Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Nubank?

Ver todas as avaliações

  • Há aproximadamente 1 mês

    Bom pra inicantes

    Ex-funcionário, saiu em 2017


    Prós: Apesar de ser uma empresa nova em comparação as demais do segmento financeiro, o Nubank está bem posicionado no mercado financeiro com um produto diferenciado: cartão de crédito sem anuidade com um aplicativo funcional e bem direcionado pra quem é muito antenado a tecnologia. O ambiente de trabalho é descolado, com uma galera bem jovem e todos se ajudam. Você pode até levar seu dog pra trabalhar com você em qualquer dia da semana, as vezes o barulho dos cães atrapalham um pouco se você está com algum cliente no telefone. Beneficios ok. Empresa ideal pra quem está começando a vida profissional e não tem muita bagagem anterior pra adquirir experiencia. Trabalho é bem dividido, não importa aonde você irá trabalhar dentro do Nubank você sempre irá trabalhar com atendimento a cliente por chat/telefone e ou e-mail. O legal é que você raramente fica o dia inteiro em apenas uma atividade, porém com o passar do tempo você nota que não há uma perspectiva de futuro pois todos os setores praticamente fazem a mesma coisa, mudando apenas a nomenclatura. Exceto se você for um engenheiro.

    Contras: A tecnologia está aí para todos mas nem todos estão aí pra tecnologia. Esse é o perfil do cliente que contata o Nubank diariamente. O cara que é antenado com a tecnologia do aplicativo raramente vai entrar em contato, só se acontecer alguma coisa muito fora da curva, portanto é necessário ter muita paciência, pois entre outras coisas, lidar com clientes que não sabem imprimir um boleto do e-mail, pode ser complicado. Não é uma empresa recomendável se você procura estabilidade ou plano de carreira, pois isso não existe devido a alta rotatividade dos atendentes (xpeers) por N motivos. A impressão que ficou é que só se deu bem lá no Nubank quem pegou a empresa no começo (2015 e 2016). Feedbacks de acompanhamento dos gestores (lá eles chamam de Xman/swots) na hora de fazer sua performance são subjetivos demais e sem consistência por estes terem pouco amadurecimento profissional, afinal é uma galera muito jovem e inexperiente em cargos de liderança. Eles partem de um principio de que tudo pode ser feito melhor e a impressão que passa é que tudo que você faz não é bom o suficiente mesmo você atendendo todas as solicitações dos clientes. Hora extra deveria ser opcional e não obrigatório, há setores que fazem hora extra todo final de semana,complicado se a pessoa tem outros compromissos a serem feitos em um final de semana.

    Conselhos para presidência: Mudar a mentalidade de Startup, acho que o Nubank não está mais nesse estágio. Demitir e contratar funcionarios quase todo mês geram altos custos, deveria existir um programa de retenção de talentos por parte do RH.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Nubank

RH: quer atrair bons talentos?