Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Hospital Erasto Gaertner?

28 postagens (1 avaliação nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

4.00
  • Remuneração e benefícios
    1.00
  • Oportunidade de carreira
    4.00
  • Cultura da empresa
    4.00
  • Qualidade de vida
    4.00

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há quase 2 anos

    Humanismo ciência e afeto

    Técnico em Enfermagem

    Curitiba, PR


    Prós: O ambiente as pessoas a fazem do hospital ser o que se sente

    Contras: Infelizmente a demanda de pacientes e mto maior q o ideal pois se estivéssemos mais estruturas poderia os atender mais e melhor

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    humanismo e afeto

    Analista de Recursos Humanos (RH)

    Curitiba, PR


    Prós: Humanismo, afeto, respeito para com o paciente

    Contras: Falta de recursos; alguns supervisores despreparados

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    Com um grande potencial para se tornar muito maior

    Funcionário

    Curitiba, PR


    Prós: É um lugar que realmente se importa com o bem estar dos funcionarios e pacientes

    Contras: a falta de um bom marketing para que o hospital consiga mais doaçoes

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 3 anos

    Sempre melhorando... Para melhor atender nossos maiores tesouros nossos "pacientes"...

    Ouvidoria

    Colombo, PR


    Prós: O companheirismo... O senso de querer o bem do paciente

    Contras: Não temos pontos negativos,... Temos algumas dificuldades como toda instituição...

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 3 anos

    Aprendizado

    Funcionário


    Prós: Aprendizado constante, crescimento profissional e pessoal gratificantes.

    Contras: Muitos pacientes para poucos profissionais.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 mês

    Bom ambiente, profissionais qualificados e ótimos tutores

    Estagiário

    Curitiba, PR


    Prós: Pacientes são gratos aos seus fisioterapeutas por cuidarem deles e tratar suas patologias da melhor maneira possível. Afim de atingir os melhores resultados

    Contras: Os voluntários não recebem auxílio transporte ou alimentação. A palestra introdutória para iniciação das atividades dos colaboradores, apesar de ser anunciada como obrigatória, não é exigida de fato, o tema principal, referente ao controle de infecções hospitalares acaba não sendo esclarecido a todos.

    Conselhos para presidência: Tornar o atendimento no setor de fisioterapia ambulatorial focado em pacientes individuais, e não por protocolos padrões.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 2 anos

    Excelente ambiente de trabalho, porém, sem incentivo ao desenvolvimento do profissional.

    Ex-funcionário, saiu em 2014

    Curitiba, PR


    Prós: Colaboradores que têm bastante tempo de casa, benefícios (alimentação no local, estacionamento, planos de saúde), incentivo ao trabalho em equipe, missão bem clara, equipes trabalhando com clareza qual seu papel na missão.

    Contras: Salários aquém do mercado, funcionários de alto escalão 'encostados' em cargos que não contribuem para o crescimento da empresa, falta de transparência na promoção.

    Conselhos para presidência: Ser mais transparente com os colaboradores a respeito de promoções, investir mais na carreira para não perder talentos, abrir mão de de políticas que não têm aderência à missão e visão.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 3 anos

    É um lugar fácil de se amar !

    Funcionário

    Curitiba, PR


    Prós: É uma empresa ótima de se trabalhar. As pessoas se tratam com muito amor. A verdade é que todos me perguntam: "como consegue trabalhar em lugar tão triste? De triste não basta a vida? " Eu sempre respondo que eles tem uma ideia muito ruim de um hospital oncológico. Os funcionários tentam tornar o hospital um lugar alegre. Apesar de todo o sofrimento envolvido em um tratamento contra o câncer existe sempre o sorriso que acalma, o abraço que aconchega e a palavra amiga que podemos ofertar. É um trabalho onde você tem que oferecer um pouco de si.
    No setor de nutrição dá o máximo de si. Todos preparam os alimentos, suplementos e entregam as dietas com a maior satisfação. As cozinheiras cozinham super bem. As nutricionistas fazem de todo coração um bom atendimento, para que o paciente receba um bom suporte nutricional e não saia desorientado do hospital. Como todos se ajudam as coisas ficam bem mais fáceis. Amo o meu serviço.

