Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na LafargeHolcim?

152 postagens (30 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.63
  • Remuneração e benefícios
    3.67
  • Oportunidade de carreira
    3.07
  • Cultura da empresa
    3.43
  • Qualidade de vida
    3.43

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 3 anos

    Empresa para gente de raça

    Funcionário


    Prós: Extremamente estimulante para a carreira profissional, quem nela passa leva uma grande bagagem.Na Lafarge pode se crescer e chegar a cargos excelentes, basta se dedicar.

    Contras: Muito burocrática, tudo muda a todo tempo com relação a rotinas administrativas, comercias, produção etc.Muita chefia fazendo com que certas regras entrem em contradição, ou muitas vezes fiquem invalidas.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 3 anos

    Comprador

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: É uma empresa que se importa primeiramente com a saúde e segurança do funcionário. Tem muitos benefícios e lhe da oportunidades de crescer profissionalmente seja dentro ou fora da Lafarge

    Contras: Sou sincera e as vezes minha sinceridade acaba me prejudicando, mesmo que nao fosse anônimo eu falaria... Alguns gerentes tem que dar valor aos funcionários que vestem a camisa e se empenham...de repente vejo pessoas que não estão nem ai para o trabalho serem valorizados...isso me deixa muito desmotivada.

    Conselhos para presidência: Formar equipes com funcionários que realmente se dedicam ao trabalho, se importam com suas tarefas e fazem o melhor para trazer resultados. Que as unidades possam avaliar os compradores. E dessas avaliações se ter resultados. Sou muito comprometida e tenho absoluta certeza que faço um bom trabalho e isso podemos ouvir de todas as unidades.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 3 anos

    Coordenador

    Belo Horizonte, MG


    Prós: * Solidez, seriedade, organização.
    * Ambiente de trabalho, companheirismo e camaradagem nas equipes.
    * Bons benefícios, no geral, com exceções.

    Contras: * Boas oportunidades de carreira e de troca de áreas apenas para os que trabalham em SP, que vão de estagiário a gerente em 3 ou 4 anos. Os que estão nas pontas, nas fábricas, mesmo com boa formação não conseguem ascensão e reconhecimento.
    * A presidência e diretoria ficam muito 'longe' da produção, que é quem faz a empresa de fato.
    * Excessos na área de segurança do trabalho vêm relegando a segundo plano temas como qualidade e meio ambiente, não por serem concorrentes, mas porque a diretoria só pensa em segurança!
    * Convênio de farmácia precisa melhorar urgente, é muito burocrático para usar.

    Conselhos para presidência: * Aproximar da Diretoria Industrial. O RH e o Financeiro têm ditado os rumos da empresa e quem de fato produz fica deslocado.
    * Aumentar as oportunidades de crescimento vertical na carreira para quem está nas pontas.
    * Voltar com os incentivos à capacitação (idiomas, graduação e pós), a empresa perde em retenção de talentos sem esses benefícios.
    * Valorizar a prata da casa. O programa de recrutamento interno, quando não consegue achar as pessoas, não indica ao candidato o que ele deve faze para, numa próxima oportunidade, conseguir ser aprovado.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 3 anos

    Funcionário


    Prós: Liberdade de comunicação, Valor aos funcionários e prestadores para cargos na empresa, Ótimos benefícios.

    Contras: Uma pequena minoria de líderes deveriam dar mais valor humano ao fazer um feedback negativo aos subordinados, acredito que desta forma elevariam mais a dedicação e desempenho dos mesmos dentro da Organização.

    Conselhos para presidência: Neste tempo que tenho dentro da organização, sempre tivemos ótimos célebres na presidência!

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 3 anos

    Desilusão

    AssistenteEx-funcionário, saiu em 2013

    Belo Horizonte, MG


    Prós: Ambiente amigável entre colaboradores e acomodações limpas e organizadas.

    Contras: Gerência desqualificada, Usa de falsas promessas para ludibriar funcionários, não sabe motivar colaboradores e engana alta administração.

