Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na OKI Brasil?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 2 anos

    Ja foi boa a um longo tempo atras

    Técnico Eletrônico Júnior

    Goiânia, GO


    Prós: Atualmente so o carro locado para técnicos de campo

    Contras: Muita burocracia , plano de carreira inexistente , dizem que sera cobrado o KM particular dos carros locados para tecnico de campo , querem que TUDO seja feito em um smartPhone que nao vale 100 reias , as areas da empresa nao se comunicam e nao se ajudam , chefia imediata nao tem poder de palavra , salario incompatível com a responsabilidade do tecnico

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

OKI Brasil

Descrição:A OKI Brasil é a empresa de automação bancária, automação comercial e serviços de TI do grupo japonês OKI na América Latina e Europa.
Fruto da parceria entre o grupo OKI e a Itautec, representa a união entre quem tem a mais avançada tecnologia em automação no mundo com quem mais entende do mercado brasileiro. São 135 anos de experiência global em TI no mundo e 36 anos de especialização no mercado nacional.
Com mais de 3.000 colaboradores, alia o domínio de modernas práticas de manufatura e de avançadas tecnologias em dispositivos que utilizam mecânica de precisão para oferecer aos clientes produtos de qualidade superior e com custos competitivos. Com grande expertise local e extensa rede de serviços, com mais de 2 mil profissionais técnicos, atua em mais de 5.000 municípios no Brasil e tem operações em Portugal, Espanha, México, Argentina e Paraguai.
É líder tecnológica em automação comercial, com presença relevante nos maiores players dos segmentos magazines, supermercados, drogarias e varejo de eletroeletrônicos. Também possui sólida presença no mercado de automação bancária: considerando as bases originárias de Itautec e OKI Electric, o grupo OKI possui a 4ª maior base instalada de ATMs no mundo. Além disto, o Grupo OKI é líder no mercado asiático de ATMs recicladores, com destacada presença no Japão e China

Site

RH: quer atrair bons talentos?