Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Ministério da Fazenda?

28 postagens (9 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.67
  • Remuneração e benefícios
    3.13
  • Oportunidade de carreira
    2.50
  • Cultura da empresa
    2.63
  • Qualidade de vida
    3.25

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 2 anos

    Tem muito o que melhorar!

    Assistente Técnico Administrativo


    Prós: Por ter uma estrutura muito grande no Distrito Federal é difícil apresentar uma avaliação em um aspecto não sabendo como é nos outros locais. Entretanto, especificamente no meu local de lotação, avalio positivamente a equipe, a qual, embora bem jovem, é bastante dedicada. A oportunidade de capacitação em cursos e seminário também é um ponto positivo.

    Contras: Acredito que o Executivo federal por inteiro deveria passar por uma reforma administrativa. É muita estrutura para poucos resultados. Acredito que a forma de indicação das chefias superiores e imediatas é pouco objetivo. Diria, resumidamente, que é "muito cacique para pouco índio". Avalio negativamente nos seguintes quesitos: 1) Carga de horário: São 08 horas com 01 hora de almoço. Some a isso cerca de 01 hora de ida e 01 de vinda (tendo em vista que, no DF, a maioria do funcionalismo mora nas cidades satélites), temos 11 horas de nossos dias no trabalho. Isso induz a baixa produtividade. Uma jornada mais flexível possibilitaria que o servidor não se desgastasse com o trânsito, fizesse atividades alternativas (por exemplo, atividade física) e gastasse menos tempo resolvendo coisas pessoas no trabalho. Esse aumento de produtividade pode se comprovado cientificamente, inclusive, basta vontade. 2) Poucos oportunidades de crescimento, já que a estrutura da carreira é lamentável. 3) Alta rotatividade de pessoal; 4) Baixa preocupação com a qualidade de vida dos empregados; 5) Falta de planejamento nas ações. Poderia ficar a noite toda aqui citando pontos negativos que podem ser melhorados. A verdade é uma só. A Administração Pública brasileira é grande e improdutiva. Uma reforma geral é necessária, principalmente no que tange à qualidade de vida do servidor, o que não significa apenas bons salários.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    Neutra

    Analista

    Brasília, DF


    Prós: Flexibilidade de horários, capacidade dos concursados

    Contras: Política, remuneração baixa e despreparo dos comissionados

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 3 anos

    Bom ambiente no serviço público

    Assistente Técnico Administrativo

    Pelotas, RS


    Prós: Estabilidade, bom relacionamento entre colegas.

    Contras: Burocracia inerente ao serviço público

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 3 anos

    Um emprego que serve mais como trampolim.

    Assistente Técnico Administrativo

    Rio Verde, GO


    Prós: Colegas de trabalho acessíveis

    Contras: Carga horária é plano de carreira

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    um cargo que serve de trampolim.

    Assistente Técnico Administrativo

    Brejo Santo, CE


    Prós: existe uma qualidade de vida, existe uma grande tranquilidade no meu ambiente de trabalho, o clima organizacional local é bastante agradável .

    Contras: praticamente não existe crescimento na carreira, a diferença do padrão de remuneração inicial para o padrão final é mínima, e existe um acirramento entre diferentes carreiras na instituição.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    bom, da pra trabalhar

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2014

    Salvador, BA


    Prós: bom aprendizado, boas pessoas, boa estrutura e bom aprendizado

    Contras: ambiente as vezes pode ficar bem conturbado devido a más pessoas, salário bem baixo, não recebemos um devido valor as vezes.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 2 meses

    Ministério da Fazenda é ótimo, só não a empresa.

    Recepcionista

    Brasília, DF


    Prós: Pagamento na data certa, servidores recepctivos, ambiente tranquilo, trabalho fácil não existe dificuldades nas tarefas.

    Contras: Ponto eletrônico 4x ao dia, alimentação paga só nos dias trabalhados, não pode sugestionar férias, desconto na folha cause falte 45min da jornada.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 4 meses

    Realista

    Assistente Técnico Administrativo

    Fortaleza, CE


    Prós: Os laços e vínculos de amizades com colegas de trabalho. Em geral as pessoas se ajudam muito. Isso é importante. Apesar de o ambiente ser muito estressante.

    Contras: Instituição retrógrada e que não se importa com os seus colaboradores. Há bastante competição entre cargos. Estrutura remuneratória insatisfatória.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 5 meses

    Gestão por interesses corporativos e políticos apenas. Não funciona como uma instituição.

    Analista Técnico-administrativo

    Brasília, DF


    Prós: Estabilidade e porte da corporação. O Ministério da Fazenda é o órgão de maior importância no contexto nacional por ser responsável pela arrecadação que move TODO o setor público do país.

    Contras: Péssima gestão de pessoal, benefícios não cobrem os custos reais, falta de oportunidade de crescimento, burocracia. A liderança da instituição não enxerga seus colaboradores.

    Conselhos para presidência: Pensar na instituição como um todo e não para atender interesses corporativistas e políticos. Uma instituição tem que cuidar do clima organizacional e das pessoas que ali contribuem de forma igualitária.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 6 meses

    Ministério da Fazenda

    Auditor Federal de Finanças e Controle

    Brasília, DF


    Prós: Profissionais que atuam no MF são, em sua maioria, bem capacitados e possuem um alto grau de instrução, sendo que um alto percentual dos funcionários possuem mestrado ou doutorado.

    Contras: Como é um órgão público existe muita politicagem e muita interferência política no trabalho técnico. A autonomia dos funcionários não acontece de maneira integral.

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

Ministério da Fazenda
RH: quer atrair bons talentos?