Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN)

4.50

Como é trabalhar na Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN)?

4 postagens (2 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

4.50
  • Remuneração e benefícios
    3.00
  • Oportunidade de carreira
    1.00
  • Cultura da empresa
    3.00
  • Qualidade de vida
    3.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há 17 dias

    Bom para passar pouco tempo

    EstágioEx-funcionário, saiu em 2017

    Natal, RN


    Prós: O MPRN é bastante organizado, tem eventos regulares para os empregados, disponibiliza cursos para aprimoração dos trabalhadores e para estágio há uma possibilidade de rotação.

    Contras: Não há prospecção de continuação na carreira, os cargos de assessores geralmente são ocupados por pessoas conhecidas dos promotores, quando não, por servidores que já trabalham no órgão a mais tempo.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 11 meses

    Funcionário


    Prós: Boas condições de trabalho, bom salário, ambiente justo, nível de conhecimento da equipe elevado, oferta de capacitação, boa comunicação interna

    Contras: Hierarquia muito rígida, impossibilidade de ascensão além da progressao na carreira, estaticidade do cargo, muita burocracia, análises quantitativas da atividade

  • Há mais de 2 anos

    Ótimo local de trabalho

    Analista

    Natal, RN


    Prós: Plano de cargos, boas condições de trabalho

    Contras: Hierarquia bastante acentuada o que algumas vezes impede diálogos entre níveis diferentes

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 3 anos

    Ministério Público, instituição que defende a democracia só da porta para fora

    Técnico do Ministério Público

    Natal, RN


    Prós: Não existem pontos positivos para comentar, a não ser a única vantagem comum aos servidores públicos: estabilidade.

    Contras: Tratamento desigual entre Promotores de Justiça e Servidores. Os servidores são tratados como mobiliário, sem importância, e discriminados pelos membros da instituição. Não existe democracia interna. Os servidores não tem acesso ao voto para a escolha do gestor do MPRN. Instituição loteada por cargos em comissão, em detrimento a criação de cargos efetivos.

    Conselhos para presidência: Deixem a hipocrisia para os jornais. Reveja a democracia interna e tragam os servidores para a discussão.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN)
RH: quer atrair bons talentos?