inteiro. A maioria é desinteressada e cumpre com o mínimo que os procuradores exigem. Não há um bom programa de estágio com palestrar e acompanhamento. Mais que um ano lá não vale a pena. Além disso, a bolsa-auxílio é muito mais baixa que a média do mercado.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    bom para curto tempo

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2014

    Londrina, PR


    Prós: boa estrutura física, equipamentos, apesar da capacidade limitada de aprendizado é possível o aprendizado caso caia com algum orientador bom.

    Contras: estagiários fazem todo o processo sem ter qualquer tipo de escolha,e muitas vezes orientação(somente a dos colegas), somente batem o modelo preexistente gerando pouquíssimo aprendizado

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 mês

    Liberdade de trabalho, mas com remuneração mais do que simbólica.

    Estagiário

    São Paulo, SP


    Prós: Trabalho relativamente fácil, pessoas receptivas e oportunidade para fazer várias amizades. Além da liberdade de trabalho com horários flexíveis. Uma boa oportunidade para aprendizado, mas por um pequeno período de tempo.

    Contras: Salário EXTREMAMENTE baixo. Muita desorganização por conta dos inúmeros processos que tramitam lá por dia, além dos procuradores que tiram férias quando bem entendem, causando transtorno e tumulto para todos procuradores que continuam trabalhando normalmente.

    Conselhos para presidência: Remunerar seus estagiários com uma bolsa auxilio de acordo com o mercado, além de proporcionar um ambiente saudável de trabalho.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 2 meses

    Razoável

    Auxiliar Administrativo

    Recife, PE


    Prós: Oportunidades de trabalhar com procuradores, juntamente à servidores públicos. como primeiro emprego, tive chances de aprender como funciona uma empresa exigente à nível federal.

    Contras: Como lidamos com processos judiciais, são muitos serviços prestados no horário de trabalho, mas a remuneração não era tão gratificante relacionado ao trabalho/estágio

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 3 meses

    Aprendizado excelente

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente de trabalho, contato com colgeas, ajuda dos procuradores, contato entre as áreas e elaboração de peças de 1 e 2 grau com ênfase na matéria do direito tributário

    Contras: Baixa remuneração já que diante de uma carga horária de 6 horas os estagiários poderiam receber mais e também a falta de estrutura, com computadores antigos

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN)