Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Grupo Verzani & Sandrini?

Ver todas as avaliações

  • Há quase 2 anos

    Sobre trabalhar na Verzani e na área da segurança.

    Atendente

    São Paulo, SP


    Prós: Gosto de trabalhar na Verzani porque me proporciona um grande aprendizado em observação comportamental. Lido com pessoas e estou sempre aprendendo. Fico feliz por me terem me dado uma oportunidade em tempo de crise, em que o emprego está difícil, depois de muitas e muitas entrevistas malsucedidas. Também gosto de trabalhar na escala 12x36, que me proporciona vários dias livres pra dedicar a outras atividades.

    Contras: Trabalhar 12 horas em pé é bastante cansativo; A empresa faz discriminação contra homens que usam barba, além de limitar os cortes de cabelo. Tudo isso vai contra a liberdade individual. Creio que, se o funcionário usar e cuidar de seu uniforme, mantendo a higiene, não há porque ditar outros detalhes de sua aparência; Atrasam a entrega de benefícios e poderiam se organizar melhor quando um funcionário muda para um posto com regras, benefícios(incluindo ou excluindo VR e valores diferenciados de vale transporte) e uniforme diferentes. Alguns acabam tendo de tirar dinheiro da passagem do próprio bolso e não são reembolsados.

    Conselhos para presidência: Cuidar para que todos os postos recebam devida atenção dos seus inspetores. Alguns são quase ignorados.

    Recomenda a empresa: Sim

Informações da empresa

Grupo Verzani & Sandrini

Descrição:Em atividade desde 1967, o Grupo Verzani & Sandrini tornou-se referência nacional na prestação de serviços. Composta atualmente pelas empresas VS Serviços, VS Segurança, VS Tech e VS Parking, a Companhia atua em todo o Brasil e já conta com mais de dois mil postos de atendimento, além de 26 mil colaboradores – números que não param de crescer. Para garantir a satisfação de seus clientes, o Grupo VS tem se dedicado a desenvolver soluções completas, baseadas em altos padrões de qualidade e ampla tecnologia.

Site

RH: quer atrair bons talentos?