Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Hospital Pequeno Príncipe?

Ver todas as avaliações

  • Há aproximadamente 3 anos

    crescimento e gratificação profissional

    CoordenadorEx-funcionário, saiu em 2012

    Curitiba, PR


    Prós: Trabalhar no Pequeno Principe foi gratificante trabalhei 29 anos e 7sete meses aprendi e ajudei muito as crianças e familiares nos momentos mais difícil da vida deles , mais também a do hospital que também vivi e ajudei a superar as fases difícil que o hospital passou . Na época era tudo pela criança AMOR A CRIANÇA . Infelizmente não faço mais parte desta empresa , mais se um tivesse a oportunidade de trabalhar de novo iria sem pensar , pois eu amava trabalhar .

    Contras: dar oportunidade de escutar os funcionários que vestiram a camisa e o que poderia melhorar e acompanhar a evolução atual e valorizar os funcionários que fizeram esta empresa crescer e deixar que estes funcionários são capazes de acompanhar a evolução com qualidade.

    Conselhos para presidência: que antes de tomar atitudes sempre ouvir e valorizar aqueles funcionários que muitas vezes não damos a oportunidades de expressar este funcionário pode ter qualificações extraordinárias para o sucesso da empresa.

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

Hospital Pequeno Príncipe

Descrição:O maior complexo pediátrico de média e alta complexidade do país oferece diversos serviços em saúde para crianças e adolescentes (do nascimento até os 18 anos). O hospital conta com um qualificado corpo médico que oferece consultas ambulatoriais em diversas especialidades. Trabalha com algumas das mais modernas técnicas de diagnóstico, com equipamentos de ponta. Além disso, oferece cirurgias, transplantes, tratamentos e terapias. A unidade conta ainda com serviço de prevenção a doenças, dispondo de um Centro de Vacinas – adulto e infantil – que tem a mesma filosofia e política de qualidade do Hospital. E possui um Centro de Imagens com equipamentos de ponta, que apoiam nos processos de diagnóstico dos pacientes. A instituição tem 390 leitos para internamento e quatro UTIs. No Hospital Pequeno Príncipe o atendimento não é a simples soma das atuações de cada especialidade, os serviços se integram e se complementam.

Site

RH: quer atrair bons talentos?