Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Grupo RBS?

217 postagens (46 avaliações nos últimos 12 meses)


Satisfação geral dos funcionários

3.65
  • Remuneração e benefícios
    3.24
  • Oportunidade de carreira
    3.20
  • Cultura da empresa
    3.29
  • Qualidade de vida
    3.24

Recomendam a empresa a um amigo



  • Há mais de 2 anos

    Grande aprendizado cheio de desafios (se você aguentar a pressão)

    Coordenador de Planejamento e MarketingEx-funcionário, saiu em 2014

    Florianópolis, SC


    Prós: Na RBS você é obrigado a delegar funções, ou não resiste à pressão do dia-a-dia. Desta forma, estagiários e analistas acabam trabalhando tanto e tendo tantas responsabilidades quanto coordenadores e gerentes. A rede de comunicação entre todas as unidades em diversas cidades é sensacional, e o peso da marca da empresa abre portas para o profissional no mercado.

    Contras: Pressão e cobrança constante por resultados. A RBS é uma grande planilha de excel, que precisa sempre estar mostrando lucro a qualquer custo. Para se ter uma ideia, até o RH precisa dar lucro pra empresa, imagine outros departamentos como planejamento e comercial.Não há parcerias entre setores e empresas do mesmo grupo, pois ninguém quer perder dinheiro.

    Conselhos para presidência: Entendo que o lucro está acima de tudo em qualquer empresa, mas a política atual do grupo está fazendo com que as empresas irmãs briguem entre sí, acabando com as parcerias entre veículos, planejamento, eventos e corporativo. Não há mais união nos trabalhos e muitas vezes, empresas do próprio grupo criam produtos concorrentes uma da outra, buscando o lucro inteiramente pra si, e dando prejuízo duplo para o conglomerado de empresas.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há aproximadamente 3 anos

    Visão geral.

    Analista de SuporteEx-funcionário, saiu em 2014

    Porto Alegre, RS


    Prós: Boa visibilidade no mercado, área para lazer e jogos, bar interno para lanches (café da manhã, almoço e janta), patrocínio em eventos, incentivo a realização de cursos (Pago por você mesmo kkk), caf (clinica media da RBS). código de ética da RBS (para realização de denuncias anonimas ou não), programa "valeu" RBS .

    Contras: Gestores, supervisores e lideres medíocres, almoço e janta com comida péssima mesmo, código da RBS não funciona (tem gestores com mais de 3 denuncias no conselho e nada se faz), ponto eletrônico pode ser manipulado pelos gestores (se ele quiser apagar todas aqueles tuas horas extras sabe?!... ele pode), troca de horários frequentes com muitas vezes sem aviso, tu descobre no dia, rotatividade de funcionários extremamente grande, comercio de "valeu" (programa valeu da RBS) dentro da empresa para troca de brindes, menor aprendiz fazendo trabalho de pessoas já formadas, empresa que pouco elogia e que muito critica.

    Conselhos para presidência: O conselho que eu daria é de supervisionar o que gestores estão fazendo, pois... 90% deles não estão alinhados com os valores da empresa e fazem do modo deles e não do modo da empresa, muitas vezes terceirizando o seu trabalho para um subordinado, assim ficando livre de qualquer responsabilidade. Monitore o programa "valeu RBS", pois... existe um comercio por traz dele dentro da empresa, certifique-se que sua palavra chegue até as potas, tem setores dentro da empresa que nunca viram uma vídeo conferencia. monitore o RH, chamados de denuncia nunca são apurados ou dado retorno, quando se da, demora meses a resposta,.Fale menos e faça mais.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 3 anos

    Muito bom

    Assistente

    São Paulo, SP


    Prós: Clima empresarial excelente

    Contras: Falta de oportunidades para crescimento

    Conselhos para presidência: Expandir a área de ação em São Paulo

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    É um lugar bom para passar mas não para ficar.

    EstagiárioEx-funcionário, saiu em 2013


    Prós: Trabalhar em um grupo tão grande dá um peso legal ao currículo.

    Contras: Quando você passa no processo seletivo entra na empresa quase entra em choque com a realidade interna.

    Existe um abismo no desalinhamento do discurso da presidência e a prática na empresa, observando o comportamento dos líderes (supervisores, coordenadores e gerentes) o desalinhamento é chocante. Apesar da empresa adotar práticas para o reconhecimento dos funcionarios, essas práticas esbarram em gestores que não querem ver os colaboradores reconhecidos porque: 1) o aumento de salário tem impacto no desempenho do setor e o líder será cobrado por isso; 2) se o funcionario apresenta um consistente desempenho acima da média ele será promovido, o que pode nao ser interessante pro líder; 3) a pressão exercida nos gestores para o atingimento de meta de curto prazo limita (quase totalmente) a capacidade destes de promoverem a cultura interna conforme o discurso da empresa, de obter resultados consistentes de médio e longo prazos e de promover uma avaliação correta dos colaboradores.

