• Vagas
  • Empresas
  • Salários
  • Entrevistas
Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Grupo Comunique-se?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 3 anos

    Comunique-se

    Funcionário

    Rio de Janeiro, RJ


    Prós: A flexibilidade de horários com certeza é um ponto a favor da empresa.
    A equipe que trabalho na minha opinião é a melhor que eu poderia estar e isso com certeza me deixa bem a vontade para produzir.

    Contras: A empresa diz ser transparente, mas na maioria das vezes só ficamos sabendo de algo tempos depois do acontecido, o que acaba prejudicando até o trabalho que poderia ser feito com uma qualidade maior se a informação a princípio tivesse ao menos sido repassada. É uma empresa de comunicação, mas que não se comunica! A falta de comunicação é fator risco desta companhia.
    Não há preocupação alguma se o funcionário esteja trabalhando 12 horas por dia, desde que entregue. Chega um momento em que o esgotamento se torna inevitável e com isso bons profissionais estão desistindo. Funções vão sendo acumuladas, mas o retorno financeiro permanece o mesmo. Costuma-se escutar "Vamos fazer mais menos". A ideia de se fazer mais com menos não é acumular funções e nem triplicar o serviço do colaborador com o intuito de otimizar recursos e gastos.
    Até começamos com gás total, mas com o passar do tempo, a falta de feedback e o fato de quase ter que ajoelhar pedindo pelo amor de Deus para que sejamos atendidos, faz com que desejemos jogar a tolha, por mais que o funcionário goste do faz.
    A falta de investimento em certas áreas é evidente e em outras apenas é ignorada. Só se consegue atenção e visibilidade quando se faz o que chamo de "marketing pessoal". Os colaboradores estão mais preocupados em se promover perante os seus superiores, do que fazer o seu trabalho da melhor forma possível. Na maioria das vezes aquele que de fato produz e traz benefícios reais são os que estão no anonimato. Os gestores deveriam prestar mais atenção nos colaboradores que agregam valor real para empresa e não naqueles que fazem "barulho" e no final não acrescentou quase nada para a organização.

    Conselhos para presidência: Invista mais em unidades que de fato vão trazer retorno para a empresa.
    Passe a prestar uma atenção maior para os colaboradores que realmente estão agregando valor para a organização.

    Recomenda a empresa: Não


    CEO da Grupo Comunique-se respondeu:

    Obrigado pelo retorno. Um dos pontos fortes do Grupo Comunique-se é a comunicação interna. Apesar do tamanho pequeno, uma empresa com 100 colaboradores, temos: 4 reuniões anuais de todos os funcionários com o CEO, para apresentação de todos resultados, incluindo faturamento e lucro da empresa, incomum em qualquer empresa. Adotamos o Google Plus como rede social corporativa e temos TV corporativa também.

    Um dos valores mais importantes do Grupo é a meritocracia. Por isso, temos um sistema de avaliação com regras claras, baseado em métricas de desempenho e um método para garantir que aqueles que performam e batem suas metas, sejam sistematicamente reconhecidos. Grande parte dos colaboradores receberam aumentos ou promoções no último ano.

    Além disso, adotamos dois 'rituais' para garantir o processo de feedback e reconhecimento: o PDI (Plano de Desenvolvimento Individual), que é uma reunião semestral com o gestor direto, onde todas as metas do próximo ano são acordadas em conjunto, e a reunião de gente, onde todos os colaboradores que batem suas metas, são avaliados pelos gestores e recebem aumentos e promoções.

    Como resultado disso, somos uma das melhores empresas para se trabalhar do Brasil (Great Place To Work) e temos uma taxa de turn over muito abaixo da indústria (1%).

Informações da empresa

Grupo Comunique-se

Descrição:O Grupo Comunique-se é um grupo de internet e comunicação, que detém as marcas Portal Comunique-se, Prêmio Comunique-se, Comunique-se Educação, Comunique-se Digital e RIWeb. A história do Grupo começou em 2001 com o lançamento do Portal Comunique-se, a maior comunidade virtual de jornalistas do país, com mais de 300 mil usuários. Em 2003 lançou o Prêmio Comunique-se, que atualmente é a mais prestigiada premiação jornalística brasileira. E em 2005, lançou o Comunique-se Educação, uma das mais completas instituições de ensino técnico no segmento de Comunicação Social no país.

Site

RH: quer atrair bons talentos?