• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas
Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Love Mondays?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 3 anos

    Abram os olhos, os ouvidos, e o coração. O Love Mondays pode voltar a ser um sonho de empresa.

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2015

    São Paulo, SP


    Prós: É um ambiente informal, sem exigência de roupa social. Na minha época, havia horário flexível e possibilidade de home office. Tem comidinhas no escritório, e em datas comemorativas (aniversário e ano novo) se ganham mimos. As pessoas são bem agradáveis, e não há coisas do tipo competitividade e desconfiança do próximo. Entrei no Love Mondays ainda no começo da startup, sem processos muito definidos, então pude aprender muita coisa mesmo. A empresa me ajudou a me desenvolver como profissional, e tive contato com diferentes áreas. Atualmente as coisas mudaram muito, mas imagino que algumas áreas ainda contem com maior flexibilidade.

    Contras: A empresa cresceu de maneira (muito) rápida, e desorganizada. Isso contribuiu para uma falha de comunicação entre todas as áreas e todos os níveis: ninguém sabe o que o outro tá fazendo, quais projetos estão sendo encaminhados, etc. Há pouca integração do time no que tange a projetos, cada um tem só faz o que foi designado de si. O crescimento rápido também favoreceu a concentração de tarefas nos superiores, criando assim uma hierarquização que não existia (ou era muito mais flexível) no começo da startup. Há uma leve tendência a não escutar os colaboradores, em especial os estagiários. Com relação aos estagiários, no meio e final da minha trajetória pela Love Mondays, deixei de aprender coisas novas. O trabalho se tornou estritamente operacional, e a flexibilidade que antes tínhamos hoje não existe mais. A startup cresceu, e está se tornando cada vez mais uma empresa grande, departamentalizada e burocrática. As pessoas se sentem desmotivadas de ir trabalhar, e isso é problemático.

    Conselhos para presidência: Por favor, prestem atenção aos seguintes pontos: Falha de comunicação, burocratização, concentração de trabalho, e plano de carreira dos estagiários. Eu era muito mais feliz quando a Love Mondays era uma pequena salinha cheia de caixas e apertadinha, mas onde o espaço curto favorecia a cooperação entre os profissionais e o ambiente de se trabalhar era maravilhoso. Entendo que não há como se diminuir uma empresa que cresceu, mas a flexibilização entre as áreas é extremamente necessária. Os seus estagiários são muito bons, e têm plenas competências para ajudar no comercial, no design, e principalmente no marketing. Não é inteligente confinar talentos no trabalho operacional, ainda que sejam estagiários. Aproveitem os talentos que nascem em meio aos estagiários de conteúdo. Flexibilizem o trabalho, flexibilizem a interação, flexibilizem o mindset dos superiores. É importante ter métricas para se saber o que está sendo feito, mas a Love Mondays está sendo tomada por planilhas e métricas, enquanto o bem mais valioso de vocês, as pessoas, está se perdendo. Eu ainda acredito na Love Mondays, e espero do fundo do meu coração, que vocês tenham sucesso, mas para isso, é preciso prestar atenção aos funcionários e no cotidiano da empresa.

    Recomenda a empresa: Sim


    CEO da Love Mondays respondeu:

    Obrigada pelo seu feedback! Realmente crescemos e continuamos crescendo muito rápido e, com isso, vivemos as alegrias e as dores do crescimento. Uma dessas dores é a maior dificuldade de comunicação entre as áreas, que no início, quando éramos 5 pessoas, era muito mais fácil! A startup cresce e com isso temos que adaptar o modo como trabalhamos. Alguns processos se tornam necessários, muitas vezes para facilitar a comunicação e termos certeza de que as pessoas ficam sabendo o que está acontecendo nas outras áreas. Sei que temos ainda muito a melhorar, e agradeço o seu feedback. Quanto ao potencial de crescimento dos estagiários, sei que temos e tivemos pessoas talentosas que não foram aproveitadas em outras áreas. Porém, o volume de pessoas necessárias para o monitoramento do conteúdo é desproporcionalmente maior do que o número de pessoas exigido pelas outras áreas. Assim, não é para todos que conseguimos criar oportunidades de crescimento. Como falei em uma resposta anterior, temos exemplos de estagiários que iniciaram como Content Stars e hoje cuidam sozinhos das áreas de sucesso do cliente e de mídias sociais. Sabemos que temos pessoas super competentes que passam por aqui, mas temos que selecionar as pessoas para as quais as oportunidades de crescimento serão oferecidas, e esta seleção é feita de acordo com a performance demonstrada por cada estagiário. Temos orgulho de ser movidos a métricas, este é o nosso estilo de trabalho. As métricas escolhidas são as que fazem sentido para o crescimento da plataforma e a proteção dos nossos usuários. Desta maneira, a flexibilidade em algumas áreas, como por exemplo monitoramento de conteúdo, não é possível pela proteção do usuário, que é sempre a nossa primeira prioridade. Entendo que temos mais oportunidades de flexibilizar algumas outras áreas, porém quando um membro da equipe apresenta uma ideia bem estruturada do porquê devemos fazer algo de maneira diferente e apresenta dados para provar o seu ponto, esta ideia é bem recebida pela liderança. Por outro lado, ideias que não estão alinhadas com as métricas e objetivos do negócio, tendem a não ser implementadas, não por falta de flexibilidade, mas por decisão de onde focarmos nossos esforços. Fico feliz que você acredite na Love Mondays, apesar de não fazer mais parte da equipe. Posso dizer que as pessoas são sim o nosso ativo mais precioso, e por isso, entre acertos e falhas, continuamos sempre evoluindo e caminhando em direção a contruirmos um ambiente onde as pessoas fiquem felizes de vir trabalhar nas segundas-feiras.

Informações da empresa

Love Mondays

Descrição:A gente acredita que dá, sim, para ser feliz na segunda-feira! A Love Mondays surgiu do sonho de trazer transparência para o mercado de trabalho e ajudar mais e mais profissionais a encontrarem a empresa ideal. Ter acesso à opinião de uma pessoa que vive a realidade da empresa faz toda a diferença quando você está escolhendo onde construir a sua carreira. Reunimos milhares de avaliações de ambientes de trabalho, processos seletivos e benefícios, além de salários para mais de 150 mil empresas. Tudo é postado por profissionais de maneira espontânea e confidencial. Isso te ajuda a fazer uma escolha bem informada sobre a sua carreira e escolher a empresa que vai te fazer amar as segundas. Fazemos parte do Glassdoor, o site de recrutamento mais transparente do mundo.

Site