    Conselhos para presidência: Avalie melhor sua média gerência, pois sua diretoria coloca gente sem a minima qualificação para gerenciar.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 9 meses

    Salve se quem puder

    Ex-funcionário, saiu em 2017

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Plano de beneficios bom. Bom ambiente de trabalho Avaliação anual dos empregados. Aberturas para registrar feedbacks. Oportunidade de trabalhar com pessoas de outros países e culturas.

    Contras: Fusão entre as duas empresas gerando um demanda muito forte para entregar "sinergias", aliado a um processo de reestruturação da empresa gera um ambiente muito desafiador para trabalhar. Atmosfera de insegurança e um senso geral que a empresa está sem rumos tomando decisões erradas em nome dos custos

    Conselhos para presidência: A prática atual da empresa está indo de encontro a tudo ao que ouvi ao longo dos anos. Uma nova empresa vai surgir disso tudo mas não será amigável para seus funcionários.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 9 meses

    Confusão

    Ex-funcionário, saiu em 2017

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Benefícios razoáveis. Em alguns departamentos ainda existe um clima bom para trabalhar graças a cordialidade das pessoas. Sistema de avaliação desempenho interessante.

    Contras: Após a fusão a empresa está sem rumo. Mandam pessoas que conhecimento real do negócio embora em troca de tostões de.economia de custos. Benefícios e salários não foram equalizados ou seja temos pessoas fazendo a.mesma função e com salários diferentes. Muitos gestores são incapazes de fazer uma gestão básica de pessoas, largando as a propriedade sorte. Tudo isso contribui para um clima de insegurança é insatisfação entre os empregados que estão sendo demitidos como gado num abatedouro. RH incompetente para tocar o processo de desligamento torna um momento de desligamento ainda mais traumatizante

    Conselhos para presidência: Os acionistas querem resultados mas o que está sendo feito hoje vai contra todos os valores que a empresa dizia defender. Guardo boas lembranças pelas pessoas mas não a indicaria hoje para ninguém.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 9 meses

    Empatia zero

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2015

    São Paulo, SP


    Prós: A empresa (ex-Holcim) permite que os funcionários desenvolvam suas habilidades, criatividades e opiniões sobre trabalhos e campanhas. O relacionamento interpessoal dentro da empresa é bom. Benefícios bons.

    Contras: A fusão feita com a cimenteira Lafarge foi muito confusa. Os funcionários foram prejudicados por falta de informações e empatia da área de Recursos Humanos. Muitos funcionários com bastante tempo de casa foram chutados pela empresa quando a Sede mudou para o Rio de Janeiro.

    Conselhos para presidência: Respeitar os funcionários e mantê-los informados em períodos de mudanças como fusões, mudança de gestão e áreas.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 ano

    Desafio

    Gerente de TI

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Bons benefícios e salários na média de mercado, possibilidade de carreira internacional, processo estruturado de avaliação de funcionários,

    Contras: Choque cultura entre Lafarge e Holcim não estabilizado, degradação do ambiente de trabalho em função do choque cultural, lentidão nas tomadas de decisão.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 3 anos

    lafarge cimento Avaliação

    Funcionário


    Prós: Empresa de bons benefícios e salário diferenciado no mercado.

    Contras: Clima organizacional péssimo. As pessoas são exigidas ao máximo sem condições de equipe de trabalho.

    Conselhos para presidência: Vejam pessoas como pessoas e não como produtos

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

LafargeHolcim

Descrição:Em 15 de julho de 2015, a Lafarge e a Holcim completaram sua fusão, tornando-se LafargeHolcim.
A Lafarge foi fundada na França em 1833 e mantém atividades no Brasil desde 1959. A Holcim concentrou suas fábricas na região sudeste do Brasil, a partir do ano de 1951.
Ambas possuíam posição de destaque no ramo de produção de materiais de construção, mesmo antes da fusão.
Hoje o grupo é líder em produtos de cimento, concreto e agregados (areia e pedra).

Site

RH: quer atrair bons talentos?