Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Ministério da Fazenda?

Ver todas as avaliações

  • Há aproximadamente 1 ano

    Agente Administrativo

    Brasília, DF


    Prós: Observância rigorosa da legislação relativa ao direitos do funcionário público da administração direta , especialmente a Lei 8.112/90. Chefia do orgão escolhida entre funcionários efetivos do MF e via seleção razoavelmente bem feita (não foi por apadrinhamento, e anteriormente era).

    Contras: O ponto mais negativo, e que vale para quase todo serviço público da administração direta e autarquias, é que a alteração de cargo só se dá por concurso externo, e assim se uma pessoa fizer um concurso para nível médio ela só passará a ganhar como nível superior se fizer um novo concurso externo. É um ponto em que é bastante diferente de uma empresa privada, na qual uma pessoa pode começar num cargo simples de nível fundamental ou médio, e se esforçar para ser um bom funcionário, e também continuar a estudar e fazer um curso superior poderá atingir um cargo alto sem ter que fazer uma ampla seleção externa concorrendo com gente que nunca trabalhou na empresa. Outro ponto negativo é que normalmente o que se aprende no serviço público geralmente tem pouca serventia fora do serviço público. Outro ponto negativo é que geralmente no serviço público há consumo da riqueza nacional sem geralmente haver a produção de algum bem ou serviço realmente útil para a sociedade. Sendo que mesmo nos poucos casos em que produz algo de realmente útil, isto poderia estar sendo produzido com menores custos pela iniciativa privada. Na verdade o mais comum é que os orgãos públicos produzam burocracia, regras e dificuldades que atrapalham a iniciativa privada a produzir riquezas, e assim ao invés de ajudar a enriquecer o país , o serviço público e o governo conseguem é atravancar a produção de riquezas , e a aumentar a pobreza do Brasil.

    Conselhos para presidência: Reduzir o Estado, e assim reduzir os impostos, de modo que as pessoas comuns possam comprar mais, e assim as empresas privadas possam vender mais e gerar mais empregos, mais renda e mais riquezas.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Ministério da Fazenda
RH: quer atrair bons talentos?