Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Igreja Universal do Reino de Deus?

20 postagens (2 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

4.50
  • Remuneração e benefícios
    4.50
  • Oportunidade de carreira
    3.00
  • Cultura da empresa
    3.50
  • Qualidade de vida
    4.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há aproximadamente 1 ano

    Uma empresa razoavél para se trabalhar.

    RepórterEx-funcionário, saiu em 2014

    Ribeirão Preto, SP


    Prós: A empresa disponibilizava um bom ticket e sempre foi muito pontual com os pagamentos dos funcionários. Em quatro anos de empresa, nunca atrasou o salário.

    Contras: Por ser uma empresa religiosa, era muito rígida. Não existe a possibilidade de crescimento hierárquico e o salário pago a todas as funções é sempre o piso.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    AdvogadoEx-funcionário, saiu em 2014

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Funcionários são boas pessoas. A empresa paga os salários em dia.

    Contras: Não investem nos funcionários, não dão cursos, não ajudam a pagar graduações, pósgraduações, etc. Não dão o mínimo necessário, por exemplo: sabonete no banheiro, café, falta toalha ou papel para enxugar as mãos etc. Nem no Natal eles deram alguma coisa. Não tem Participação nos Lucros, incentivos, premiações, nada... Por mais que você pague um curso para fazer tem que ser depois do horário dos expediente. Funcionários estão oprimidos, frustrados e estressados, tanto é verdade que até o plano de saúde aumentou o desconto em folha em aproximadamente 70% devido ao crescimento do nível de sinistralidade entre os colaboradores. Só quem se dá bem são os coordenadores (que ganham bem e possuem certos privilégios) , os parentes e esposas de pastores que acabam ganhando até mais que outros colaboradores que possuem mais cursos e graduações. Há verdadeira acepção de pessoas. Só querem conter despesas, mas quando é para gastos que satisfaçam os caprichos da Diretoria e os pastores aí tem dinheiro de sobra. Até a anuidade dos advogados eles dividiram em 10 vezes, o que não necessitaria pois dinheiro não falta e todos ali tem exclusividade. Criam celeumas desnecessárias. Não sabem ceder e averiguar o que é razoável. Tudo é ao extremo. Confundem o lado espiritual com o lado profissional. Só exigem, mas não conseguem fazer o bem para os colaboradores. Até aquilo que eles poderiam fazer para agradar, não fazem. Eles não estão nem aí para o que dizem deles. Afinal de contas eles tem poder, muito dinheiro e influência. Até porque o dinheiro sempre está entrando!

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 7 dias

    Ótima Oportunidade.

    Assistente Administrativo

    São Paulo, SP


    Prós: Seriedade, Disciplina, Respeito, Bom local de trabalho. Um bom lugar para se aprender, com foco e determinação. Não requer religião e sim empenho no trabalho exercido.

    Contras: Falta de Oportunidade para um crescimento profissional. Pontos negativos, não tem muito. Porem a falta de oportunidade de crescimento, deixa a desejar.

    Conselhos para presidência: Pontualidade. Seriedade Respeito

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 3 meses

    Instituição competente que zela por seus compromissos

    Supervisor

    São Paulo, SP


    Prós: Excelente empresa para se trabalhar, onde todos são respeitados, independentemente se frequentam a Igreja ou não. Salários e benefícios pagos sempre adiantados.

    Contras: Ainda estou conhecendo a Instituição, é um pouco cedo para tecer comentários nesse sentido. Para esse tipo de avaliação é necessário conhecer melhor para não ser leviano nas colocações.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 2 anos

    otima instituição religiosa e de carater limpo

    Pastor

    São José dos Campos, SP


    Prós: Tudo é muito bom servi a Deus.no altar e ve as pessoas sendo beneficiada.por este trabalho maravilhoso que eu exerço me sinto.abençoado por isso.

    Contras: as pessoas que nao se convertem e vivem dentro da igreja de ipocrisia se escondendo atras da palavra de Deus.

    Conselhos para presidência: Continue assim que estamos no caminho certo.vai arrebentar.kkkkkk

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 2 anos

    Frustração

    AprendizEx-funcionário, saiu em 2013

    Manaus, AM


    Prós: Pessoas verdadeira que lá conheci e até hoje são minhas amigas.

    Contras: A indiferença dos pastores em relação aos funcionários. Péssimos patrões.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    rapida

    Produtora

    São Paulo, SP


    Prós: comparado com o mercado, ta pagando melhor. dá bastante benefícios, carga horária boa também.

    Contras: acho um pouco desorganizada, sem olhar muito pros funcionarios.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 2 anos

    Péssimo

    AdvogadoEx-funcionário, saiu em 2015

    São Paulo, SP


    Prós: Salario e Benefícios, ambiente de trabalho

    Contras: Não há possibilidade de crescimento profissional ou evolução de cargo

    Conselhos para presidência: Avaliação e reconhecimento

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    Sem visão de crescimento

    Jovem Aprendiz AdministrativoEx-funcionário, saiu em 2015

    Salvador, BA


    Prós: Tem um cunho evangélico, e receptivo.

    Contras: O salário muito baixo, descontos altos. Ambiente as vezes cansativo. Não recebia vale alimentação. Sem visão de crescimento.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    Regular

    Estagiário

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: Ambiente de trabalho respeitoso, bons profissionais, reconhecimento.

    Contras: Baixa remuneração, reconhecimento tardio, condições de trabalho desfavorecidas diante do mercado de trabalho.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Igreja Universal do Reino de Deus

Descrição:A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) é uma igreja evangélica neopentecostal, com sede no Templo de Salomão, na cidade de São Paulo. Fundada em 9 de julho de 1977, pelo Bispo Edir Macedo e seu cunhado Romildo Ribeiro Soares, tornou-se o maior e principal grupo neopentecostal do Brasil. Tem mais de seis mil templos e 1,8 milhões de fiéis no Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e quase 10 mil pastores. Está presente, segundo a instituição, em mais de 200 países, sendo mais disseminada nas nações de língua portuguesa. É a 5ª maior instituição no Brasil, sendo a 4ª maior igreja protestante e a 29ª maior denominação religiosa no mundo com seis milhões de pessoas.

Site

RH: quer atrair bons talentos?