• Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
  • Vagas
Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Hogarth Worldwide?

14 postagens (10 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

2.80
  • Remuneração e benefícios
    2.90
  • Oportunidade de carreira
    2.40
  • Cultura da empresa
    2.80
  • Qualidade de vida
    2.50

Recomendam a empresa a um amigo


  • Há 7 meses

    Uma empresa que não valoriza o funcionário

    Coordenador de TIEx-funcionário, saiu em 2018

    São Paulo, SP


    Prós: Oportunidade de praticar o inglês. O escritório em São Paulo tem uma vista incrível para a cidade, em um bairro interessante, próximo de diversos restaurantes.

    Contras: O RH e a diretoria não valorizam expertise, tampouco prezam por trabalho duro e dedicação. Na cultura da Hogarth, os funcionários são meros peões no xadrez jogado pela diretoria, que tem um projeto de poder pessoal, mesmo que isso possa custar empregos e quebrar a empresa.

    Conselhos para presidência: A gestão da empresa no Brasil precisa ser substituída. Não há porque dar conselhos, pois não serão escutados.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 5 meses

    Dessas duas estrelas apenas 0.5 vai pra empresa, o resto é para os funcionários que se dedicam de verdade.

    Developer Backend PlenoEx-funcionário, saiu em 2018

    Porto Alegre, RS


    Prós: Funcionários trabalham com gosto e vontade de melhorar. A empresa possui muitos recursos muitas vezes essenciais. Contato direto com pessoas do mundo todo e com clientes gigantescos, proporcionando uma ótima experiência em questao de trabalho e oportunidades.

    Contras: Infelizmente todos os pontos positivos se devem aos próprios funcionários. Diretores não sabem o que fazem; se dão promoções arbitrárias para serem "levados mais a sério" por clientes e outras filiais no mundo. Plano de salário não existe (apesar de venderem muito a ideia) e funcionários vistos como juniores ganham promoções apenas para serem manipulados e usados até que não possam mais servir para a empresa. Apesar de fazerem parte de uma enorme organização não conseguem se manter íntegros a escolhas feitas semanas antes. Promessas de alimentos e promoções são esquecidas no enorme vácuo que existe entre funcionários e a cúpula diretora. O ego é alimentado de maneira abissal, tornando duas áreas (financeiro e processos) inimigas porque um lado não aceita e não acolhe decisões tomadas em conjunto. Lembra que os funcionários que são responsáveis pela maior parte do que é legal? Se um funcionário for abertamente machista, sexista e intolerante a mudanças ele possui grande possibilidade de promoção, aumento, prestígio e inflação de ego, tudo que ele precisa pra subir na cadeia e se tornar mais um da cúpula diretora que se retroalimentação do suor dos funcionários enquanto os faz se sentirem mal por questionar a empresa que tanto lhes dá.

    Conselhos para presidência: Ouçam os funcionários: se 50% está insatisfeita com algo isso não quer dizer que metade da empresa é ingrata e não veste camisa. Apenas quer dizer que metade caiu nas mentiras e não pensa em melhorar, apenas seguir aquele que fala mais alto.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 9 meses

    Tem potencial para ser melhor.

    Desenvolvedor Front-end Pleno

    Porto Alegre, RS


    Prós: A empresa oferece uma oportunidade boa de trabalhar com clientes internacionais e aprender tecnologias novas em um ambiente colaborativo com pessoas bacanas.

    Contras: Burocracia pra tudo cada vez maior, muitas vezes impedindo o funcionário de realizar o trabalho de uma forma leve, prática e direta. Salários abaixo da média do mercado e a oportunidade para promoções e aumento de salário funcionam de forma bem burocrática e demorada. A empresa se vende como "especialista" ou "certificada" em determinadas tecnologias, sem se quer de fato, ter equipe qualificada para os mesmos, gerando transtornos na equipe quando estes trabalhos são recebidos. Outro ponto muito negativo é o RH em Porto Alegre, simplesmente não existe, é péssimo, desinformado e sem preparação alguma para lidar e dar suporte aos funcionários, sendo inclusive, mal educado algumas vezes.