    Apesar da empresa tentar transparecer uma cultura interna jovem, ao estilo do vale do cílio, diversos níveis de colaboradores não estão alinhados com esses valores.

    Além disso, existem outros pequenos detalhes que por exigência legal não cabem ser mencionados aqui, mas quem estiver interessado em conhecer a realidade da empesa, pergunte a qualquer colaborador com mais de 6 meses de casa.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Muita exigência, pouco retorno

    Editor

    Florianópolis, SC


    Prós: Ambiente desafiador em constante busca de excelência.

    Contras: Cobrança exagerada sem reflexo da responsabilidade exigida no salário. Plano de meritocracia só funciona para cobrar e não para recompensar.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Pense no seu currículo e foca no resultado.

    Analista de MarketingEx-funcionário, saiu em 2013

    Florianópolis, SC


    Prós: Reconhecimento do mercado de trabalho.

    Contras: Sensação de trabalhar 7 dias por semana, 24 horas por dia.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Aprende-se muito e ganha-se pouco

    Analista de MarketingEx-funcionário, saiu em 2003

    Porto Alegre, RS


    Prós: Ambiente saudavel, colegas legais, aprendizado

    Contras: Salario baixo, beneficios ruins

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    Uma otima empresa, porem sem inspiracao para inovar e empreender.

    Analista

    Porto Alegre, RS


    Prós: Localizacao, colegas mto agradaveis, desafios e autonomia.

    Contras: instavel, se diz inovadora mas tem medo. Tomada de decisao eh lenta e cada vez somos mais burocraticos e lentos.

    Conselhos para presidência: Mais transparencia. Arriscar mais, permitir a empresa a criar, empreender.

    Recomenda a empresa: Sim

  • Há mais de 2 anos

    Amor e ódio

    Analista de Recursos Humanos (RH)Ex-funcionário, saiu em 2013

    Porto Alegre, RS


    Prós: Quem trabalha lá tem orgulho em fazer parte, há espaço para inovar e bons benefícios.

    Contras: As pessoas tornaram-se notas de avaliação de performance ambulantes. O clima é pesado, as coisas são feitas com urgência e logo perdem valor porque não foram bem planejadas.

    Conselhos para presidência: Planejamento, método, processo e de fato fazer o que é certo.

    Recomenda a empresa: Não

  • Há mais de 2 anos

    Boa para ter no currículo, ruim no dia a dia

    Repórter IIEx-funcionário, saiu em 2014

    Porto Alegre, RS


    Prós: Ter trabalhado no Grupo RBS conta muitos pontos no seu currículo. Isso porque por ser a maior empresa de comunicação do Sul do Brasil, ela é muito conhecida, respeitada e admirada. Bom plano de saúde.

    Contras: O mercado mudo muito nos últimos anos e as verbas também mudaram de mãos. Por isso, as redações foram enxugadas e quem ficou passa por uma enorme sobrecarga de trabalho, sendo avaliado e recompensando como quando o trabalho de um era feito por três. A hierarquia é outro problema, são tantos chefes que não se sabe quem de fato manda na sua unidade. Salário muito abaixo do mercado paulista e carioca. Não há políticas de banco de horas e quando havia não eram cumpridas.

    Recomenda a empresa: Não


Informações da empresa

Grupo RBS

Descrição:A RBS é líder na área de comunicação no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, produzindo conteúdo e entretenimento em rádio, televisão, jornal e plataformas digitais. Por meio de sua empresa digital, a e.Bricks, avançam para ser referência nas áreas de mídia digital, e-commerce segmentado e mobile, atuando em setores de alto crescimento, com modelos inovadores e gestão de excelência. Com participações e associações, estendem suas operações para a área de educação executiva com o trabalho da HSM, reconhecido em todo o país. Inspirados por seu fundador, acreditam que o crescimento só é possível se considerar a dimensão humana. São as pessoas que transformam sonhos em realidade. Nas últimas cinco décadas, a trajetória do Grupo RBS foi construída por pessoas que Compartilharam grandes desafios. Essa é a nossa força, porque sabemos que as nossas novas histórias serão do tamanho da paixão que formos capazes de inspirar.

Site

RH: quer atrair bons talentos?