Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na OFM?

3 postagens (1 avaliação nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

1.00
  • Remuneração e benefícios
    1.00
  • Oportunidade de carreira
    1.00
  • Cultura da empresa
    1.00
  • Qualidade de vida
    1.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há quase 3 anos

    A empresa ensina como aprender do jeito errado as coisas!

    Programador Júnior II

    Maceió, AL


    Prós: Foi a empresa em Alagoas que me deu oportunidade na área de desenvolvimento de software. Entrei na empresa sem saber de nada, fui aprendendo aos poucos sempre buscando conhecimento.

    Contras: O salário é baixo em relação à outras empresas de outros Estados. Tiro como exemplo Recife. O salário de um programador é o triplo do que muitos ganham aqui inclusive eu.

    - Plano de Saúde não é 100%
    - Plano odontológico não é 100%
    - Salários muito abaixo do nível do mercado

    Na minha opnião, nós passamos 4 anos estudando numa faculdade, para sermos desvalorizado. É uma falta de respeito muito grande com os funcionários, principalmente em relação ao salário.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 3 anos

    OFM

    Analista de Sistemas Sênior

    Maceió, AL


    Prós: Salários pagos em dia e boa remuneração, de acordo com o nível de responsabilidade.

    Contras: Muita pressão para entregar projetos em prazos curtos.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 5 meses

    Pior empresa que trabalhei

    Analista

    Maceió, AL


    Prós: Contratam qualquer um, não há muitas exigências nas contratações, o que reflete profissionais de baixa qualidade teórica e produtiva. Talvez seja interessante para um primeiro emprego, para adquirir conhecimento prático.

    Contras: Remuneração bastante baixa, péssima gestão de pessoas, poucos benefícios, ambiente de trabalho péssimo, sem plano de carreira, sem possibilidades de crescimento, exigências e pressão muito forte.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

OFM
RH: quer atrair bons talentos?