Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Lukscolor?

Ver todas as avaliações

  • Há 8 meses

    Já trabalhei em empresa ruim, mas essa daí

    Técnico

    São Bernardo do Campo, SP


    Prós: Além do restaurante tem um vale, que é de 80 reais, mas é um a mais. Porem, se atrasar mais de 10 minutos um único dia do mês, já não tem direito ao vale mais.

    Contras: Não há abertura para opiniões, fazem terrorismo psicológico com o funcionário para não atrasar nem um único minuto, pois já descontam DSR, vale, cobram o almoço do mês inteiro e ainda tem que assinar uma justificativa de atraso, com apenas 1 minuto, mas isso só vale para os funcionários de baixo cargo, chefia e gerência pode atrasar sem problemas, e tudo isso gera uma enxurrada de atestado medico por parte dos funcionários. 44 horas semanais, não pode tem acesso à internet nos escritórios nem nos laboratórios, assim dificultam a pesquisa ( na verdade não querem nem que exista), não investem no funcionário, mais de 70% do quadro está desmotivado. Existe uma cultura de que você não faz parte da empresa e de que todas as decisões são autocráticas por parte da família qual é dona da empresa, sem ar condicionado nas instalações, plano de saúde de mediano para inferior, desconta 100 reais/mês e ainda cobra coparticipação, enfim, uma infinidade de pontos negativos. De longe a pior empresa a qual já passei.

    Conselhos para presidência: Primeiro ponto seria reduzir a carga horária. 44 horas semanais para quem trabalha naquela produção cheirando solvente sem ar condicionado chega a beirar a desumanidade. Segundo lugar, humanizar os processos, são todos mecânicos, setorizados, não há harmonia na empresa, depois abrir espaço para sugestões e as acatalas, os donos não sabem o que é bom o ruim nos processos internos, apenas quem está no batente todo dia, demitir sumariamente todos os gestores, eles não são líderes, não incentivam o funcionário a dar o melhor de si, são apenas cobradores de serviço, não são humanos. Por fim, tomar atitudes afim de fazer os funcionários se sentirem parte da empresa, colaboradores de algo maior, e não apenas números como são tratados hoje e sempre foram no passado.

    Recomenda a empresa: Não