Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Grupo Comunique-se?

Ver todas as avaliações

  • Há quase 3 anos

    Comunique-se

    ColaboradorEx-funcionário, saiu em 2014

    São Paulo, SP


    Prós: É um bom início profissional. O ambiente é familiar, temos um CEO à disposição, um evento trimestral para apresentação de resultados, além de lounge com puffs e videogame, happy hours e benefícios diferenciados. Também há ótimos profissionais por toda a empresa.

    Contras: É a cultura do "E Vamo Que Vamo" ao pé da letra: faça muito com pouco, do jeito que der e não reclame. Infelizmente, o bordão serve só para engajar os menos atentos.

    A empresa se diz jovem ao incluir happy hours mensais no calendário, ao proporcionar um ambiente descontraído, mas a direção ainda é bastante engessada e não reflete este espírito. Prega-se a cultura da liberdade, do ócio criativo e dos horários flexíveis, mas no dia a dia vemos que não é bem assim.

    A liderança do grupo tem uma visão de mercado interessante, mas peca na impulsividade. O desejo de atingir a maior área pelo menor custo possível passa do limite, prejudicando inclusive o que já conquistamos.

    Ser louco por qualidade faz parte dos valores da empresa, mas infelizmente não é bem assim devido à ausência de mais profissionais qualificados e à má gestão de algumas áreas.

    Recomenda a empresa: Não

Informações da empresa

Grupo Comunique-se

Descrição:O Grupo Comunique-se é um grupo de internet e comunicação, que detém as marcas Portal Comunique-se, Prêmio Comunique-se, Comunique-se Educação, Comunique-se Digital e RIWeb. A história do Grupo começou em 2001 com o lançamento do Portal Comunique-se, a maior comunidade virtual de jornalistas do país, com mais de 300 mil usuários. Em 2003 lançou o Prêmio Comunique-se, que atualmente é a mais prestigiada premiação jornalística brasileira. E em 2005, lançou o Comunique-se Educação, uma das mais completas instituições de ensino técnico no segmento de Comunicação Social no país.

Site

RH: quer atrair bons talentos?