    Conselhos para presidência: Mudem o RH, menos burocracia pra tudo se possível e valorizem mais os funcionários que já estão na casa.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 9 meses

    Ninho de Cobras e Ambiente Machista

    Ex-funcionárioEx-funcionário, saiu em 2017

    São Paulo, SP


    Prós: Grande potencial para se tornar uma empresa séria caso mudem a diretoria; Contato com funcionários em países de fora é bom para praticar línguas; Empresa oferece aulas de inglês e festas regulares; Boa infraestrutura.

    Contras: Empresa com RH absolutamente cego e ineficaz; Salários muito abaixo da média; Não valoriza trabalho de verdade; Valoriza imagem, acima de tudo; Empresa guiada por narrativas, e não por fatos; Pouco respeito a mulheres; Ninho de cobras: todo cuidado é pouco.

    Conselhos para presidência: Mudar completamente o corpo da diretoria da empresa no Brasil

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 9 meses

    Uma ilusão de ótica para pensar fora da caixa.

    Motion Designer

    Porto Alegre, RS


    Prós: Ambiente tranquilho para trabalho, horários flexíveis, ótimos benefícios em frente ao mercado, Pessoas criativas e talentosas, estrutura para se trabalhar, desde que seja "funcional" para a empresa.

    Contras: A Hogarth tem uma fachada muito bonita ao se vender, mas precisa realmente vender os sonhos dos clientes com segurança e a qualidade esperada, por mais qualificadas que sejam as pessoas existe uma barreira burocrática e um desejo errôneo de se vender aquilo que ainda não se sabe, como se fossemos totalmente capazes de executar, isso passa mais a frente uma insegurança para os clientes quando percebem essa falha. A burocracia as vezes impede a resolução de coisas simples, falta um bom senso. A excelente capacidade dos funcionários como profissionais as vezes é frustada pelo simples fato de não existir um braço firme que acredite no potencial de cada um e brigue por isso, prejudicando muito a qualidade de algo que poderia ser belo, mas infelizmente se torna algo simples e "feio" num modo geral. Não existe um plano de carreira sólido e uma perspectiva clara sobre o futuro, Salários abaixo do esperado para uma empresa "global", Constante rotatividade de profissionais de grande gabarito pela falta de apoio para os mesmos, levando a contratações desesperadas de alguns profissionais não qualificados, prejudicando o andar da carruagem. RH falho e desorganizado.

    Conselhos para presidência: Eu gostaria muito de ver o nome Hogarth ser bem quisto por ai, tem toda a estrutura e profissionais capacitados para isso, mas precisa corrigir os aspectos negativos, deixar as coisas mais simples, vender somente o necessário, mas com qualidade, abraçar mais os projetos com soluções internas pois temos capacidade pra isso, investir nos funcionários de uma maneira sólida focando em algo concreto e não exigir centenas de certificados que vão valer apenas para um trabalho, temos cabeça, temos vontade, só falta tentar!

    Recomenda a empresa: Não

  • Há 9 meses

    Potencial para melhorar

    Funcionário

    Porto Alegre, RS


    Prós: Oportunidade de trabalhar com clientes internacionais. O ambiente de trabalho agradável, com uma equipe bacana e multidisciplinar. O escritório é bem localizado.

    Contras: Muita burocracia na hora de reconhecer e valorizar os funcionários. Existe um plano de carreira que o próprio RH não sabe explicar. As avaliações são anuais e os feedbacks bastante vagos. Isso acaba por frustrar as expectativas dos funcionários em relação a aumento de salários e promoções.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há 9 meses

    Clima bom, porém com muita burocracia, pouca transparência e excessivamente orientada a resultados

    Digital Project ManagerEx-funcionário, saiu em 2018

    Porto Alegre, RS


    Prós: Ambiente agradável, confortável e com uma considerável diversidade de atividades, por ter um perfil semelhante a uma produtora de conteúdo, o que permite a pessoas de diferentes meios de atuação conhecerem outros e até trocar de carreira, se for o caso.

