Olá! Love Mondays irá virar Glassdoor em 26 de junho. Saiba mais
  • Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas
Ver salários em empresas similares
Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG) logo

Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG)

4.0

Salários de Analista de Seguridade Social na Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG)

Ver todos os salários

Ver salários publicados:

Salário médio bruto

3 Postados

R$ 3.125/mensal

min. máx.

R$ 2.895 R$ 3.397

Gráfico de variação salarial

Não existem dados suficientes para exibir o gráfico.

Saiba mais
* Valores de salários são aproximados, em valores brutos e incluem somente remuneração fixa. Todos dados são postados por usuários do Love Mondays, sendo que as empresas não necessariamente endossam ou concordam com os valores aqui mostrados. Salários postados há mais de 4 anos não são publicados e os demais são corrigidos conforme inflação anual.

Buscas Relacionadas: Todos os salários de Analista de Seguridade Social Todos os salários desta empresa

O salário médio para Analista de Seguridade Social é de R$ 3.125/mensal na empresa Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG). Esta estimativa tem base em 3 salário(s) postados pelos funcionário(s) da Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG) que trabalham como Analista de Seguridade Social. Veja como esse salário se compara com a média salarial de Analista de Seguridade Social no mercado.

Benefícios na Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG)

Seguro de vida 1 avaliação

É o seguro padrao de estagio.

Receber vagas no seu email

Salários Similares


Veja todos os salários de Analista de Seguridade Social

Informações da empresa

Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG)

Descrição:O Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG) tem por finalidade prestar assistência médica, hospitalar, farmacêutica, odontológica e social a seus beneficiários, gerir o regime próprio de previdência nos termos da Lei Complementar nº 64, de 25 de março de 2002, e do Decreto nº 45695, de 12 de agosto de 2011.

Site