Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (PCERJ)

2.78

Como é trabalhar na Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (PCERJ)?

17 postagens (9 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

2.78
  • Remuneração e benefícios
    2.25
  • Oportunidade de carreira
    1.88
  • Cultura da empresa
    2.50
  • Qualidade de vida
    2.50

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há aproximadamente 2 meses

    Carreira dinâmica, interessante, mas pouco valorizada

    Oficial de Cartório

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Flexibilidade, dinamismo,

    Contras: Carreira pouco valorizada, pouca possibilidade de crescimento profissional, falta de estímulos para aperfeiçoamento do profissional, baixo salário

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 meses

    Se o salário fosse melhor valeria a pena

    Inspetor de Polícia

    Paraíba do Sul, RJ


    Prós: Ter uma arma, colete e um distintivo, só por isso já é uma profissão melhor que a maioria. Tenho a chance de desvendar crimes e colocar criminosos na cadeia.

    Contras: A maioria é deslocada para serviços que não são propriamente investigativos. Vão trabalhar no balcão, fazem serviços de tirar fotos de presos ou funções que não demandam maior esforço intelectual.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 3 meses

    Realidade atual

    Inspetor de Polícia

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: A Escala é flexível, ainda possui bons companheiros de trabalho, que conseguem extrair resultados muito além das ferramentas entregues, não é emprego, é cargo.

    Contras: Plano de carreira é muito defasado, e a progressão é lenta, sofrendo ainda interferência de fatores políticos nas promoções, por este motivo muitos fazem da casa um ponto de parada na carreira pública. Se dedicando mais a sair da instituição, ao invés de se aprimorar mais no cargo.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 4 meses

    Satisfeito

    Perito Criminal

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Estabilidade, não tem rotina, trabalho flexível e interessante, relevante para a sociedade, multidisciplinar, permite realocação dentro do estado

    Contras: Risco de vida, excesso de trabalho e responsabilidade, evolução lenta na carreira (salarial e de promoções), salário baixo para a função e quando comparado com outros estados e com o nível federal

    Conselhos para presidência: Melhorar o plano de carreira dos funcionários e seguir o cronograma de promoções

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 6 meses

    Não vale muito a pena!

    Agente

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Flexibilidade de horários, escala, ser policial, atender a população, remuneração razoável,. combater criminalidade,. .

    Contras: Péssimo ambiente , tanto pelo trabalho em si, tanto pelos companheiros de trabalho, que na maioria é pessoal antigo e não querem nada, desorganização, falta de companheirismo entre colegas, por incrível que pareça é cada um por si. Péssima divisão de trabalho, uns trabalham excessivamente e outros por motivos inaceitáveis, não fazem absolutamente nada.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 6 meses

    policial civil do interior do rj

    Inspetor de Polícia

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Possibilidade de viver na prática o que pessoas passam a vida vendo em livros e filmes, que é a realização de uma investigação e consequente prisão de um criminoso.

    Contras: Baixos salários, excesso de burocracia, falta de meritocracia, colegas de trabalho desmotivados e ruins de serviço, ausência de perspectiva de melhora.

    Conselhos para presidência: Valorizar os bons profissionais que carregam as delegacias nas costas, cada uma tem um ou dois desses, e que ganham igual aos os outros que são ruins em quase tudo.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 7 meses

    Não vale a pena se você não for servidor.

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2014

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Serviço Público. Trabalho simples e tranquilo. Horário flexível. Pessoas boas de se trabalhar. Trabalho sem qualquer tipo de pressão. Bom trabalho.

    Contras: Trabalho terceirizado, não reconhecido, e que você é totalmente não visto e mal remunerado. Cancelado sem aviso algum. Contrato ruim entre empresa e pessoa.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 9 meses

    Inspetor de Polícia

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Horário flexível Possibilidade de trabalhar em escala, na folga estudar ou fazer outra atividade Liberdade para o trabalho Geralmente, excelente relação entre delegados e tiras (chefes e subordinados)

    Contras: Total desvalorização por parte da sociedade e Estado Parte administrativa um tanto desorganizada Carreira(promoção) absurdamente lenta e com critérios que na verdade NÃO beneficiam o merecimento ou tempo de serviço, a grande maioria se aposenta sem chegar ao topo da carreira

    Conselhos para presidência: Modificações no critério de promoção, com provas internas, tempo limite para permanência em um cargo respeitado. Percentual de vagas reservadas para o público interno no concurso para delegado.

  • Há 10 meses

    Boa

    Estagiário Superior

    Curitiba, PR


    Prós: Proporcionam um aprendizado para carreira profissional, sempre atenciosos e respeitosos naquilo que nos ensinam, ajudam a crescer profissionalmente.

    Contras: Não há pontos negativos na polícia civil, é um lugar bom de se trabalhar com profissionais competentes e extremamente atenciosos no que é preciso.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 ano

    A instituição poderia ser a melhor do mundo para se trabalhar se tivesse uma boa gestão

    Inspetor de Polícia

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Excelente flexibilidade de horário, dinamismo, programa de hora extra (conhecido como RAS) , premiação por metas e a atividade policial que por si só já é uma ótima experiência.

    Contras: Baixos salários, péssimas condições de trabalho, atrasos no pagamento, plano de carreira horroroso, falta de gestão administrativa e de pessoas, burocracia, modelo de polícia arcaico, código penal e de processo penal ultrapassados, concurso para chefe, falta de meritocracia, corrupção, risco de vida, falta de adicional noturno e falta de reconhecimento da atividade pelo judiciário.

    Conselhos para presidência: Gestão administrativa e de pessoal, incentivando a meritocracia.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (PCERJ)

RH: quer atrair bons talentos?