Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na PwC?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 1 ano

    Crescimento profissional

    Consultor SêniorEx-funcionário, saiu em 2017

    Campinas, SP


    Prós: Crescimento rápido, muito treinamento e estabilidade de carreira. É uma empresa muito estruturada e que esta sempre preocupda em escutar os seus funcionarios, tentando aplicar melhorias constantes para a busca da qualidade de vida, como é o caso da politica de flexibilidade.

    Contras: Muita pressão e muito trabalho pra poucos funcionarios, ja que o turn over é alto! Além disso, infelizmente algumas pessoas desmotivadas, principalmente gerentes, acabam desmotivando as equipes, principalmente em processos de avaliações inconsistentes. Mas entendo que isso é problema de "gerenciamento" e nao da empresa em si, que preza por uma politica de avaliaçao muito séria.

    Conselhos para presidência: Busca constante de melhorias e observar quais são os lideres que nao estao respeitando os valores e fundamentos tao importantes que a PwC luta tanto pra conseguir. Atenção aos processos de avaliações furados feitos por profissionais desmotivados e despreparados.

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

PwC

Descrição:Na PwC, o nosso propósito é construir confiança na sociedade e resolver problemas importantes. Somos um Network de firmas presente em 158 territórios, com mais de 236.000 profissionais dedicados à prestação de serviços de qualidade em auditoria e asseguração, consultoria tributária e societária, consultoria de negócios e assessoria em transações.

Presente no país desde 1915, a PwC Brasil possui cerca de 4.200 profissionais distribuídos em 17 escritórios em todas as regiões brasileiras.

O aspecto mais estratégico dessa estrutura pulverizada é garantir que, além da capacitação e especialização inerentes a todos os profissionais da PwC Brasil, os colaboradores regionais tenham amplo conhecimento das culturas e das vocações econômicas próprias de cada região.

Site

RH: quer atrair bons talentos?