    Contras: Infelizmente, devido ao tamanho da empresa (apenas um de vários escritórios globais, em uma empresa que pertence a um grupo ainda maior), há muita burocracia, que em diversos momentos parece desnecessária. Tal burocracia torna diversas tarefas maçantes e intermináveis. Além disso, há um sério problema de falta de transparência em praticamente todos os níveis hierárquicos. Funcionários "rasos" dificilmente fazem parte ou sequer tomam conhecimento de muitas das decisões tomadas pela direção, pelos seus supervisores ou até, em alguns casos, pelos seus superiores imediatos. Por fim, parece haver uma orientação excessiva a resultados, em diversos momentos deixando de lado o ambiente de trabalho e o bem estar dos funcionários.

    Conselhos para presidência: Mais transparência, mais liberdade criativa para a equipe e maior foco no bom ambiente de trabalho e bem estar dos funcionários.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 1 ano

    Boa, mas precisa crescer em valores (ou recuperá-los)

    Funcionário

    São Paulo, SP


    Prós: horário flexível, variedade de jobs e clientes da gringa, viagens internacionais. A vista do prédio é sensacional e a nossa infraestrutura é ótima. benefícios muito bons, vale-refeição é alto e corresponde à necessidade pra região em que estamos.

    Contras: Ambiente muito competitivo, as pessoas confundem amizade e trabalho. já houve muitos casos de "queimação de filme do amiguinho" na empresa, e a diretoria é conivente ou não tem um olhar 360 pra notar isso a fundo. Rotatividade em alguns cargos é alta, estagiários não tem voz, e RH não é bom. Muita gente acostumada à cultura de apontar culpados, em vez de resolver problemas, o que não é nada saudável.

    Conselhos para presidência: Recuperar os valores da empresa de 4 anos atrás, quando os gringos ainda tomavam conta dela. Não adianta cobrar na teoria, mas não praticá-los. Os funcionários precisam do exemplo. Por favor, revejam a equipe de recursos humanos. Isso tem contado muito para a atmosfera do nosso local de trabalho.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 1 ano

    Lugar de alta rotatividade. Pouco inspirador.

    Digital Project ManagerEx-funcionário, saiu em 2017

    Porto Alegre, RS


    Prós: Equipe bem selecionada. Pessoas de alto nível e bons colegas. Todos de bom humor. Bom suporte ao colaborador. Horários flexíveis, sem preocupações com horários de chegada e saída.

    Contras: Absolutamente nenhum feedback nem rotinas para tal. A Hogarth não se preocupa em dizer o melhor caminho que o colaborador pode seguir, se limitando a usar de ameaça e de poucas informações para uma melhora. Não existe nenhum plano de carreira sólido e tampouco remuneração variável baseada em metas.

    Conselhos para presidência: Troquem o RH, que é absolutamente desrespeitoso e passem a oferecer remuneração variada, além de coaching para os funcionários.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há quase 2 anos

    Funcionário


    Prós: Contato diário com colegas e trabalhos internacionais. Colegas capacitados e bons recursos disponíveis.

    Contras: Gestão fraca. Alta exigência de qualidade aos funcionários com falta de incentivos. Não existe plano de carreira e tampouco alguma vantagem variável de acordo o resultado obtido. As várias entregas diárias não são exaltadas como mérito, no entanto um pequeno erro é escalado e mostrado a toda diretoria. O máximo que se consegue ao trabalhar duro é um prêmio de funcionário do mês. As poucas rodadas de feedback se tornam inúteis. A alta rotatividade dos funcionários é eminente.

    Conselhos para presidência: Criem um sistema de remuneração variável atreladas a objetivos claros de melhora. Cuidem dos funcionários com rodadas de feedback eficientes. Desistam desse RH da era industrial e modernizem a a gestão com processos modernos.


Informações da empresa

Hogarth Worldwide