    Contras: A falta de recursos é um problema a ser enfrentado, já que o hospital é filantrópico. A falta de materiais é ruim, pois muitas vezes prejudica o setor. Mas apesar de tudo isso o atendimento não deixa de ser bom.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há quase 3 anos

    HEG aprendizado e saudades pra vida toda...

    EnfermeiroEx-funcionário, saiu em 2013

    Curitiba, PR


    Prós: 1. Oportunidade de aprendizado e crescimento;
    2. A convivência com os pacientes oncológicos num hospital filantrópico que presta serviços pro SUS, tem pacientes diferenciados, carentes de afeto, gratos e valorizam o atendimento que recebem;
    3. Os colaboradores trabalham com a consciência de que seu trabalho é importante e valorizado pelos pacientes;
    4. Quem sai da instituição, fica com saudades ou quer voltar a trabalhar;
    5. Equipe multiprofissional de qualidade, profissionais qualificados.

    Contras: 1. Algumas chefias são inflexíveis, usam do poder para assediar moralmente o colaborador;
    2. Os recursos angariados pelas doações demoram a chegar ao destino final;
    3. Morosidade em terminar a construção do prédio anexo, onde é para funcionar o novo ambulatório;
    4. O salário é baixo;
    5. A jornada de trabalho é cansativa e os pacientes são bastante dependentes;
    6. A algum tempo não suporta a demanda de pacientes, fazendo com que as consultas, realização de exames e cirurgias demorem;
    7. A Direção e Superintendência deveria ser composta por outros profissionais além de médicos;
    8. Pacientes de convênio ou particular fazem o primeiro atendimento na instituição depois são orientados a dar continuidade em instituições concorrentes na qual atuam alguns profissionais responsáveis pelo paciente.

    Conselhos para presidência: 1. Valorizem os profissionais que realmente vestem a camisa da empresa, nem sempre é o funcionário mais antigo, ele pode ter permanecido na instituição por puro comodismo;
    2. Escutem os colaboradores e valorizem suas idéias, ouvindo-os, colocando a ideia em prática e divulgando e se possível presenteando o autor da ideia com algo simbólico, uma folga em uma data escolhida por ele;
    3. Permitam que outros profissionais além de médicos participem do Conselho, Gerência e Superintendência;
    4. Forneçam benefícios a quem merece, não falta, não atrasa,etc.
    5. Deem prioridade as obras iniciadas, principalmente a do prédio anexo;
    6. Instituir o cargo de auditor fiscal de doações seja material ou financeiro, para certificação destino das mesmas.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 1 ano

    Combatendo o câncer com grande competência, mas temdo que lidar com os próprios tumores.

    GestorEx-funcionário, saiu em 2007

    Curitiba, PR


    Prós: Apesar de sem fins lucrativos, é uma empresa de grande porte. Tive a experiência de participar diretamente das reuniões da superintendência e ter acesso à cúpula executiva e deliberativa da instituição, o que é uma experiência muito enriquecedora.

    Contras: Alguns setores da instituição funcionam como feudos, sob a custódia de gestores quase ditatoriais, que repousam há décadas sobre o cargo. Há vertentes de poder que guerreiam entre si e procuram se sabotar, comprometendo a sinergia dos processos. Alguns profissionais, apesar de trabalharem numa organização lastreada no humanismo como grande valor, por vezes acabam por ter atitudes desumanizadas em relação aos seus subordinados diretos e indiretos.

    Conselhos para presidência: Muitas vezes a solução para problemas estratégicos e para a melhoria podem já fazer parte da equipe. É importante apostar mais nos "santos de casa".

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Hospital Erasto Gaertner

Descrição:Mesmo sem ter sido oficialmente inaugurado, o tratamento de pacientes com câncer acontecia desde 1970 quando Paulo Pimentel, governador do Paraná, doou uma bomba de cobalto, que permitia realizar 47 sessões de radioterapia por dia. Com o esforço da comunidade e voluntariado, foi possível reunir recursos para finalizar e inaugurar efetivamente o Hospital Erasto Gaertner, em 8 de dezembro de 1972.

Site

RH: quer atrair bons talentos?