Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE)?

Ver todas as avaliações

  • Há aproximadamente 1 ano

    Carreira desafiadora, para quem quer fazer diferença no mundo!

    Audtor Fiscal do Trabalho

    Porto Alegre, RS


    Prós: Possibilidade de trabalhar com enfoques distintos (FGTS, saúde e segurança, inclusão de pcd/aprendiz, atributos trabalhistas). Oportunidades de qualificação profissional (treinamentos). Carreira desafiadora e que permite ao profissional transitar por áreas distintas durante sua trajetória. Só se acomoda ou enjoa quem quer!

    Contras: Estrutura administrativa precária. Na prática, o AFT precisa usar seu veículo, dada a insuficiência de carros oficiais e motoristas. Por dia, o Estado indeniza com apenas 17 reais o uso do veículo privado. Os cargos de chefia são mal remunerados, o que se reflete em uma gestão pouco profissional. Diárias baixas e que não cobrem os custos de hospedagem e alimentação. Governo não sabe apreciar o valor da categoria, cuja arrecadação é muito superior aos custos e cujo trabalho de prevenção diminui custos sociais e previdenciários.

    Conselhos para presidência: Rever a indenização de transporte. Dotar gerências e superintendência de melhor estrutura administrativa. Adquirir EPI para a equipe de Saúde e Segurança. Fornecer material de trabalho (mochila, máquina fotográfica, blocos, carimbos, coletes de identificação...). Buscar ajuste na remuneração dos cargos de chefia (FG). Aumentar o valor das diárias, para que não seja necessário pagar para trabalhar.

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE)
RH: quer atrair bons talentos?