Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Organnact?

4 postagens (1 avaliação nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.00
  • Remuneração e benefícios
    3.00
  • Oportunidade de carreira
    4.00
  • Cultura da empresa
    3.00
  • Qualidade de vida
    3.00

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há mais de 1 ano

    Ruim

    Analista de Marketing

    Curitiba, PR


    Prós: Empresa com grande potencial de crescimento; não possui outros pontos positivos além deste já citado anteriormente.

    Contras: Atraso nos pagamentos, estrutura organizacional falha, não possui processos internos e externos, relações interpessoais para com os funcionários também são falhas, recursos humanos mal estruturado

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 4 meses

    Avaliação positiva

    Gerente

    Curitiba, PR


    Prós: Oportunidade para todos os funcionários, desafio contante, ritmo acelerado, contato próximo com os proprietários são aspectos positivos de uma empresa familiar que cresce muito, apesar do cenário negativo da economia nacional.

    Contras: Apesar de tantos positivos, uma empresa familiar tem diversos aspectos da gestão familiar que poderiam ser melhorados como dar oportunidade prioritariamente aos membros da família.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    Funcionário


    Prós: Oportunidades em crescimento com treinamentos de área, desenvolvimento em vários outros setores com referência de inovação e tecnologias.

    Contras: Empresa familiar com dificuldades de comunicação as vezes e implantar idéias novas.

    Conselhos para presidência: Acompanhamento dos processos produtivos com melhoramento de resultados e objetivos.

  • Há quase 3 anos

    Interessante

    Coordenador Comercial

    Curitiba, PR


    Prós: Empresa com grande crescimento

    Contras: Empresa com instabilidade de pessoas e funções

    Conselhos para presidência: Pensar mais no funcionário

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

Organnact

RH: quer atrair bons talentos?