Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Khelf?

29 postagens (14 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.14
  • Remuneração e benefícios
    2.55
  • Oportunidade de carreira
    3.00
  • Cultura da empresa
    2.64
  • Qualidade de vida
    2.09

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há 6 dias

    Ex-funcionário, saiu em 2016


    Prós: Comição boa ,horário bom de trabalho ,oportunidade de crescer.Gerentes ajudam e alguns são humildes. Sempre tem novidades em relação aos produtos.

    Contras: Fazer propostas de cartões e colocar isso como meta para ganhar seu suado dinheiro, não tem vale refeição e não pode comer na loja, único benefício é o vale transporte. Tem oportunidade de crescimento mas o processo é demorado e chato. Poderia ser mais justo pq quem seleciona vai conhecer algo superficial da pessoa .

    Conselhos para presidência: Ser justos e conhecer e reconhecer melhor as pessoas sem dar Preferências pq gosta mais.

  • Há 7 dias

    Boa

    Vendedor ComissionadoEx-funcionário, saiu em 2016

    São Paulo, SP


    Prós: É uma boa empresa com clima agradável, com plano de crescimento. A Khelf prioriza seus funcionários e dá cursos de treinamento para um melhor atendimento.

    Contras: Nem todos os gerentes tem a capacidade de falar com os funcionários. Existem três metas para serem batidas, vendas, cadastros e cartão. Se não atingir as metas seu salário fica base (R$1.200), para ganhar comissão é necessário bater as três metas.

    Conselhos para presidência: Preparar melhor a equipe de gerencia.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 20 dias

    Bom pra quem gosta de pouco

    Ex-funcionário, saiu em 2011


    Prós: O bom é que de vendedor da pra ganhar um dinheiro e como a loja que eu trabalhei era em ShopPing eu gostava porque tomava sorvete na hora do almoco

    Contras: Empresa grande mas com administração pequena ,a gerente queria ser a dona da loja os vendedores queria ser gerente,não respeita o funcionário os supervisores são mau educados

    Conselhos para presidência: Muito pouco o que vocês pagam não dá nem pra viver direito

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 29 dias

    A empresa é boa, a gestão nem tanto.

    Vendedor ComissionadoEx-funcionário, saiu em 2017


    Prós: Plano de carreira, coleção incrível, uma marca respeitada por seus clientes, bastante variedades, uma loja que desperta um prazer em trabalhar pelo seus produtos.

    Contras: Gestão abusiva, agressões verbais, palavras ofensivas, horários abusivos em feriados, final de ano, dia dos namorados .. Falta de benefícios e valorização do funcionário.

    Conselhos para presidência: Um bom treinamento de ética e moral aos gestores, para que aprendam a lidar com pessoas sem humilhar.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há aproximadamente 1 mês

    prós e contras - vendedor

    Vendedor

    São Paulo, SP


    Prós: É uma empresa com bastante diversidade e que oferece um bom plano de carreira para aqueles que possuem persistência e força de vontade de continuar.

    Contras: Infelizmente, oferece poucos benefícios, como um vale alimentação limitadíssimo, e só aos domingos e feriados, e acaba sendo um pouco injusta quanto as horas extras.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 4 meses

    Funcionário


    Prós: Bom relacionamento entre a equipe. Facilidade na comunicação. Certa abertura às novidades do mercado. Plano de carreira. Empresa sólida, mais de 30 anos no mercado. Boas oportunidades em diversas áreas

    Contras: Equipe como um todo poderia ser mais engajada pela empresa. Branding deveria ser explorado. Abertura de novas lojas / franquias pelo país. Treinamento / convenção da marca.

  • Há 4 meses

    Ex-funcionário, saiu em 2016


    Prós: pagamento em dia e ótimo para trabalhar com publico....uma empresa boa pra quem esta começando pois da pra ganhar um dinheiro se vc abrir mão de vida fora da loja e focar em vendas

    Contras: não tem benefícios, somente paga vale transporte...e não tem a menor qualidade de vida. Geralmente a diretoria e supervisão não trata todos os funcionários da mesma forma

    Conselhos para presidência: ser mais humana

  • Há 5 meses

    Ótima

    Vendedor

    São Paulo, SP


    Prós: O atendimento com o público, como a loja trabalha com vestuários e calçados, fico feliz em montar looks para certos eventos. A empresa nos passa um treinamento de como montar looks.

    Contras: A falta de comunicação, a falta de comprometimento de alguns gerentes, onde acaba afetando a equipe e prejudicando a loja e não conseguimos bater meta.

    Conselhos para presidência: Trabalho em equipe e dedicação.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 6 meses

    Ao todo é uma empresa bacana.

    VendedoraEx-funcionário, saiu em 2017

    Guarulhos, SP


    Prós: A empresa te dá todos os recursos para lidar com o cliente, treinamentos. E te dá oportunidades de crescimento para a gerência, Se for um bom vendedor você sobe se cargo em um ano.

    Contras: Carga horária pesada, final de ano, datas comemorativas todos trabalham dobrados, e muitas das vezes sem necessidade alguma, isso é padrão em todas as lojas, com ou sem fluxo de clientes.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 7 meses

    Otima empresa!

    VendedorEx-funcionário, saiu em 2013

    São Paulo, SP


    Prós: Ambiente de trabalho super alto astral, dos gerentes ao estoquista são todos muito solicitos e companheiros. Alta rotatividade de clientes e produtos. É super fácil de vender pois a marca é conhecida e reconhecida.

    Contras: As metas poderiam ser mais acessiveis. Fui ponta da loja por 3 meses consecutivos e mesmo assim nao me satisfazia o salário. E a obrigação de comprar o próprio uniforme, o valor de desconto funcionário poderia ser menor tbm

    Conselhos para presidência: DEdicação!

    Recomenda a empresa: Sim


Informações da empresa

Khelf

Descrição:A Khelf é uma empresa familiar, fundada em 1984. No início, era uma multimarcas localizada no Shopping Center Norte – São Paulo. Com o passar dos anos, surgiu a necessidade de se criar algo para os clientes – e não apenas revender as outras marcas. Passou-se então a se desenvolver as peças, sendo que com o tempo, 100% das peças vendidas na Khelf eram da própria marca.

Site

RH: quer atrair bons talentos?