Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Pfizer?

Ver todas as avaliações

  • Há aproximadamente 3 anos

    Faça o que eu digo mas não faça o que eu faço...

    AnalistaEx-funcionário, saiu em 2010

    Guarulhos, SP


    Prós: Os benefícios são ótimos: convênio médico e odontológico de primeira linha, creche, convênio com farmácia, subsídio para cursos de graduação, pós-graduação e idiomas, quickmassage e reflexologia, ambulatório médico e refeitório no local, fretado para regiões estratégicas de Guarulhos e São Paulo, grêmio recreativo com academia, churrasqueiras, lanchonete, quadra poliesportiva e parque aquático.

    Contras: Faixa salarial abaixo do mercado, a maior parte dos chefes não tem qualidades de líderes ou gestores e deixam os aspectos pessoais acima dos profissionais, o que interfere muito nas avaliações de desempenho. Falta discernimento para definir o que realmente é prioridade e as tarefas são designadas de maneira catastrófica, sempre "apagando incêndios" e minando a qualidade de vida dos funcionários (tem hora para entrar mas nunca para sair). As políticas de direção são extremamente diferentes entre as fábricas e os escritórios administrativos (como empresas diferentes). A falta de organização no RH faz com que o funcionário tenha que controlar 100% do seu horário para poder conferir com o recebimento do espelho do cartão de ponto, e sempre há divergência a ser corrigida. Alguns chefes ainda trabalham com a política "a porta da rua é serventia da casa", totalmente na contra mão do que é ser gestor/líder nos dias atuais. Muita burocracia em todos os processos (até para comprar uma simples caneta esferográfica).

    Conselhos para presidência: Prestar mais atenção em como os chefes da "velha guarda" estão agindo, pois nem sempre o que se fala é o que se faz no dia a dia. A política de "portas abertas" pregada há tanto tempo nunca foi realidade. No fundo os funcionários tem medo de expressar o que acontece de verdade mesmo nas pesquisas internas com receio de que o sigilo seja quebrado e eles percam o emprego por isso. Muito se mudou nos funcionários de base na tentativa de melhorar as coisas, porém continua-se "patinando"... não seria hora de rever os chefes ao invés dos "peões"?

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Pfizer

Descrição:A Pfizer é uma empresa farmacêutica fundada nos Estados Unidos em 1849. A companhia está presente no Brasil desde 1952 e atualmente possui aproximadamente três mil funcionários em seu quadro. Tem sede em São Paulo, além de fábricas em Itapevi e Guarulhos, as duas na região metropolitana de São Paulo. Oferece mais de 150 opções terapêuticas para diversas doenças para diferentes idades e regiões do corpo humano. Está presente em mais de 150 países no mundo, sendo uma das principais empresas do segmento.

Site

RH: quer atrair bons talentos?