Love Mondays


Ver avaliações para empresas similares

Como é trabalhar na Grupo Comunique-se?

Ver todas as avaliações

  • Há mais de 3 anos

    Muito a melhorar

    Colaborador

    São Paulo, SP


    Prós: Empresa jovem, o clima é descontraído apesar de ter a seriedade corporativa. Aqui não existe home office e os horários são pouco flexíveis, mas não vejo como coisas negativas.
    Tem muita gente divertida e o clima é bem "família".

    Contras: Corte de gastos em áreas importantes, para depois gastar em outras que não são tão necessárias. É realmente a empresa do "vai que dá". É melhor ter happy hour todo mês do que ter copo para café ou talheres...
    Algumas metas difíceis de serem alcançadas, impossibilitando o prometido PPR aos colaboradores.
    Outra coisa muito negativa é o fato de algumas unidades não se verem como uma empresa só. Muitas vezes, você precisa praticamente implorar para ter auxílio em alguma coisa. Por ser uma empresa em crescimento, é muito importante que todos conversem e tentem o seu melhor para ajudar uns aos outros. Acredito que seja um ponto para o RH tentar dar atenção.

    Conselhos para presidência: Mais atenção ao elogiar alguma pessoa/área por algo alcançado. Importante lembrar que meritocracia não é apenas uma questão financeira. Já melhorou muito, mas ainda falta um pouco de tato. Dar mais atenção, ser mais cuidadoso com as palavras e, principalmente, reconhecer devidamente, dando nomes, algo mais pessoal e menos "automático", fazer por fazer.

    Recomenda a empresa: Não


    CEO da Grupo Comunique-se respondeu:

    Olá! Antes de mais nada, obrigado pelo seu retorno. Vamos lá: na verdade, cortamos copos de plástico para água (e não café, como você colocou), não por 'corte de custos', mas sim por uma questão de sustentabilidade. Inclusive, havia na empresa dezenas de pacotes fechados, que foram doados. No lugar dos copos de plástico, demos a todos os funcionários garrafas ecologicamente corretas.

    Apesar disso, é de nossa cultura se incomodar (muito) com desperdícios. Há quatro anos que 100% dos resultados da empresa (lucros) são revertidos para os funcionários. Isso foi feito com aumentos e promoções, melhorias em benefícios e mudança para o novo escritório. E se a gente evita desperdício ou evita gastar com o que não vai fazer a diferença, sobra mais para todos, não acha?

    Os happy hours, que acontecem no máximo uma vez por mês, são uma iniciativa DE SEUS PRÓPRIOS COLEGAS. O Grupo Comunique-se nesse caso, contribui com uma pequena quantia em dinheiro, e o que falta seus próprios colegas se mobilizam e complementam de acordo com seus critérios. E o momento é sempre muito bacana, descontraído e todos gostam.

    Sobre os talheres, a empresa fornece tkt refeição para todos e ADICIONALMENTE, oferece uma área com mesas e cadeiras, para quem quiser trazer sua própria refeição e guardar o tkt para outras coisas. Mas os talheres, lavagem dos mesmos, pratos etc, é de responsabilidade de cada um. O que em nosso entendimento, parece justo e óbvio que seja assim. Uma opção para resolver essa questão seria eliminar a área de refeições. Assim todos usariam seus tkts para comer em restaurantes, que já oferecem talhares. Vamos avaliar essa opção.

    Olá! Antes de mais nada, obrigado pelo seu retorno. Vamos lá: na verdade, cortamos copos de plástico para água (e não café, como você colocou), não por 'corte de custos', mas sim por uma questão de sustentabilidade. Inclusive, havia na empresa dezenas de pacotes fechados, que foram doados. No lugar dos copos de plástico, demos a todos os funcionários garrafas ecologicamente corretas.

    Apesar disso, é de nossa cultura se incomodar (muito) com desperdícios. Há quatro anos que 100% dos resultados da empresa (lucros) são revertidos para os funcionários. Isso foi feito com aumentos e promoções, melhorias em benefícios e mudança para o novo escritório. E se a gente evita desperdício ou evita gastar com o que não vai fazer a diferença, sobra mais para todos, não acha?

    Os happy hours, que acontecem no máximo uma vez por mês, são uma iniciativa DE SEUS PRÓPRIOS COLEGAS. O Grupo Comunique-se nesse caso, contribui com uma pequena quantia em dinheiro, e o que falta seus próprios colegas se mobilizam e complementam de acordo com seus critérios. E o momento é sempre muito bacana, descontraído e todos gostam.

    Sobre os talheres, a empresa fornece tkt refeição para todos e ADICIONALMENTE, oferece uma área com mesas e cadeiras, para quem quiser trazer sua própria refeição e guardar o tkt para outras coisas. Mas os talheres, lavagem dos mesmos, pratos etc, é de responsabilidade de cada um. O que em nosso entendimento, parece justo e óbvio que seja assim. Uma opção para resolver essa questão seria eliminar a área de refeições. Assim todos usariam seus tkts para comer em restaurantes, que já oferecem talhares. Vamos avaliar essa opção.

    Você fez uma colocação pertinente em relação a colaboração entre as unidades. Quando envolvemos pessoas e departamentos, com suas metas e responsabilidades, é comum que cada um dê prioridade as suas próprias necessidades. E sendo realista, não é algo que possa ser 100% resolvido em nenhuma empresa. Então, nosso foco, é sermos sempre o melhores que pudermos nessa questão. Um dos valores do grupo é o 'trabalhamos em colaboração'. E temos visto sensíveis melhorias nesse sentido. Temos conseguido isso principalmente alinhando melhor as metas entre as unidades. E seria interessante ouvir de você outras sugestões.

Informações da empresa

Grupo Comunique-se

Descrição:O Grupo Comunique-se é um grupo de internet e comunicação, que detém as marcas Portal Comunique-se, Prêmio Comunique-se, Comunique-se Educação, Comunique-se Digital e RIWeb. A história do Grupo começou em 2001 com o lançamento do Portal Comunique-se, a maior comunidade virtual de jornalistas do país, com mais de 300 mil usuários. Em 2003 lançou o Prêmio Comunique-se, que atualmente é a mais prestigiada premiação jornalística brasileira. E em 2005, lançou o Comunique-se Educação, uma das mais completas instituições de ensino técnico no segmento de Comunicação Social no país.

Site

RH: quer atrair bons talentos?