Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Museu do Futebol?

3 postagens (1 avaliação nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

5.00
  • Remuneração e benefícios
    3.00
  • Oportunidade de carreira
    2.00
  • Cultura da empresa
    5.00
  • Qualidade de vida
    4.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 1 ano

    Museu do Futebol, um lugar para as pessoas construirem sua história.

    Supervisor

    São Paulo, SP


    Prós: - Equipe participativa e interessada; - Bom ambiente para se trabalhar; - Atendimento de diversos perfis de público; - Programa de acessibilidade; - Plano de trabalho com foco no público geral; - Possibilidade de relacionar o futebol à cultura e história do país; - Vasta programação cultural e educativa; - Ótimo lugar para trabalhar a educação não formal; - Projetos e programas do museu como o PAMF (Programa de Acessibilidade do Museu do Futebol), Deficiente Residente, Visibilidade para o futebol feminino e História Oral.

    Contras: - Necessidade de maior integração entre os núcleos; - Ausência de um Plano de Cargos e Salários que equilibre a necessidade da instituição e dos funcionários; - Dificuldade de tratar questões externas à instituição que geram impacto negativo aos visitantes (flanelinhas que cobram preços abusivos do Zona Azul e moradores de rua que tem problemas com drogas, doenças e/ou são foragidos).

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    bom

    Técnico de Pesquisas

    São Paulo, SP


    Prós: Convivência e tema de pesquisa

    Contras: plano de carreira, cargos de indicação e comunicação

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    Muito bom lugar para se trabalhar!

    Ex-funcionário, saiu em 2014

    São Paulo, SP


    Prós: A equipe é muito boa, há incentivo, ajuda mútua e motivação, além de respaldo diante de problemas com quaisquer visitantes. É um lugar que merece total atenção quanto ao seu programa educativo e de inclusão de pessoas com deficiência. Empresa se preocupou comigo, mesmo eu sendo temporário e foi um lugar que, na época, por conta do fluxo de estrangeiros, me ajudou com o aprendizado de idiomas. Em qualquer empresa há conflitos, mas no museu todos os que eu vi e/ou estive envolvido foram resolvidos com bom senso, educação e respeito.

    Contras: A falta de um plano de carreira e o fato (que afeta toda a área cultural do Brasil) de que museus e outros equipamentos culturais são desprezados pela população e pelo poder público, o que faz com que haja menos investimentos, logo menos oferta de vagas e um salário menor.

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

Museu do Futebol
RH: quer atrair bons talentos?